Informações sobre os Impostos de São Paulo

Caso você seja uma pessoa física ou jurídica e possua algum tipo de veículo automotor no estado de São Paulo, deverá pagar pelo IPVA 2019 (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), que se trata do imposto que é cobrado por possuir um carro ou uma moto.

Ele pode ser considerado como um dos principais impostos para aquele cidadão possuidor de automóvel, e a falta ou atraso no pagamento do mesmo poderá resultar em penalidades como a aplicação de uma multa. A depender da gravidade do caso, o veículo poderá ser apreendido, portanto é importante que você fique sempre atento ao prazo de vencimento do seu imposto.

No ano de 2015, o vencimento do IPVA começou no dia 19 de janeiro e só teve fim no de 30 de março. No ano de 2019 a escala de vencimento do imposto iniciará no dia 13 de janeiro e acabará em 21 de março, para todos automóveis rodoviários usados. Por isso, se você possui um veículo automotor usado, deverá ficar sempre atento ao dia de pagamento segundo o final da sua placa.

Resultado de imagem para ipva

IPVA SP 2019

Se o pagamento do IPVA 2019 SP for efetuado de forma à vista ou pago em dia, a primeira parcela terá um desconto de 3% do valor. As datas para realizar o pagamento do Imposto no ano de 2015, começou no dia 19 ao dia 30 de janeiro, de acordo com o final da placa do veículo e a escala de vencimentos.

O pagamento do Imposto sobre Veículos Automotores no ano de 2019 em São Paulo fora do prazo tem multa, de 0,3% por dia de atraso até os primeiros 30 dias, ou de 20% a partir de 31 dias somado com os juros de mora (SELIC), por isso busque sempre estar informado a respeito deste processo.

  • Acesse: detran.sp.gov.br.

Para consultar o IPVA de SP é muito simples, basta que o usuário acesse o site da Secretaria de Estado de Fazenda de São Paulo, selecionar a opção Empresas ou Cidadão e preencher todos os dados que lhes forem solicitados.

Lá na página www.detran.sp.gov.br haverá vários links informando sobre o IPVA e nesta mesma página você poderá fazer a consulta do imposto usando o RENAVAM ou a Marca/Modelo do Veículo. Confira logo a seguir informações a respeito do DPVAT do estado também.

DPVAT SP

DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) existe desde o ano de 1974 e tem o objetivo de indenizar a vítima de que sofreram acidentes no trânsito, cobrindo apenas danos pessoais. Portanto este seguro não cobre danos materiais envolvidos no acidente, sejam eles a perda total do veículo, incêndio do mesmo ou até mesmo roubo.

É um seguro obrigatório pois foi determinado por lei que todos os veículos automotores paguem pelo DPVAT. Isso foi determinado e é o que garante as vítimas que as mesmas terão sua indenização paga e o mesmo se estende por todo o País. Acessando o site do Detran São Paulo, o morador mineiro pode obter todas as informações necessárias a respeito do seguro do seu estado.

Só deverão se deslocar até uma seguradora do DPVAT de São Paulo, as vítimas e os familiares das pessoas que sofreram um acidente fatal envolvendo veículos automotores. Os mesmos deverão estar portando os documentos solicitados para poder fazer os procedimentos e pedir o recebimento do seu seguro.

Agora que você acompanhou estas importantes informações a respeito do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) e do Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) do estado de São Paulo, não deixe de estar conferindo os prazos e datas de pagamentos dos mesmos.

Em caso de maiores dúvidas, deixe o seu comentário logo abaixo para que possamos estar te ajudando.

 

Como Emitir Certidão Negativa pela Secretaria de Estado da Fazenda

A certidão Negativa INSS ou a CND é emitida pela Secretária de Estado da Fazenda e permite saber se o contribuinte possui débitos tributários ou pendências. Caso exista débitos pendentes ela é chamada de Certidão Positiva de Débitos.

A CDN pode ser requerida para diferentes fins:

  • Para contribuições destinadas a Seguridade Social, que são de competência do INSS não esqueça também de consultar o extrato do INSS;
  • Ou para tributos federais administrados pela Secretaria da Receita Federal, além da Procuradoria da Fazenda Nacional (Certidão Conjunta).

Certidão Negativa de Débitos (CND) X Certidão Positiva Negativa (CPD-EN)

A CND somente é emitida quando não há débitos com o órgão que está emitindo, enquanto a CPD-EN é aplicada para casos na qual a empresa possui algum débito, conseguindo realizar a comprovação da suspensão da sua exigibilidade.

  • Leia também: Tabela INSS 2019.

Quem pode requerer a CND

A certidão pode ser requerida pelo contribuinte de pessoa jurídica. Para emissão é necessário ter os documentos originais ou cópia autenticada.

Como emitir a CND INSS

A CND pode ser emitida na Unidade da Receita Federal (RF) e na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Nestes órgãos ela possui 10 dias para a emissão.

Já pela internet também é possível fazer o pedido em:

  • http://www.receita.fazenda.gov.br
  • http://www.pgfn.fazenda.gov.br

Validade da certidão

A certidão negativa é válida por 180 dias, contados desde o dia da realização da emissão.

Emissão da CND ISS pela internet

Para realizar a emissão da certidão Negativa de Débitos é preciso que o usuário possua o CNPJ ou o CEI. Para conseguir solicitar a certidão não se esqueça de clicar no link “Pedido de CND” e informar o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, CNPJ ou o número da matrícula CEI e Cadastro Específico do INSS e a finalidade.

Para emitir a CND o usuário deve acessar:

  • http://www.dataprev.gov.br/servicos/cnd1.htm;
  • Preencha o número da matrícula (CNPJ ou CEI);
  • Motivo da emissão da certidão;
  • Inserir os caracteres exigidos;
  • E por fim, clique em “Cadastrar”.

Depois do procedimento aparecerá na tela os dados e se você deseja emitir a CND INSS. Se não houver pendência ao INSS a CND irá aparecer na tela, caso exista irá demonstrar um comunicado da impossibilidade de emissão da CND, assim o interessado deve fazer a consulta das pendências para fazer a regularização e conseguir posteriormente retirar a sua CND.

Como se Inscrever para o Ensino Superior em SP

Outra interessante possibilidade está sendo ofertada para a qualificação profissional dos jovens brasileiros, pois estão abertas as inscrições para o preenchimento de mais de 63.000 vagas destinadas à edição do Vestibulinho ETEC 2019.

As chances oferecidas são para fazer um dos diversos cursos técnicos que são ofertados pelas escolas tecnológicas do estado paulista e também para a formação na modalidade semipresencial através do programa Telecurso TEC, gerenciado pela Fundação Roberto Marinho.

As inscrições dos interessados no vestibular 2019 devem ser efetuadas até a data limite de 25 de outubro de 2018 por meio do cadastro dos estudantes no site www.vestibulinhoetec.com.br.

Para concorrer a uma destas chances, é preciso que os candidatos tenham concluído o nível médio ou o nível fundamental de escolaridade, dependendo do curso pretendido por cada participante.

O processo de seleção contará com provas presenciais que irão avaliar os conhecimentos gerais e específicos dos candidatos inscritos nas disciplinas cobradas na escola tradicional.

Os aprovados nas avaliações irão iniciar os seus cursos em uma das escolas técnicas distribuídas pelo estado de São Paulo a partir do mês de fevereiro de 2019 com duração de até 2 anos e estarão, ao final desta formação acadêmica, qualificados para a atuação em um campo específico de trabalho.

Saiba como se preparar para as provas

Quando estamos prestes a fazer uma prova de vestibular, ficamos muito nervosos.

Rola muita pressão da família, dos professores, até mesmo dos amigos.

Dá um medo de não passar e envergonhar a todos. Normalmente quem mais sofre com isso são os estudantes de cursinhos pré-vestibulares.

Eles sentem muito mais a responsabilidade de estudar, se esforçar muito para passar.

E já que falamos de pré-vestibulares, abaixo vão algumas dicas dadas pelos próprios professores:

  1. Não vá fazer a prova como se aquela fosse A PROVA que vai decidir sua vida. Relaxe, essa será só uma de muitas provas que terá que passar na sua vida.
  2. Divirta-se. Não adianta se matar de estudar 24 horas por dia e 7 dias por semana. Seu corpo não vai aguentar. Saia para se divertir ao menos uma vez por semana.
  3. E não adianta estudar todo o conteúdo na semana antes do vestibular. Se você não estudou até agora, não vai ser em alguns dias que vai aprender tudo. Dê uma revisada básica no conteúdo, só para relembrar.
  4. Durma bem. O cérebro funciona melhor se tiver o seu merecido descanso.
  5. No dia da prova: Vá fazer a prova bem alimentado, e bem descansado. E o mais importante: sem pressa.
  6. Leve apenas um lanche leve. Você não precisa de uma refeição inteira para fazer a prova. Uma garrafa de água, uma barrinha de cereal ou chocolate é o suficiente.

Essas são só coisas básicas para não surtar ao se preparar para uma prova dessas.

Lembre-se sempre de colocar seu bem-estar acima de tudo.

Acesso à universidade garantido a estudantes da rede Pública

Para ter acesso às universidades particulares, o Educa Mais Brasil oferece para os candidatos bolsas parciais que dão direito de 50% de descontos nas mensalidades para alunos onde as famílias ganham um salário de até três salários mínimos de renda e também bolsas integrais, com 100% de desconto das mensalidades para alunos de famílias que ganham até um salário mínimo e meio por mês. Para que você possa realizar a inscrição no Educa Mais Brasil, alguns requisitos devem ser respeitados, como: o candidato não deverá ter nenhum diploma de ensino superior e também deverá ter tirado mais de 450 pontos na média nas cinco notas do Novo ENEM, além disso, deve ter estudado em escolas públicas ou particulares (como bolsistas) durante o ensino médio.

Educa mais Brasil 2019
Educa mais Brasil 2019

Principais vantagens do Educa Mais Brasil

O Educa Mais Brasil é um dos principais programas do Governo Federal relacionado à educação e que oferece uma série de vantagens, não apenas para os alunos beneficiados, mas também para as Universidades que ganham incentivos fiscais e para o próprio país que prepara mão de obra especializada para as mais variadas áreas de trabalho, proporcionando assim, o crescimento da qualidade dos serviços prestados no Brasil, fazendo do país uma referência nos mais variados campos, da tecnologia a agricultura.

Com o Educa Mais Brasil, o sonho do acesso ao ensino superior de qualidade ficou muito mais próximo de ser concretizado, e para isso, basta um bom desempenho no ENEM, outro programa do Governo Federal. Por isso, não deixe de estudar cada detalhe exigido na prova do ENEM para que você atinja todos os requisitos para concorrer a Bolsa Educa Mais Brasil.

Quem tem direito ao Educa Mais Brasil?

Não é todo o futuro estudante do ensino superior que tem direito a bolsa integral ou parcial de estudos em uma faculdade particular pelo Educa Mais Brasil 2019. Se tiver interesse em ganhar uma bolsa integral é preciso que a renda familiar por pessoa seja de até um salário mínimo e meio. Se a sua família tiver uma renda por pessoa de até três salários mínimos é possível conseguir uma bolsa parcial de estudos de até 50%.

É preciso, ainda, ter atingido uma média de 450 pontos nas cinco notas do ENEM e não ter zerado a redação, além de ter cursado todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista em escolas particulares. Pessoas com Deficiência e professores da rede pública que estejam atuando na profissão também têm o direito ao Educa Mais Brasil (no caso dos professores, o direito é apenas para cursos da área de Licenciatura, Normal Superior ou Pedagogia). Lembre-se: caso você já tenha feito um curso superior (independente de ser bacharelado ou tecnólogo), você não tem direito ao Educa Mais Brasil.

E preste atenção: Não adianta tentar enganar o Governo mostrando documentos falsos que comprovem uma renda compatível com a exigida pelo programa, pois, constantemente, são feitas averiguações para comprovar a renda declarada pelos bolsistas.

Tipos Bolsa Educa Mais Brasil

As inscrições do Educa Mias Brasil 2019 estão abertas para bolsas de estudo parciais ou integrais. Os alunos de bolsas parciais deverão ter uma renda de no máximo três salários mínimos por habitante da casa e para bolsas integrais os alunos deverão ter uma renda de no máximo um salário mínimo e meio por habitante da residência. É preciso que exista uma comprovação dessa renda, e caso ela não aconteça, o aluno mesmo que aprovado pelas notas do ENEM não terá direito a bolsa.

Entenda a importância do Imposto de Renda

Todos os anos pessoas físicas e jurídicas compartilham uma obrigação em comum: a declaração do Imposto de Renda(IR). Organizada pela Receita Federal, ela é de suma importância para arrecadação de verba em âmbito federal. Saiba mais!

Importância da declaração do Imposto de renda
Importância da declaração do Imposto de renda

Por que precisamos declarar o imposto de renda?

Esta uma pergunta que com certeza milhões de brasileiros já se fizeram. Afinal, pagamos imposto todos os dias em prestações de serviço, ao comprar produtos nacionais ou importados e até mesmo ao realizar obras em casa. Por que ainda pagar mais?

A declaração Imposto de Renda 2018 é uma das fontes mais importantes de arrecadação de recursos do Governo Federal. É a famosa fatia do leão que o Governo tem direito tanto no Brasil como em outros países. A verba utilizada em projetos sociais, construções e obras públicas dos mais diversos tipos.

Os dados enviados anualmente à Receita Federal também servem de medidor social e econômico. São usados para análise do poder econômico do brasileiro, como anda a situação financeira da maioria e como ações sociais podem ajudar.

Em que a Declaração do Imposto de Renda pode ajudar o contribuinte?

Pouca gente sabe, mas a declaração do imposto de renda também serve como comprovante de renda para solicitar empréstimos e financiamentos. Também pode para o serviço comprovação para demonstrar o poder aquisitivo no caso de uma compra de um bem.

Declarar o imposto de renda é bom para o contribuinte também

E para quem acha que é perda de tempo realizar o preenchimento do formulário declaração da Receita Federal (bem verdade não é dos mais curtos), vale lembrar que você pode receber dinheiro de volta também.

Como declarar o imposto de renda
Como declarar o imposto de renda

Muitos brasileiros necessitam pagar imposto após a declaração, mas muitos também podem receber algum valor de volta. São os gastos não tributáveis, a serem deduzidos dos ganhos e por isso há a restituição do IR.

Na declaração deve constar todos os ganhos tanto provindos de salário, como de venda de algum bem (imóvel e carro, por exemplo). Os gastos com dependentes terceiros do tipo fixo (constantes) como educação e saúde são abatidos do pagamento do imposto. O brasileiro pode então deixar de pagar e ter um valor a receber ao longo dos lotes distribuídos.

Quem deve declarar imposto de renda?

Todos os portadores de um Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) devem realizar o preenchimento do formulário. Mesmo que não possua renda também deve fazer o envio da declaração como isento.

Não é necessário pagar para preencher o formulário. Basta entrar no site da Receita Federal, fazer o download do programa IRPF, preencher e enviar um documento.

Não declarar imposto de renda é considerado sonegação de impostos, um crime previsto em lei. As penalidades vão de pagamento de multa por atraso até prisão por crime de sonegação fiscal.

Que dia será realizada a prova do Vestibulinho?

Com a data da prova Etec se aproximando muitos candidatos ficam ociosos. Esse é o momento de colocar em prática tudo o que você estudou nos meses que antecederam a prova, os estudos para o Etec tem que começar bem antes para que dê tempo de estudar e revisar tudo o que será cobrado.

O candidato que pretende ter um bom resultado nesse exame sabe da importância de se escolher bons cursos preparatórios e materiais que irão auxiliar na obtenção de conhecimento. Não deixe de conferir aqui algumas informações a respeito desse exame e saiba como ele será aplicado.

Prova Vestibulinho Etec
Estudantes fazendo a Prova

Através do site do Etec é possível consultar todas as informações que você precisa saber sobre essa nova edição que ocorrerá em breve. Através do Vestibulinho Etec 2018, muitos estudantes podem ingressar nas escolas técnicas estaduais de São Paulo

Estamos cada vez mais próximos da prova do Etec e quem for participar não pode deixar de consultar as datas de aplicação através do site. Quem fez a sua inscrição tem acesso a uma página de acompanhamento, por meio dela é possível ter acesso a informações públicas e individuais sobre o exame.

Consultar Data Prova Etec

Consultar a data e o local de prova Etec nunca foi um processo tão simples como é nos dias atuais. Como todos os detalhes desse exame estão informatizados, tudo ficou mais fácil na hora de obter nos conhecimentos sobre os detalhes. No que diz respeito as datas para aplicação das provas não são diferente.

Vestibulinho Enem

A secretaria estadual de Educação é o órgão responsável por administrar o Vestibulinho, juntamente com o Ministério da Educação. As provas serão aplicadas no mês de novembro e os locais de prova serão divulgados dentro em breve.

→ Consulte no site do Etec o local da prova: http://www.cps.sp.gov.br/vestibulinho/.

A aplicação da prova ocorrerá em dois dias, sábado e domingo. Durante esses dois dias o candidato tem de estar preparado para fazer uma boa prova e alcançar um bom resultado. Existe uma diferença entre as matérias que são aplicadas em cada dia, dividimos abaixo essas informações para que você tenha conhecimento.

  • Provas que ocorrem no Sábado: Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias – duração de 4 horas e 30 minutos;
  • Provas que ocorrem no Domingo: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias – duração de 5 horas e 30 minutos.

A duração da aplicação da prova no domingo é maior porque é o dia que o candidato faz a redação, por isso que ele vai precisar de mais tempo. A redação do Etec 2018 terá um peso significativo na nota final, por isso que os candidatos têm que treinar bastante para conseguir dissertar corretamente sobre o tema.

Gabarito Etec

Através do gabarito Etec o candidato faz a correção do seu caderno de provas. O gabarito do Vestibulinho etec será disponibilizado um dia após a aplicação da última prova. Com base nesse documento podemos ter conhecimento sobre o número de acertos e erros que tivemos.

Consulta Gabarito
Consulta Gabarito

O processo que demora um pouco mais para ficar disponível para consulta é o resultado final. Como resultado final aborda a nota da objetiva e a nota da redação, a equipe precisa de uns dias a mais para poder publicar.

Não se esqueça que a publicação do gabarito não demora para ocorrer e o candidato tem que pegar aquele referente ao tipo de prova que ele fez, por que são aplicados vários tipos de provas. Fazendo a correção é possível ter conhecimento sobre como foi o seu rendimento.

Depois de consultar o gabarito, o próximo passo é consultar o cronograma para que você tenha conhecimento sobre quando ocorrerá a publicação do resultado final.

Revisão e Fixação das Matérias

Quando conseguir repassar todas as disciplinas do edital, retome do início para revisar e fixar. Só que agora você vai incluir todas as disciplinas na lista. Se forem da carreira fiscal, por exemplo, serão 15. O ciclo será maior, mas em compensação, você estará revisando todas as matérias. Este ciclo é interessante porque vai manter você estudando constantemente todas as disciplinas.

Pronto para começar a estudar para concursos? Agora é só pesquisar o concurso que você quer e partir para a maratona. Bons estudos! Ah, e lembre-se de assinar nosso informativo para receber mais dicas do Educa Mais Brasil 2018.

Observações importantes

Se você tem mais dificuldade numa matéria, ou se o peso dela for maior, estude-a por mais um período de 50 minutos antes de passar para próxima.

Aproveite o intervalo do almoço também para ver noticiário na TV porque muitas provas exigem conhecimentos de Atualidades. Além de descansar o seu cérebro, a TV o manterá informado.

Estudando com a planilha cíclica, em no máximo 3 dias, dependendo da quantidade de disciplinas, você vai retornar à primeira matéria da lista. Comece com umas 6 ou, no máximo 8 disciplinas. E à medida que for cobrindo todo o conteúdo, inclua outras.  Nunca deixe janelas no seu estudo.

Lembre-se também de conferir o local da sua prova e qual será a data de inscrição do Educa Mais Brasil 2018.

Como acessar o site da Previdência

Site INSS 2018 – Uma das maiores autarquias do Brasil, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem como objetivo resolver todos os assuntos que englobam a providência social, saúde e assistência social. Para isso, dispõe em seu site diversas informações para melhor orientar a população. O site INSS poderá ser acessado pelo endereço www.previdencia.gov.br, com o desenvolvimento do mundo tecnológico, os órgãos públicos brasileiros se atentaram para as mudanças e no intuito de atender melhor todos os cidadãos disponibilizam também nas páginas da internet, todas as consultas necessárias.

Site INSS 2018

Conforme já explicado logo a cima, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é uma das maiores autarquias do Brasil e tem como objetivo resolver todos os assuntos que englobam a providência social, saúde e assistência social. Sendo assim, trata-se do caixa da Previdência Social. Uma das principais vantagens para contribuir ao INSS, é o pagamento do benefício da aposentadoria mensalmente.

Além do auxílio doença que é um benefício importante para o trabalhador que precisa se ausentar do trabalho. Os pagamentos do INSS 2018 atenderá mais de 32 milhões de pessoas em todo o território nacional, entre aposentados, pensionistas e também segurados do INSS. O calendário INSS com todas as datas de pagamento é importante por auxiliar as pessoas que serão beneficiados que poderão se organizar neste ano através do dinheiro que será pago.

Site INSS 2018 www.previdencia.gov.br

O site INSS 2018 é dividido nas seguintes informações: informações sobre concursos; informações sobre crédito consignado; estrutura regimental; presidência; diretoria de atendimento; diretoria de benefícios; diretoria de orçamentos, finanças e logística; diretoria de gestão de pessoas; diretoria de saúde do trabalhador; corregedoria geral; procuradoria; auditoria; superintendência regionais e gerências executivas.

Para ter acesso ao site INSS basta acessar (www.previdencia.gov.br), lá é possível obter informações de todos os perfis do órgão nas redes sociais como Twiitter e Facebook. Além disso, há disponível uma rádio web para os internautas ficarem ligados em todas as notícias que envolvem o INSS e a Previdência Social.

Dúvidas mais frequentes sobre o FIES

O FIES é um dos maiores programas de financiamento do Governo Federal, o financiamento estudantil é uma válvula de escape para aqueles candidatos que desejam ingressar no curso de nível superior, porém não tem condições de arcar com o valor integral do curso.

Sendo assim o candidato (a) que consegue o financiamento estudante durante todo o curso sem custo algum, somente pagando pequenas taxas e ao final do curso o candidato tem duas vezes o tempo do curso para realizar o pagamento do seu financiamento depois de formado.

Financiar a faculdade com o FIES
Financiar a faculdade com o FIES

Por ser um financiamento de processo burocrático, muitos candidatos ficam na dúvida em relação a diversas questões sobre o FIES 2018. Confira as duas a seguir:

O FIES exige um fiador?

Sim, a contratação do FIES exige FIADOR nos seguintes casos, estudantes em curso de licenciatura, beneficiários do Prouni com bolsa parcial de 50%.

Proprietário de empresa, pode contratar o FIES?

Sim, não há restrição alguma enquanto ao financiamento para estar categoria.

Já participei do FIES anteriormente, quitei toda a minha dívida, posso contratar o FIES novamente?

Não, o MEC não permite que o estudante seja beneficiado duas vezes com o financiamento.

Sou aluno com bolsa de 50% no Prouni, posso contratar o FIES?

Sim, você pode financiar os outros 50% pelo o FIES.

Enquanto ao processo de inscrição o estudante com restrição cadastral pode realizar a contratação do FIES?

Pois bem, essa dúvida é muito comum entre os candidatos, não há uma exigência idoneidade cadastral. Para comprovar, será necessário apresentar os documentos solicitados no processo de inscrição para a instituição de ensino.

Já tenho o financiamento pelo o FIES, mais quero mudar de curso, isso é possível? Posso mudar de curso e continuar com o financiamento?

É possível mudar de curso e continuar com o financiamento do FIES, desde que o candidato atenda as regras de contratação do programa.

Não fiz o ENEM, posso participar do FIES?

Não, o financiamento só é aceito, desde que o candidato tenha realizado o ENEM a partir de 2010 e tenha nota superior a 450 pontos, que não tenha zerado a redação.

Quais são as fases de pagamento do financiamento FIES?

Essa é uma das dúvidas mais procuradas nas páginas de busca da internet, como funciona o pagamento do FIES. O pagamento do FIES acontece em apenas 3 fases, sendo elas a utilização, carência e amortização.

A fase do pagamento de utilização é realizada no período do curso, o estudante terá que pagar a cada 3 meses um valor simbólico referente aos juros do financiamento, através de boleto gerado pelo portal Sisfies. Após a conclusão e a formação do curso o estudante passar pela a fase de carência, aonde o mesmo pagar parcelas trimestrais.

A amortização é a fase em que ser encerra o período da carência do estudante, soma-se todo o saldo devedor que é parcelado em até 3 vezes o período total do curso.

Através do FIES diversas pessoas conseguem realizar o sonho de cursa o nível superior, é um financiamento hoje de extrema importância no Brasil, pois possibilita a inclusão de muitas pessoas de variadas classes facilitando a forma de pagamento do curso.

 

Novo salário mínimo aumento parcelas do seguro desemprego e abono do PIS

O Governo do presidente Michel Temer fez um aumento do salário mínimo abaixo da inflação, o que fez com que na prática, esse reajuste não fosse o suficiente para o cidadão comum manter as contas em dia.

Foi a primeira vez em mais de 10 anos que esse aumento não acompanhou o nível de inflação, já que o reajuste foi de 6,47%, enquanto que a inflação no período foi de 6,5%, ou seja, um pouco acima do que foi esse reajuste.

Carteira de trabalho e previdência Social
Carteira de trabalho e previdência Social

Com isso, os trabalhadores perdem um pouco do poder de compra, já que a inflação dos alimentos e dos produtos está acima do que eles recebem em seus empregos, o que é negativo para a economia do país.

Novo salário mínimo modificações

O reajuste do salário mínimo 2018 não altera somente o quanto os patrões devem pagar às empregadas, pois existe uma série de benefícios que leva o teto do salário mínimo para estabelecer o quanto se vai pagar.

Por exemplo, na questão do seguro desemprego, o aumento do salário mínimo também fez com que esse benefício social do Governo sofresse um reajuste de 6%. Além disso, outros complementos com Pis e Confins também sofrem um aumento.

Aumentos parcelas do seguro desemprego

Devido a difícil situação que vive o Brasil, as pessoas vem ficando cada vez mais tempo desempregadas e isso fez com que o Governo modificasse as regras do seguro desemprego, como por exemplo, aumentando as parcelas pagas aos beneficiários.

Dessa forma, ao invés dos beneficiários receberem três parcelas como era até atualmente, o Governo Federal passa a pagar cinco dessas parcelas, dando um tempo maior até que o trabalhador encontre um emprego e saia dessa situação incômoda, não precisando mais desse recurso estatal para sobreviver.

Além do aumento das parcelas pagas, também houve um reajuste do valor pago, graças a elevação do salário mínimo. Nesse caso, o seguro desemprego passa a pagar o valor de 850 reais, ao invés dos 800 que era feito até atualmente.

Com isso, as pessoas terão uma maior possibilidade de terem uma qualidade de vida maior, já que esse valor ajuda a milhares de desempregados.

Abono do PIS

Assim como o seguro desemprego 2018 e o salário mínimo 2018, o abono do PIS também teve um aumento, seguindo a faixa do salário mínimo. Esse benefício pago a todos os trabalhadores de empresas privadas, que possuam pelo menos três anos na mesma empresa e que não tenham outros tipos de ajuda do Governo, tem direito a receber esse benefício.

Que é uma espécie de décimo quarto salário, já que ele é pago ao final de cada ano, junto com o décimo terceiro salário. Por conta da crise, o abono do PIS, está sendo pago de forma parcelada, durante todo o ano de 2017.

Para saber quando você vai receber, basta ir até uma agência da Caixa Econômica Federal, junto com o seu cartão cidadão e perguntar para o atendente qual a data que esse benefício irá cair em sua conta.