Policial voltar para a home

Padrasto é suspeito de estuprar enteada há quase um ano em Terenos Padrasto é suspeito de estuprar enteada há quase um ano em Terenos

Um homem foi preso em Terenos (MS) por suspeita de estuprar a enteada de 12 anos. Segundo a vítima, o fato vem ocorrendo há quase um ano na casa da família na comunidade denominada de Ponte do Grego, distante 40 quilômetros do centro da cidade.

O suspeito foi detido na terça-feira no assentamento Santa Mônica em cumprimento ao mandado de prisão temporária. A última vez que o padrasto abusou da enteada foi no final de junho a começo de julho. Para o conselho tutelar do município, o homem apresentou uma identificação, mas depois de uma investigação junto à Polícia Civil do Paraná, a suspeita é que se trata de um foragido paranaense de 47 anos.

O Instituto de Identificação encaminhou um perito que colheu impressões digitais para descobrir a verdadeira identidade do padrasto. De acordo com a versão do suspeito, ele mentiu o nome por causa do triplo homicídio que cometeu em Campo Mourão (PR).

“Foi pedido ao juiz a representação pela prisão temporária, até que seja revelada a verdadeira identidade do acusado, também porque o padrasto teria confessado o crime para uma testemunha, dizendo em tom de ameaça que era matador e não estuprador”, contou o delegado Reginaldo Salomão.

Estudante é estuprada após pegar carona com amigo do pai na Capital Estudante é estuprada após pegar carona com amigo do pai na Capital

Uma estudante dde Campo Grande foi estuprada na noite de ontem, depois de aceitar carona de amigo do pai, que já é falecido. Ela informou que o conhece pelo apelido de Carioca.

Foto Ilustrativa

A vítima de 25 anos, que teve o nome mantido em sigilo, foi abordada pelo sujeito, por volta das 19 horas, na Avenida Eduardo Elias Zarhan.

Agressor e vítima seguiram num Hyundai Santa Fé em direção à casa dela mas, a caminho, ele desviou e foi para a residência própria, alegando que precisava pegar um documento.

Conforme o Midimax, o homem pediu que ela esperasse por ele na sala onde, pouco depois, passou a atacá-la. A vítima teve a roupa arrancada e foi estuprada ali mesmo.

Depois de cometer o abuso sexual, o sujeito levou a jovem até o local onde ele oferece a carons, na Avenida Zarhan.

A estudante denunciou o caso na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga.

A vítima já foi submetida ao exame de corpo de delito.

Em depoimento, ela disse que já tinha visto o suspeito em outras ocasiões,. Ela relatou que ele é branco, tem aproximadamente 1,80 de altura e cerca de 50 anos.

Funcionário da Casa do Pintor há 10 anos, homem foi atingido por três tiros Funcionário da Casa do Pintor há 10 anos, homem foi atingido por três tiros

Um homem invadiu há pouco a empresa Casa do Pintor, localizada na Avenida Coronel Antonino, em Campo Grande (MS), e disparou quatro vezes contra um de seus funcionários, Marcílio de Souza Júnior, 35 anos, que foi ferido com dois tiros no abdômen e um na mão.

Todos os funcionários da loja trabalhavam no momento do crime Foto: Alessandro Martins

A vitima foi socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhada ao hospital. O criminoso chegou ao local numa motocicleta.

Segundo informações de testemunhas, o autor do crime entrou na loja com o capacete na cabeça e anunciou “Não é treta com ninguém da loja”, e mandou todo mundo ficar quieto.

Em seguida, se dirigiu até o funcionário que estava sentado atendendo um cliente e efetuou os disparos.

Após atirar contra a vítima, ele saiu correndo do local, montou na moto e fugiu.

O Corpo de Bombeiros encaminhou a vítima para a Santa Casa de Campo Grande.

A vítima trabalha há mais ou menos 10 anos na loja e, por um período, foi preso. Após cumprir a pena, Marcilio voltou a trabalhar no comércio. Ele teria sido acusado de roubo com emprego de arma.

Policial que matou família havia filmado estupro de mulher nos EUA Policial que matou família havia filmado estupro de mulher nos EUA

Homem matou sua mulher, os dois filhos, a sogra e depois se suicidou.
Nos últimos dois anos, ele havia filmado estupro da mulher por 5 vezes.

Um policial que matou sua mulher, os dois filhos pequenos, a sogra e se suicidou em seguida, em janeiro, nos Estados Unidos, havia recebido mensagens da mulher algumas horas antes do crime.

Nos textos, Kelly Boren ameaçava deixar o marido, Joshua Boren, e confrontá-lo pelos estupros que ele havia cometido contra ela.

O policial Joshua Boren em foto da Polícia de Utah,
nos EUA (Foto: Lindon City Police/AP)

Segundo investigações da Polícia de Utah, Joshua e a mulher trocaram mensagens de texto raivosas horas antes das mortes.

Nelas, Kelly confrontava o homem sobre os estupros sofridos por ela – um terapeuta que atendia a família disse à polícia que o policial havia drogado sua mulher e gravado a agressão por pelo menos cinco vezes.

Kelly só soube dos estupros ao descobrir as gravações em 2013. Ela contou a alguns amigos, mas não denunciou o marido, pois não queria que a carreira dele como policial fosse arruinada.

Na noite antes de sua morte, Kelly retomou o assunto das agressões. “Eu odeio a minha vida por sua causa. Você matou uma parte de mim”, disse a mulher, em uma mensagem enviada ao marido.

Na época, os dois já estavam separados há algum tempo.
Na manhã seguinte, Kelly disse a Joshua que iria levar embora os filhos do casal, e o homem respondeu: “Não envolva as crianças, elas são inocentes”.

Abalado, Joshua foi ao encontro da mulher e a matou a tiros, assim como seus dois filhos, de 7 e 5 anos, e sua sogra. Em seguida, ele se matou com a arma usada no trabalho.

Um relatório da polícia indica que o autor dos crimes foi abusado sexualmente quando criança, teve problemas com drogas na adolescência, era viciado em pornografia e tinha uma relação doentia com a mãe, a quem odiava.

Além disso, seu pai cometeu suicídio quando ele tinha 5 anos e, depois disso, sua mãe passou a usar drogas e a sair com vários homens. Um deles seria responsável pelo abuso sofrido pelo policial na infância.

G1
Estudante da UEMS é preso na Alemanha suspeito de 5 estupros Estudante da UEMS é preso na Alemanha suspeito de 5 estupros

Um estudante de Mato Grosso do Sul, de 25 anos, foi detido em Munique, na Alemanha, sob acusação de estupro contra mulheres em ônibus noturnos da capital do Estado da Baviera. De acordo com relatos da imprensa alemã, o estudante, que seria responsável por pelo menos dois casos de tentativa de estupro, foi identificado através de imagens da câmera de segurança de um ônibus.

No site do jornal “Abendzeitung” que é popular e de grande circulação em Munique, foi divulgada matéria sobre caso (Foto: Reprodução/ Internet)

Um boletim de ocorrência da Polícia da Baviera informa que duas mulheres pegaram um ônibus noturno na madrugada do dia 25 de maio em Munique. Por volta das 4h, as duas desceram do coletivo e se viram perseguidas por um homem. Ele se aproximou, agarrou uma das mulheres e levantou sua saia antes de atirá-la ao chão. A vítima, auxiliada por sua amiga, conseguiu revidar, bater no homem e fugir.

O caso foi registrado e um exame de DNA comprovou que se tratava de um agressor do sexo masculino que batia com material genético colhido em outro caso de tentativa de estupro, ocorrido em março, em Jena.

De acordo com informações obtidas pela imprensa alemã junto ao setor de investigação de crimes sexuais, a polícia obteve imagens da câmera de segurança do ônibus e, através de dois oficiais à paisana, encontrou e identificou o suspeito em um ônibus noturno no dia 29 de junho. Os policiais colheram saliva do homem e confirmaram se tratar do mesmo indivíduo. Trata-se de um estudante brasileiro de Engenharia nascido em Mato Grosso do Sul, até então sem nenhuma passagem pela polícia.

Em nota, a Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS) confirma a prisão de um aluno brasileiro em Munique e aguarda comunicação oficial das autoridades alemãs. “Por hora, o que podemos afirmar é que o estudante não possui nenhum relato de desvio em sua conduta moral dentro da Universidade, tampouco em relação a sua vida acadêmica”, informa a nota. O consulado brasileiro em Munique acompanha o caso.

TERRA
Homem é morto pelo cunhado na casa da irmã após pedir dinheiro para comprar droga Homem é morto pelo cunhado na casa da irmã após pedir dinheiro para comprar droga

Um homem de 37 anos foi morto com uma facada no peito, no fim da tarde desta terça-feira (8), na Rua Luis Bento, no Jardim Itália. Segundo os familiares, Cristiano Domingues, foi morto pelo próprio cunhado, um homem de 33 anos.

Foto: Divulgação

De acordo com Graziela Siqueira, de 28 anos, irmã da vítima e mulher do suspeito, o irmão era usuário de drogas e foi até a casa dela pedir dinheiro. Ela teria dito que não daria dinheiro para ele, e o irmão se recusou a sair da casa.O suspeito e o cunhado entraram em luta e com um único golpe de faca o rapaz morreu no local. Após o crime, o suspeito fugiu.

Ainda segundo Graziela, o irmão era usuário de drogas desde os 10 anos, morava com a mãe e constantemente ia a casa dela, onde também funciona um salão de beleza, para pedir dinheiro.

Um vizinho, que não quis se identificar, disse já ter sido vítima de furto, cometido por Cristiano.

Conforme o tenente Matheus, do 1° Batalhão de Polícia Militar, a vítima tinha passagens pela polícia pelos crimes de porte de arma, homicídio e roubo.

MidiaMax
Rapaz tira vida de irmão ao aplicar um golpe ‘mata-leão’ Rapaz tira vida de irmão ao aplicar um golpe ‘mata-leão’

Um rapaz, identificado apenas como Neno, foi morto ao receber um golpe gravata – conhecido como ‘mata leão’ – aplicado pelo irmão, após um desentendimento entre os dois, na tarde desta segunda-feira (07), no Bairro Paulo Coelho Machado, em Campo Grande.

Polícia atende ocorrência Foto: Divulgação

Segundo informações, após uma discussão, a vítima partiu para cima do irmão com uma faca e foi contido com um golpe de ‘mata-leão’.

Eles estavam num terreno baldio na rua Pinus, e o jovem morreu na hora por sufocamento. Neno havia deixado a prisão nesta manhã.

Segundo relato de moradores da região, os irmãos eram muito apegados e o rapaz sempre defendeu Neno no tempo em que o irmão estava preso, com esperanças de que ele mudasse.

Estiveram no local a Polícia Militar, Polícia Civil e a perícia. O corpo já foi retirado.

Jovem é morto a tiros na frente de casa durante festa na Mata do Jacinto Jovem é morto a tiros na frente de casa durante festa na Mata do Jacinto

Naim Gonçalves Justo Hemat, de 19 anos foi assassinado a tiros na por volta das 3 horas da madrugada deste domingo (6), no bairro Mata do Jacinto, em Campo Grande. De acordo com registro policial, nenhum suspeito do crime foi identificado.

Jovem foi morto em frente à casa dele, onde era realizada uma festa (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)

Conforme boletim de ocorrência, o crime ocorreu em frente à casa da vítima na Rua Areti Deligeorges Vavas esquina com a Rua Alberto Araújo Arruda.

Quando Naim foi até a frente do imóvel conversar com algumas pessoas. Um rapaz ainda não identificado chegou a uma motocicleta e descarregou a arma de fogo contra a vítima.

A vítima foi atingida no tórax e nas costas e morreu no local. Ele morreu na hora.

Ainda conforme o registro policial, câmeras de segurança no local podem ter filmado a ação.

Ladrões são flagrados pela PM dentro de lotérica com dinheiro na cueca Ladrões são flagrados pela PM dentro de lotérica com dinheiro na cueca

Dois rapazes foram presos na madrugada desta sexta-feira (4) enquanto furtavam uma casa lotérica, no Bairro Coophavilla II, em Campo Grande. O furto aconteceu na Rua da Penísula. Eles foram flagrados pelos policiais, os homens estavam aproximadamente  mil nas cuecas. Segundo a Polícia Civil, Eder de Souza Escobar, 32 anos, e Daniel Santos Taguas, 21 anos. Os assaltantes entraram pela janela do banheiro do estabelecimento, nos fundos do local.

Foto : Pedro Peralta/ Campo Grande News

 Os assaltantes entraram ao local pelos fundos, e usaram a janela do banheiro para cometer o crime. A falta de segurança nos fundos da lotérica chamou a atenção da Polícia Militar.

 Vizinhos viram o movimento e acionaram a Polícia Militar. Quando os policiais chegaram ao local deram de encontro com os dois. Eles já haviam aberto um dos cofres e se preparavam para arrombar o segundo.  O total não foi contabilizadao, mas preliminarmente a PM ( Polícia Militar) estima em 8 mil reais. O dinheiro foi encontrado nas cuecas dos dois.  Eles não resistiram à prisão ao ver as viaturas e foram presos por tentativa de furto.  O caso foi encaminhado até a Depac ( Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga e será apurado.

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares