Acesso à universidade garantido a estudantes da rede Pública

Para ter acesso às universidades particulares, o Educa Mais Brasil oferece para os candidatos bolsas parciais que dão direito de 50% de descontos nas mensalidades para alunos onde as famílias ganham um salário de até três salários mínimos de renda e também bolsas integrais, com 100% de desconto das mensalidades para alunos de famílias que ganham até um salário mínimo e meio por mês. Para que você possa realizar a inscrição no Educa Mais Brasil, alguns requisitos devem ser respeitados, como: o candidato não deverá ter nenhum diploma de ensino superior e também deverá ter tirado mais de 450 pontos na média nas cinco notas do Novo ENEM, além disso, deve ter estudado em escolas públicas ou particulares (como bolsistas) durante o ensino médio.

Educa mais Brasil 2019
Educa mais Brasil 2019

Principais vantagens do Educa Mais Brasil

O Educa Mais Brasil é um dos principais programas do Governo Federal relacionado à educação e que oferece uma série de vantagens, não apenas para os alunos beneficiados, mas também para as Universidades que ganham incentivos fiscais e para o próprio país que prepara mão de obra especializada para as mais variadas áreas de trabalho, proporcionando assim, o crescimento da qualidade dos serviços prestados no Brasil, fazendo do país uma referência nos mais variados campos, da tecnologia a agricultura.

Com o Educa Mais Brasil, o sonho do acesso ao ensino superior de qualidade ficou muito mais próximo de ser concretizado, e para isso, basta um bom desempenho no ENEM, outro programa do Governo Federal. Por isso, não deixe de estudar cada detalhe exigido na prova do ENEM para que você atinja todos os requisitos para concorrer a Bolsa Educa Mais Brasil.

Quem tem direito ao Educa Mais Brasil?

Não é todo o futuro estudante do ensino superior que tem direito a bolsa integral ou parcial de estudos em uma faculdade particular pelo Educa Mais Brasil 2019. Se tiver interesse em ganhar uma bolsa integral é preciso que a renda familiar por pessoa seja de até um salário mínimo e meio. Se a sua família tiver uma renda por pessoa de até três salários mínimos é possível conseguir uma bolsa parcial de estudos de até 50%.

É preciso, ainda, ter atingido uma média de 450 pontos nas cinco notas do ENEM e não ter zerado a redação, além de ter cursado todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista em escolas particulares. Pessoas com Deficiência e professores da rede pública que estejam atuando na profissão também têm o direito ao Educa Mais Brasil (no caso dos professores, o direito é apenas para cursos da área de Licenciatura, Normal Superior ou Pedagogia). Lembre-se: caso você já tenha feito um curso superior (independente de ser bacharelado ou tecnólogo), você não tem direito ao Educa Mais Brasil.

E preste atenção: Não adianta tentar enganar o Governo mostrando documentos falsos que comprovem uma renda compatível com a exigida pelo programa, pois, constantemente, são feitas averiguações para comprovar a renda declarada pelos bolsistas.

Tipos Bolsa Educa Mais Brasil

As inscrições do Educa Mias Brasil 2019 estão abertas para bolsas de estudo parciais ou integrais. Os alunos de bolsas parciais deverão ter uma renda de no máximo três salários mínimos por habitante da casa e para bolsas integrais os alunos deverão ter uma renda de no máximo um salário mínimo e meio por habitante da residência. É preciso que exista uma comprovação dessa renda, e caso ela não aconteça, o aluno mesmo que aprovado pelas notas do ENEM não terá direito a bolsa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *