Policial voltar para a home

Discussão sobre venda de aparelho de som termina com morto e ferido Discussão sobre venda de aparelho de som termina com morto e ferido

Éder Gracini Chaves, de 29 anos morreu e Leonel Jackson Gracini Chaves, de 25, ficou ferido em estado grave durante uma discussão no fim da tarde de ontem (28) no bairro Nova Jerusalém, em Campo Grande. Segundo a Polícia Militar, a briga começou por conta do pagamento de um aparelho de som.

Crime aconteceu em frente a casa da vítima, no Bairro Nova Jerusalém Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência por volta das 18h na rua Manoel Cândido de Souza, pelos plantonistas da Unidade de Saúde das Moreninhas.

Conforme o boletim de ocorrência registrado sobre o caso, há duas semanas Éder comprou um aparelho de som de seu vizinho Kaio Fernando da Silveira Aguilera, de 18 anos.

Por conta da falta de pagamento, ontem Kaio enviou a seguinte mensagem para o celular de Ariane Alves, esposa de seu vizinho: “Éder você mais uma vez não foi homem comigo, quero meu som de volta quando eu pego ai? Só paga o que me deve”.

Momentos depois, Kaio, que mora em frente a casa da vítima, foi com o amigo Moacir Souto, 33 anos, conhecido como ‘Japão’ até a casa de Eder. Chegando lá, o vendedor gritou para que Eder saísse e acertasse a dívida. Eder atendeu a porta e saiu de casa em companhia da esposa.

Os dois passaram a discutir. A mãe de Kaio e a esposa de Eder também se desentenderam e se agrediram. Quando Leonel tentou apartar a briga, Moacir surgiu com uma faca e desferiu um golpe na barriga de Leonel. Em seguida, Moacir passou a esfaquear Eder no tórax. Ele fugiu na companhia de Kaio no seu veículo Palio, de placas HRH-8819.

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreu os dois homens, mas Eder chegou morto com três perfurações por instrumento cortante (faca) no tórax.no posto de saúde do bairro Moreninhas.

Leonel estava em estado grave com uma perfuração na região abdominal e as vísceras expostas. Ele foi encaminhado à Santa Casa.

Os autores ainda não foram encontrados. O crime, que foi registrado como homicídio doloso e tentativa na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, será investigado pela 4ª Delegacia de Polícia.

Preso homem que tentou furar bloqueio com 480 kg de droga Preso homem que tentou furar bloqueio com 480 kg de droga

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na manhã deste sábado (27), em Mundo Novo, cidade a 462 quilômetros da Capital, um homem de 38 anos e um veículo roubado, carregado com 480 quilos de maconha, três armas de fogo e mil munições de diversos calibres que seriam levados para o Estado de Minas Gerais.

Droga seria levada para Minas Gerais, segundo a Polícia Rodoviária Federal Foto: Divulgação PRF

A apreensão foi feita na BR-163, Km 38, o veículo Ford Fiesta, com placas de Mogi Guaçu (SP), tinha diversas ocorrências criminais, além de ser produto de roubo.

De acordo com a polícia, o homem desobedeceu ordem de parada, mas foi perseguido e alcançado momentos depois.

Durante vistoria no veículo foram encontradas três pistolas calibre .9 milímetros, mil munições dos calibre .9, .22 e .38, além da maconha.

Motorista e PM se ferem em troca de tiros no Pioneiros Motorista e PM se ferem em troca de tiros no Pioneiros

Um motorista e um policial à paisana se envolveram em um tiroteio após uma confusão em uma festa no Jardim Pioneiros na madrugada de hoje (27), aqui na Capital. Segundo a Polícia, o motorista Nelson Figueiredo, de 44 anos, começou a confusão após ser expulso do local.

O policial militar Ercílio Alves Feitosa, 47 anos, não estava de serviço e também participava da festa. Segundo a polícia, o motorista estava no local com a esposa quando os dois foram expulsos da festa pelo proprietário do local.

Revoltado com a situação, Nelson atirou várias vezes e fugiu, mas ninguém foi atingido. O policial que participava do evento viu a situação e perguntou para testemunhas para onde o motorista havia fugido.

Sem saber, enquanto procurava o homem no Bairro Universitário, o policial passou em frente à casa dele e Nelson atirou várias vezes contra o militar. Ercílio acabou sendo atingido no pé esquerdo e o carro dele foi perfurado por cinco disparos.

O policial revidou ao ataque e atirou contra Nelson, ele foi atingido por dois disparos em uma das pernas. Ercílio chamou o reforço policial e quando os militares chegaram o suspeito já havia fugido.

Dentro da casa de Nelson, os policiais encontraram uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 22. Parentes do motorista contaram à polícia que ele foi com o próprio carro para o Hospital Universitário. Na unidade, o homem negou ser proprietário das armas, mas afirmou que possui o registro da pistola. Nelson continua em observação e responderá por posse irregular de arma de fogo e lesão corporal dolosa.

O policial também foi atendido e prestou depoimento à polícia sobre o caso. Tanto os carros do policial e do motorista passaram por perícia e já foram liberados para os proprietários.

Rapaz de 23 anos é executado com seis tiros no Los Angeles Rapaz de 23 anos é executado com seis tiros no Los Angeles

Um rapaz de 23 anos foi morto a tiros esta madrugada na rua Laucídio Coelho, Jardim Los Angeles, saída para São Paulo, aqui na Capital. 

Segundo informações da Polícia, Márcio de Souza Borges foi atingido por seis disparos, sendo três no peito, um no braço, outro no pescoço e um na coxa. Ele morreu na hora, antes mesmo da chegada do resgate.

Testemunhas disseram à polícia que a vítima estava de moto quando outro motociclista se aproximou, efetuou os tiros e fugiu. As balas encontradas na cena do crime são de uma arma calibre 38.

A vítima morava próxima ao local onde aconteceu o crime.

A Polícia acredita que o homem foi morto devido a um acerto de contas. Testemunhas e parentes da vítima prestam depoimento na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratiniga nesta manhã.

Bombeiro é encontrado morto com tiro na boca em apartamento no Petropólis Bombeiro é encontrado morto com tiro na boca em apartamento no Petropólis

O bombeiro Jair Macedo Júnior, de 40 anos, foi encontrado morto na manhã de hoje (26), em seu apartamento, na rua Topázio no bairro Jardim Petrópolis em Campo Grande.

Dois colegas de trabalho, foram ao apartamento já que Jair não foi trabalhar hoje e estava sumido há dias. Pela janela eles vistaram o corpo do soldado sobre a cama. Eles contaram que o corpo estava em adiantado estado de decomposição.

Peritos avaliam que o militar morreu na madrugada de quarta-feira (24).

Junto ao corpo, de acordo com o delegado do 7° Delegacia de Polícia, Natanal Balduíno, havia uma pistola .40. A vítima morreu devido a um tiro na boca.

Agora, a polícia investiga se a morte foi homicídio, suicídio ou um acidente. Jair morava sozinho e vizinhos serão ouvidos.

Testemunhas disseram a polícia, que Jair estava em um momento de separação, em um casamento na qual teve um filho.

A polícia espera agora, os exames necroscópicos, para saber se a vítima sofreu alguma violência, além de exame pericial do local, no caso de alguém ter entrado no apartamento da vítima.

Polícia prorroga investigação sobre morte de delegado aposentado Polícia prorroga investigação sobre morte de delegado aposentado

A Polícia Civil prorrogou por mais 30 dias o prazo para conclusão do inquérito que investiga a execução do ex-delegado e advogado Paulo Magalhães. A expectativa da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS) é que, com a prorrogação, o dossiê, que teria sido distribuído por Magalhães dias antes de sua execução a varias entidades locais e nacionais, seja incluído nos procedimentos.

Delegado criou instituto para fazer denúncias . Foto Reprodução/Facebook

Segundo o presidente da Comissão de Advogados Criminalistas, Luiz Carlos Saldanha Rodrigues Junior, o dossiê, divulgado pela imprensa, que reúne todas as denúncias feitas por Paulo Magalhaes em seu blog pessoal, até o momento não foi objeto de investigação. Saldanha relata ainda que ainda aguarda a autorização da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) para que os representantes da OAB/MS possam acompanhar o processo.

Preocupado com a investigação, o presidente da OAB/MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues, enviou, logo após a execução de Magalhães, ofício ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ministra chefe da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Helena Hoffmann, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos, e ao secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, e ao governador do Estado, André Puccinelli, reforçando o pedido de apuração.

Polícia desmantela quadrilha que roubava carros na Capital para vender no Paraguai Polícia desmantela quadrilha que roubava carros na Capital para vender no Paraguai

Uma quadrilha de assaltantes que roubava carros em Campo Grande para vender no Paraguai foi presa por uma Equipe da Força Tática do 1º batalhão da Polícia Militar na madrugada desta quinta-feira (25).

A prisão aconteceu depois que policiais abordaram um dos criminosos em um táxi, na Rua Pará, Vila São Jorge da Lagoa. No veículo, os policiais encontraram um revólver calibre .38 com o passageiro. O suspeito confessou envolvimento em roubos e apontou aos policiais uma residência, na Vila Nasser, onde estariam os comparsas dele.

A equipe foi até o local indicado, onde localizou mais seis pessoas, todas com envolvimento em crimes. Um homem foi preso e cinco adolescentes apreendidos.

Foram encontrados ainda: três carros, um VW/Golf, um VW/Gol e um GM/Corsa, todos com registro de roubo; 40g de cocaína, balança de precisão. Duas chaves de veículos foram encontradas. Segundo os envolvidos, elas pertenciam a outros dois veículos roubados e já negociados num país vizinho.

Os envolvidos e os carros foram encaminhados para a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos) e a droga levada para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

Bandidos fazem donos de lotérica reféns durante assalto no Nova Lima Bandidos fazem donos de lotérica reféns durante assalto no Nova Lima

Eduardo Parreiras de 38 anos e sua esposa foram refém por cerca de três horas durante um assalto na noite desta terça-feira (23), em Campo Grande.

Foto Minamar Junior / midiamaxnews

As vítimas são proprietárias de uma casa lotérica no bairro Nova Lima e foram abordadas por volta das 18h30 quando chegavam em casa, no Jardim Anache por um homem armado, que ordenou que a esposa sentasse no banco traseiro do veículo. Ele entrou no carro e ordenou que as vítimas saíssem com o veículo da garagem.

Na rua, outro bandido armado entrou no veículo. Os autores fizeram o casal percorrer por cerca de 3h toda a região dos bairros Nova Lima, Nova Bahia, Jardim Columbia e um trecho da BR-163. No trajeto, eles obrigavam o condutor parar por diversas vezes para manter contato via telefone com alguém.

Por volta das 21h30, os assaltantes ordenaram que as vítimas seguissem para a lotérica. O marido desceu do veículo, juntamente com um dos autores e teve que desativar o alarme, apesar da empresa de segurança ligar e ele passar todas as informações erradas, a empresa não compareceu ao local.

Eles ficaram dentro da lotérica por praticamente cinco minutos e retornaram para o veículo, voltando para o Jardim Anache, estacionando próximo a uma campo de futebol.
Um dos autores saiu do carro levando o dinheiro em um saco plástico de lixo de cor preta. Após algum tempo ele retornou com uma motocicleta sem placa, que não foi possível ser identificada.O outro assaltante mando o casal ir embora com o carroe foi embora a pé, efetuando vários disparos de arma de fogo para o alto.

O valor roubado não foi divulgado e até o momento, os autores não foram localizados. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) centro.

Adolescente que matou diretor de escola de Casa Verde foge da UNEI Adolescente que matou diretor de escola de Casa Verde foge da UNEI

Entre os adolescentes que conseguiram fugir da Unidade Educacional de Internação (UNEI) de Campo Grande, na última quinta-feira (18), estava o menor acusado de assassinar o diretor Delmiro Bonin em uma escola de Nova Casa Verde, em Nova Andradina.

Adolescente foi recapturado após fuga da Unei

Ao todo,nove jovens que cumprem medidas socioeducativas teriam arrebentado os cadeados das celas e quebrado telas de proteção para fugir.

Ao fazer sua ronda, uma dos agentes da UNEI percebeu que o alojamento onde os internos deveriam permanecer estava vazio. Os jovens conseguiram destravar a porta da ala e ganhar o pátio da instituição. De lá, eles se dirigiram para os fundos da unidade, de onde violaram as telas de proteção e fugiram.

Depois da fuga, forças policiais de Campo Grande começaram a realizar diversas buscas pela cidade, na tentativa de localizar os fugitivos. Através de ligação anônima, um morador da capital teria acionado a Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (CIGCOE) sobre a presença de menores em atitude suspeita nas ruas.

Guarnições foram até o local indicado, onde conseguiram localizar e apreender três jovens, sendo um de 18 anos e dois menores. Entre eles, foi recapturado o adolescente acusado de assassinar, com disparo de arma de fogo, o diretor Delmiro Bonin. O crime ocorreu no dia 28 de junho de 2012, em Nova Casa Verde e comoveu a sociedade local.

No sábado (20), outros dois adolescentes, de 17 e 18 anos, foram capturados. A polícia investiga o paradeiro dos outros fugitivos. Entre as acusações estão atos análogos a crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma, roubo, furto, latrocínio, homicídio e tentativa de homicídio.

Caminhonete é apreendida após perseguição com 359 quilos de maconha Caminhonete é apreendida após perseguição com 359 quilos de maconha

Policiais do grupo de Rondas Táticas e Ações de Choque (Rotac) apreenderam 359 quilos de maconha e 1,2 quilo de cocaína na noite de domingo (21), na região do bairro Coophavila II, em Campo Grande.


Drogas foram compradas em Pedro Juan Caballero Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

A droga estava sendo transportada em uma caminhonete S10. Leandro da Silva Souza de 22 anos foi preso e um adolescente, de 16 anos, foi apreendido.

A polícia encontrou a caminhonete com a droga, após receber informações da Polícia Federal (PF) de que os suspeitos teriam saído de Ponta Porã, a 346 km de Campo Grande, possivelmente com os entorpecentes.

O jovem e o adolescente foram abordados na BR-060, mas desrespeitaram a ordem de parada e tentaram fugir. Os policiais alcançaram o veículo após atirarem nos pneus. Os suspeitos pararam cerca de quatro quilômetros depois do bloqueio, na Avenida Marechal Deodoro.

Questionados, eles confessaram que adquiriram as drogas em Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

O veículo e os entorpecentes foram encaminhados para a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) e os suspeitos para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).

 

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares