Policial voltar para a home

Garras prende quadrilha acusada de furtar pelo menos 20 casas em quatro bairros Garras prende quadrilha acusada de furtar pelo menos 20 casas em quatro bairros

O prefeito Gilmar Olarte (PP) assinou nesta quinta-feira (27) o convênio no valor de R$ 750 mil que vai beneficiar mensalmente a Associação Beneficente de Campo Grande (Santa Casa).

“A Santa Casa tem um papel muito importante na Capital. Estes recursos são para atender toda população de nossa cidade. Estamos assinando este convênio por amor ao ser humano”, justificou Gilmar Olarte

O prefeito disse que a Santa Casa não recebe os recursos há mais de três meses. “Temos que manter este convênio com a Santa Casa de Campo Grande que é um hospital que possui mais de 730 leitos. Este recurso é um reforço no orçamento de uma instituição que tem que saldar seus compromissos até mesmo com servidores no qual temos muito respeito. Como gestor público a gente não dorme com traquilidade enquanto não resolver questões como esta. Estamos trabalhando e visitando as unidades de saúde para atender as demandas da melhor maneira possível”, frisou o prefeito.

Mulher sai com filho de 1 ano para sacar dinheiro no banco e desaparece na Capital Mulher sai com filho de 1 ano para sacar dinheiro no banco e desaparece na Capital

Geisiele Paim Alves, 24 anos, e seu filho de um ano, desapareceram na manhã de ontem (26) depois de sair de casa com destino a uma agência da Caixa situada no bairro Coronel Antonino.

Foto Reprodução/Facebook

A irmã dela, Gislayne Paim Alves, 27 anos, procurou a polícia na noite de ontem para registrar o desaparecimento.

Ele informou que a irmã foi até o banco com objetivo de sacar R$ 4 mil que seriam usados para comprar um carro. No entanto, por volta das 14 horas de ontem, uma pessoa enviou mensagens do celular de Geisiele dizendo que o aparaelho foi encontrado na rua Bandeira, no Aero Rancho. Entretanto, Gislayne não conseguiu falar novamente com a pessoa e nem recuperar o celular.

Segundo o boletim de ocorrência registrado, Geisiele trajava short jeans e blusa marrom, é baixa, gorda, tem cabelos longos e ruivos, e piercing no nariz e umbigo. Seu filho chama Luis Felipe, é branco, loiro e estava de short jeans.

O caso foi registrado como desaparecimento na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital e segue em investigação.

Vizinhos interferem em briga de casal e caso termina em morte Vizinhos interferem em briga de casal e caso termina em morte

Vanderlei Bazzi de Oliveira, 30 anos, morreu após ser baleado por um vizinho durante uma briga na noite de terça-feira (25), no bairro Los Angeles, em Campo Grande. Segundo informações da Polícia Civil, o crime ocorreu durante uma discussão.

Edenilson Rocha, quando foi preso em 2008 por tráfico de drogas

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima e a esposa dele, de 29 anos, discutiam dentro de casa, quando a esposa do vizinho, de 37 anos, entrou no local e pediu para o casal “parar com o barraco”. Em seguida, Edenilson Rocha Fonseca, de 30 anos, foi até o local para defender a mulher e tirar satisfação com o casal que iniciou a discussão.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, durante a discussão, o vizinho, que estava armado, disparou contra Vanderley. Após o crime, ele e a esposa fugiram.

O homem foi atingido na clavícula esquerda. Segundo a Polícia Civil, ele não resistiu ao ferimento e morreu no local, antes da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Testemunhas informaram aos policiais que as brigas entre os vizinhos eram constantes.

O caso foi registrado como homicídio doloso (quando há a intenção de matar) na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga. O suspeito e a esposa não foram encontrados pela polícia. O crime será investigado.

Por rixa, “Delegado Pitbull” executa vizinho com 4 tiros em frente de casa Por rixa, “Delegado Pitbull” executa vizinho com 4 tiros em frente de casa

O comerciante Rodrigo José Rech, 31 anos,, foi assassinado a tiros na tarde desta segunda-feira (24), por volta das 16h50min na Rua Presidente Dutra, esquina com a Rua Zola Cícero no bairro Monte Castelo em Campo Grande. Segundo testemunhas, o suspeito seria um policial aposentado que seria conhecido na região como “Delegado Pitbull”.

Foto Diogo Gonçalves

A suspeita é que o homicídio tenha sido cometido por causa de uma rixa antiga entre os dois devido a uma construção na rua onde o crime foi cometido.

Segundo a mãe da vítima, Sirlene Vieira Rech de 60 anos, Rodrigo teria a levado no banco e depois disso foi entrar em uma construção na rua e foi nessa hora em que foi atingido pelos disparos.

O irmão da vítima, Roberto Jośe Rech, 29 anos, afirma que o investigador tem esquizofrenia e por isso teria sido afastado da corporação. Segundo ele, a rixa surgiu há dez anos porque a família cedeu o terreno para que ele morasse, mas, ao pedirem de volta, a briga foi parar na Justiça. “E deram ganho de causa para ele. Nunca fomos importuná-lo, e por ser doente, ficava vindo aqui em casa. Como uma pessoa que foi aposentada por esquisofrenia tem porte de arma?”, questiona.

De acordo com o sargento Gláucio do corpo de bombeiros, a vítima apresentava três perfurações na cabeça e uma no peito. Ao chegar ao local, a equipe realizou o procedimento de ressucitação cardio pulmonar, mas Rodrigo não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O ex-policial fugiu no carro da família. A Polícia Civil e militares do Batalhão de Choque da PM estão no local.
Com Informações Midiamax.com.br

 

Homem é espancado por um grupo de menores após discussão por som alto Homem é espancado por um grupo de menores após discussão por som alto

João Luiz Marques Jardim, de 56 anos foi espancado por um grupo de seis adolescentes após se desentenderem por causa do volume muito alto do som ouvido pelos menores. O caso aconteceu no sábado, na Rua Donizeti, na Vila Progresso, em Campo Grande, e a vítima ficou em estado grave.

Foto cedida pela família

Segundo a Polícia Civil, o filho de João, Luiz Marques Jardim Neto, de 28 anos, foi até a casa vizinha, onde o som estava muito alto e pediu que fosse abaixado. A dona da casa, mãe de um adolescente de 17 anos, respondeu que o som só seria desligado após as 22 horas.

Diante da recusa, houve discussão e a mulher contou que foi agredida e  contou tudo ao filho adolescente. O menor se juntou com um grupo de mais sete adolescentes e foi até a casa do rapaz tomar satisfação. No entanto, quando o grupo chegou, ele já tinha ido até a delegacia registrar um boletim de ocorrência sobre a discussão e o som alto.

Enquanto os adolescentes e a mãe do rapaz discutiam, o pai dele saiu de casa com um facão e um celular filmando o que acontecia. João Luis Marques Jardim, de 56 anos, acabou espancado pelo grupo após ficar sem a arma.

Alguns vizinhos ainda tentaram defender o homem, mas ele teve vários ferimentos pelo corpo, perdeu os dentes e teve trauma encefálico. A PM foi chamada, mas quando chegou ao local o grupo já havia fugido, estando apenas Silvia e o filho.

Um adolescente foi apreendido e encaminhado até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga onde prestou esclarecimentos e foi liberado.

João foi socorrido e levado até o posto de saúde do bairro Tiradentes. Devido a gravidade dos ferimentos, ele foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande. Ele segue internado na enfermaria da unidade em estado estável.

Quadrilha que roubada carros de luxo é presa na madrugada em Campo Grande Quadrilha que roubada carros de luxo é presa na madrugada em Campo Grande

Rodrigo Soares Martinez, de 29 anos. e Viviane da Silva de Oliveira, de 18 anos e dois adolescentes que faziam parte de uma quadrilha de roubo de carros foram presos na madrugada de hoje (24) em Campo Grande após o roubo de dois veículos.

Viviane da Silva de Oliveira, e dois adolescentes que faziam parte da quadrilha Foto Arlindo Florentino
/midiamax.com.br

O primeiro assalto aconteceu por volta das 20h10 de ontem (23) no bairro São Conrado. Um contador de 57 anos chegava em casa com a esposa num Honda City, quando desconfiou da atitude de um casal, que estava parado na esquina.

O motorista disse na delegacia que temeu ser vítima novamente, pois já fora assaltado anteriormente. Ele resolveu fazer uma manobra e dar a volta na quadra. Porém, no momento em que passava pelo casal, o homem sacou um revólver e anunciou o assalto.

O bandido ordenou que ele descesse do carro e entregasse a chave e o documento do veículo. Em seguida, o casal fugiu no veículo. A vítima disse que um vizinho viu duas pessoas em um veículo Nissan dando cobertura ao casal.

Já o segundo assalto da quadrilha ocorreu por volta da 1h20 de hoje (24), em frente a uma casa no bairro Santo Antonio. Quatro pessoas chegavam ao local numa Hilux quando foram abordadas por um casal armado.

O condutor, um engenheiro de 58 anos, foi rendido e obrigado a entregar o veículo. Na caminhonete ainda estavam mais duas mulheres e um adolescente de 17 anos, que é cadeirante, filho de uma das vítimas. Segundo o motorista, o bandido que estava armado foi bastante violento e ameaçou de morte o adolescente caso alguém reagisse.

Rodrigo tem uma extensa ficha criminal Foto Arlindo Florentino

Eles temeram que os bandidos fugissem no veículo levando o garoto, já que ele precisava de ajuda para sair do carro. Então, eles apelaram aos bandidos e conseguiram retirar o menor do carro. O engenheiro disse que viu duas pessoas em uma Nissan, com placa de São Paulo seguindo a caminhonete.

Após os dois crimes, a PM foi acionada e fez rondas pela cidade. Por volta das 5 horas, policias da Rotac (Rondas Táticas e Ações de Choque) abordaram quatro pessoas que estavam em um Nissan Murano na região do Jardim Indápolis. No veículo estavam Rodrigo Soares Martinez, de 29 anos, Viviane da Silva Oliveira, de 18, comparsa nos roubos e mais uma garota de 17 anos, além de menor de 15 anos.

Na abordagem, a adolescente acabou confessando os assaltos. A caminhonete foi encontrada abandonada em um matagal no Indubrasil. Já o Honda City em uma rua do bairro São Conrado. A polícia ainda apura se há alguma ocorrência de roubo envolvendo o Nissan.

A quadrilha foi encaminhada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

A suspeita é que os veículos seriam levados para a Bolívia. A prisão foi feita pelos policiais do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq). Os casos foram registrados como roubo majorado pelo emprego de arma e pelo concurso de pessoas e devem ser investigados pela Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (Defurv).

Casal suspeito de roubar dois veículos é preso em Campo Grande (Foto: Tatiane Queiroz/G1 MS)

Rodrigo tem uma extensa ficha criminal. Ele tem passagem por homicídio, roubo e receptação. Já contra a mulher não consta nenhum registro.

A Polícia suspeita que a quadrilha tenha roubados outros veículos na cidade. O caso ainda está sendo apurado.

Mulher é baleada nas costas por pensar que assalto fosse brincadeira na Capital Mulher é baleada nas costas por pensar que assalto fosse brincadeira na Capital

Uma mulher de 49 anos foi vítima de um disparo, ao ser abordada por dois indivíduos em uma motocicleta. O crime ocorreu na madrugada de hoje (24), na Avenida Presidente Ernesto Geisel, em Campo Grande (MS).

Consta no boletim de ocorrência, que a vítima parou seu veículo para trocar o pneu, quando dois homens pararam a moto e anunciaram o assalto.

A vítima pensou se tratar de uma brincadeira e não deu atenção ao fato. Um dos bandidos efetuou um disparo, atingindo as costas da mulher.

Ela foi levada ao hospital por populares, que passavam pelo local.

A polícia investiga o caso.

 

PRF apreende cocaína,  crack, maconha e dinheiro falso em rodovias de MS PRF apreende cocaína, crack, maconha e dinheiro falso em rodovias de MS

Durante uma fiscalização de rotina, realizada ontem (20), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu duas pessoas e apreendeu uma menor de 17 anos, por porte de drogas.

Polícia Rodoviária Federal apreendeu mais de 44 kg de drogas Foto Divulgação

Uma jovem de 22 anos, moradora em Aracaju (SE), portava 3,1 kg de cocaína dentro do travesseiro, num ônibus, que ia de Campo Grande (MS) a Recife (PE), no KM 12 da BR-262, em Três Lagoas (MS).

Aos policiais, a presa informou que pegou a droga de um desconhecido, na rodoviária de Campo Grande e levaria até Aracaju. Ela receberia R$ 1 mil.

Já um rapaz de 28 anos, estaria levando 35 kg de maconha em um veículo Celta, quando foi abordado por policiais no KM 02 da BR 463, em Ponta Porã (MS). O preso informou que receberia R$ 3 mil pelo transporte da droga.

Uma adolescente de 17 anos, passageira de um ônibus, levava 930 g de crack, 400 g de cocaína, 5,1 kg de maconha e 415 notas de R$ 50, com indícios de falsidade, no KM 68 da BR 463 em Ponta Porã.

A menor informou aos policiais, que pegou a droga de um desconhecido no Paraguai, recebeu R$ 5 mil, e a venderia em Presidente Prudente.

Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de drogas e armas em MS, SP e RJ Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de drogas e armas em MS, SP e RJ

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (20) a Operação São Domingos, no combate ao tráfico internacional de drogas e armas. Aproximadamente cem policiais federais cumprem 24 mandados de prisão e 24 mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro.

Os entorpecentes apreendidos estão avaliados em cerca de R$ 9 milhões (Foto: Divulgação: Polícia Federal)

A organização criminosa atuava no Paraguai, na cidade de Pedro Juan Caballero e no Brasil, em Ponta Porã (MS), Catanduva (SP) e Rio de Janeiro (RJ). As drogas, armas e munições, que entravam no Brasil em carros de passeio e caminhões, seguiam até Catanduva para serem armazenadas e distribuídas aos poucos para o Rio de Janeiro, onde na sequência eram levadas aos morros cariocas.

A investigação começou com a prisão de um casal em Catiguá (SP). Segundo informações da polícia, o casal vinha de Ponta Porã transportando 52 kg de cocaína, que seriam deixados em Catanduva.

Durante 10 meses de investigação, foram realizados nove flagrantes, com a prisão de 21 pessoas, sendo apreendidos 6,45 toneladas de maconha, 436 kg de cocaína, 360 munições de fuzil, quatro pistolas de uso restrito e uma escopeta calibre 12.

Os suspeitos serão encaminhados a estabelecimentos prisionais de seus estados, onde ficarão à disposição da Justiça Federal, respondendo pelos crimes de tráfico internacional de drogas, associação ao tráfico e tráfico internacional de armas. As penas variam de 3 a 25 anos de reclusão.

G1
Jovem baleado com dois tiros nas costas em escritório na Vila Ieda morre Jovem baleado com dois tiros nas costas em escritório na Vila Ieda morre

Um homem não identificado invadiu na tarde desta terça-feira (18), por volta das 15 horas, uma casa na Rua Monte Negro, na Vila Ieda, e atirou contra João Ricardo Gervásio Junior, de 28 anos. O homem foi atingido por dois disparos nas costas, um deles atingiu o pulmão.

Vítima não resistiu aos ferimentos (Foto: Cleber Gellio)

O jovem morreu na UPA (Unidade de Pronto Atendimento Comunitário), do Bairro Universitário, logo depois de ser socorrido. Amigos suspeitam que o crime ocorreu por engano.

De acordo com uma das vizinhas do imóvel, Evelyn Freitas, de 42 anos, foi possível ouvir três disparos e um pedido de socorro vindo de dentro da residência. Segundo ela João, era natural de Mato Grosso, estava morando em Campo Grande há um ano e é noivo da irmã do dono da casa.

A vizinha ainda disse que o jovem, que trabalhava no escritório com o irmão da namorada, foi atender um chamado pelo cunhado. Ao se deparar com o criminoso, ele viu a arma e, assustado, saiu correndo. O bandido que chegou a pé e não se sentiu intimidado pela presença de alguns pedreiros que trabalhavam em uma obra próxima do local.

Evelyn afirmou ainda que viu o autor dos disparos entrar em um carro que o estava aguardando do lado de fora da casa.

Segundo o cunhado de João, um dos suspeitos é um homem identificado como Caíque, que de acordo com o irmão da noiva da vítima teria roubado a moto de um amigo da família na última sexta-feira (14) e a polícia chegou a prender o suspeito, que acabou sendo liberado.

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares