Lei proíbe venda de bebida alcoólica para menores em MS entra em vigor

» Arquivo Geral

O governador André Puccinelli sancionou a lei nº 4.173 que proíbe a venda, a oferta, o fornecimento, a entrega e a permissão de consumo de bebida alcoólica aos menores de dezoito anos no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul.

Imagem ilustrativa

De acordo com a lei, publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (26), é proibido vender, ofertar, fornecer, entregar e permitir o consumo de bebidas alcoólicas, ainda que gratuitamente, aos menores de dezoito anos de idade.

Os estabelecimentos comerciais que vendem bebidas alcoólicas deverão afixar avisos da proibição em tamanho e local visíveis, com a expressa referência à lei nº 4.173 e ao art. 243 da lei federal nº 8.069, de 13 de julho de 1990.

O comerciante deve ficar atento ao consumo de bebidas alcoólicas por menores de 18 anos nas dependências de seus estabelecimentos comerciais, o que também é proibido, segundo a lei.

Nos estabelecimentos que operam no sistema de autosserviço, tais como supermercados, lojas de conveniência, padarias e similares, o aviso de proibição deverá também ser fixado próximo de estantes ou de refrigeradores onde os produtos estejam expostos.
Os comerciantes ou responsáveis pelo atendimento nos estabelecimentos, no momento da venda, deverão exigir documento oficial de identidade, a fim de comprovar a maioridade do interessado em consumir bebida alcoólica e, em caso de recusa, podem não vender o produto.
A empresa que não obedecer à lei será advertida e, em caso de reincidência, a multa para as microempresas será de 100 Uferms e de 500 Uferms para as demais empresas.
A lei já está em vigor e disponível na edição de hoje (26) do Diário Oficial, na página www.imprensaoficial.ms.gov.br .

0 nenhum comentáriovoltar para notícia

Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Site:
Comentário:

Current day month ye@r *


Artigo com as "tags": bebida,  menor,  proibída,  Venda, 

Outros artigosir para Home

Delcídio e Vander negam envolvimento em escândalo da Petrobras

Delcídio e Vander negam envolvimento em escândalo da Petrobras(0)

O senador Delcídio do Amaral (PT) e o deputado Vander Loubet (PT), que segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, estão entre os 28 políticos citados na delação premiada do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, negaram envolvimento em irregularidades na estatal. Delcídio disse, em nota, que as denúncias contra ele

Prefeitura decreta ponto facultativo no período de Natal e Ano Novo

Prefeitura decreta ponto facultativo no período de Natal e Ano Novo(0)

A prefeitura de Campo Grande decretou ponto facultativo nas repartições públicas municipais nos dias 24, 26 e 31 de dezembro de 2014 e também no dia 2 janeiro 2015. O ponto facultativo não se aplica às unidades e serviços considerados essenciais no atendimento à população, que por sua natureza não possam ser paralisados ou interrompidos,

Casas são inundadas e 30 famílias ficam desabrigadas na Capital após chuva

Casas são inundadas e 30 famílias ficam desabrigadas na Capital após chuva(0)

Trinta famílias ficaram desabrigadas em Campo Grande nessa quinta-feira (19) porque tiveram as casas inundadas. De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Hélio Daher, até o início da manhã desta sexta-feira (19), 29 já tinham voltado para os imóveis. Todas as 30 famílias são moradoras da Vila Popular, região cortada pelo córrego Imbirussu, que

Motociclista faz ultrapassagem indevida, bate e quase cai em córrego

Motociclista faz ultrapassagem indevida, bate e quase cai em córrego(0)

Um motocilista quase foi parar dentro do córrego Prosa esta manhã (18) após bater sua Honda Twister em um Ford K. O acidente aconteceu por volta das 7 horas no cruzamento da avenida Ernesto Geisel com a rua Maracaju, área central de Campo Grande. Segundo Kelly de Souza, que presenciou a colisão, carro e moto

Ex-detento ensina presos de colarinho branco a sobreviver na prisão

Ex-detento ensina presos de colarinho branco a sobreviver na prisão(0)

O britânico Steven Dagworthy, de 48 anos, foi preso em 2009 por fraudar investimentos financeiros da ordem de 3 milhões de libras (o equivalente a R$ 13 milhões). Libertado após cumprir metade da pena de seis anos, ele hoje ensina outros a fazer o mesmo – não a fraudar, mas a sobreviver à prisão. Dagworthy

leia mais

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares