Vídeos voltar para a home

Após granizo, situação de emergência é homologada  em Novo Horizonte do Sul Após granizo, situação de emergência é homologada em Novo Horizonte do Sul

Foi publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (1º) a homologação do decreto nº 91 do município de Novo Horizonte do Sul (MS), que decretou situação de emergência em partes das áreas urbana e rural, afetadas por chuva e granizo que danificou moradias no último dia 25 de agosto.

Com a homologação, o decreto passa a ter validade por 180 dias e os órgãos componentes da administração direta e indireta estadual ficam autorizados a prestar apoio suplementar ao município, mediante prévia articulação com o órgão de coordenação do Sistema Estadual de Defesa Civil.

O vídeo abaixo, publicado pelo site Ivi Notícias, mostra o fenômeno na cidade. Moradores ficaram muito assustados e alguns tiveram prejuízos. Telhados de casas ficaram destruídos, parabólicas apresentaram defeitos e veículos foram amassados pelas pedras de gelo em vários pontos da cidade.

Nova lenda urbana de fantasma ‘assombra’ estudantes de Pedro Gomes Nova lenda urbana de fantasma ‘assombra’ estudantes de Pedro Gomes

Depois da gravação feita por alunos do sétimo ano de uma escola estadual, em que flagra um suposto fantasma, a origem da imagem cria novas suposições e revive fatos assustadores, do passado

Quem nunca ouviu falar sobre a famosa história da mulher de branco, que assombra os banheiros das escolas? Agora, o assunto do momento é a aparição de um suposto fantasma no interior do Mato Grosso do Sul. Trata-se de uma imagem semelhante a uma mulher entrando na sala de aula da Escola Estadual Cleuza Teodoro, em Pedro Gomes, município distante a cerca de 296 quilômetros da Capital.

O flagrante foi feito por alunos do sétimo ano, na semana passada, quando iriam começar o ensaio de uma festa folclórica. De acordo com o diretor, Celso Teodoro de Souza, a situação inusitada levanta polêmicas, já que apesar dos alunos não se assustarem tanto, o tema do flagrante do fantasma divide opiniões entre estudantes, professores e funcionários.

Histórias de fantasmas são comuns em escolas desde sempre, tornando-se famosas lendas urbanas. Trata-se de histórias assustadoras que, passadas de pessoa para pessoa, ganham uma característica de mistério e, são vistas por muitos, como algo verídico. Depois da gravação, a origem do fantasma cria novas suposições.

De acordo com o diretor, não há qualquer tipo de crime ocorrido no local, nem mesmo antes da construção da escola. O único fato que poderia ter relação é o velório de uma professora realizado nas dependências da instituição, no final da década de 80. Com mais de 20 anos na direção da escola, Souza informou que na época sua vice-diretora, Diva de Araújo Azambuja, foi vítima de um acidente de carro, tendo o corpo velado na Escola Estadual. Há outros boatos que também podem confirmar a lenda urbana de fantasmas.

“O antigo guarda do local ligava vários rádios em diversos cômodos da escola para não ouvir os fantasmas noturnos. Outras pessoas dizem ter visto uma mulher grávida saindo do banheiro com um bebê no colo. Funcionários não gostam de ficar em alguns lugares sozinhos porque ouvem os objetos caírem. Entretanto, em mais de 20 anos, nunca vi e tampouco ouvi algo relacionado a fantasmas”, ponderou o diretor. Enquanto a polêmica não é confirmada, de acordo com o Edição de Notícias, o imaginário cria novas histórias.

Uma das versões mais conhecida dessa lenda diz que ela era uma jovem de cabelos dourados, muito bonita e que gostava de namorar, mas teria se escondido no banheiro feminino para não ser flagrada, ou teria ido fumar. Na versão da sua morte mais famosa, ela é violentada e morta pelos garotos da escola e abandonada no banheiro. Com isso, seu espírito ficou na escola para assombrar e seduzir garotos que ficam sozinhos nos banheiros, e as meninas que se arrumam muito em frente aos espelhos.

Datena invade estúdio e xinga Milton Neves ao vivo; ouça áudio Datena invade estúdio e xinga Milton Neves ao vivo; ouça áudio

Neste domingo (24), o apresentador José Luiz Datena entrou em um estúdio da rádio Bandeirantes e brigou com seu colega de casa Milton Neves quando o programa Domingo Esportivo era transmitido ao vivo. Com raiva, o homem forte do Brasil Urgente invadiu o local aos gritos e disse: “Que merda é essa?”

Pouco antes, Milton Neves conversava com o ex-jogador de futebol e agora comentarista esportivo Neto sobre o ex-jogador do Coritiba José Hidalgo Neto, cujo apelido é Capitão Hidalgo.

— Sabe quem morou na casa do Hidalgo em Curitiba e tava desempregado na vida? Zé Luiz Datena. Morou na casa do Hidalgo, filou boia lá e até hoje ele é grato. Tem muito ingrato por aí que não olha para trás. O Datena agradece o Hidalgo.

Milton Neves ainda comentou que também havia morado em uma pensão de Curitiba e emendou: “Queria mandar um abraço para o José Luiz Datena, que ama o Hidalgo, porque ele não era essa estrela que ele é hoje. A maior estrela da televisão brasileira. Ele morou em Curitiba e morou na casa do Hidalgo”.

Pouco depois dos comentários de Milton Neves, Datena invadiu o estúdio aos berros e questionou o apresentador do Terceiro Tempo no ar: “Que merda é essa que você falou? Que merda é essa aí, cara? É o c***.

R7
Mulher leva cotovelada covarde de homem e é internada em SP Mulher leva cotovelada covarde de homem e é internada em SP

Uma mulher de 30 anos teve traumatismo craniano após ser agredida pelo dono de um bar em São Roque, no interior de São Paulo. Ela levou uma cotovelada no rosto. A vítima está internada em estado grave e corre risco de morte. O agressor foi preso.

Fernanda Regina Cézar Santiago, de 30 anos, aparece nas imagens conversando com um homem de capuz. Em seguida, ela se aproxima do agressor, de terno, fala com ele e leva uma cotovelada no rosto

Fernanda cai no chão, bate a cabeça e fica inconsciente. Após a agressão, Anderson Oliveira, age tranquilamente e não oferece nenhum tipo de ajuda à vítima.

Ela teve traumatismo craniano e corre risco de morrer (Foto: Reprodução)

O homem de capuz entra no carro e vai embora, enquanto a vítima espera pelo resgate que chega pouco depois. A agressão aconteceu na frente de um clube em São Roque, cidade a 79 km de São Paulo.

Fernanda está no hospital e o estado de saúde dela é grave. Ela teve três traumatismos cranianos. Segundo a família, ela alterna momentos de consciência e esquecimento.

Por enquanto, os médicos tentam reverter o quadro com o uso de medicamentos, mas a possibilidade de cirurgia não está descartada.

Oliveira é dono de um bar em São Roque. O comerciante está preso e vai responder por tentativa de homicídio com agravante para motivo torpe.

O agressor foi localizado na terça-feira (19). Ele foi preso e levado à delegacia de São Roque. A prisão dele foi decretada por 30 dias. Ele já é conhecido na região por outras agressões. Ainda não se sabe o motivo da cotovelada.

R7
Imagens inéditas mostram pela 1ª vez a queda do avião que matou Campos Imagens inéditas mostram pela 1ª vez a queda do avião que matou Campos

Imagens feitas por câmeras de monitoramento de um prédio em construção em Santos, no litoral de São Paulo, obtidas com exclusividade nesta terça-feira (19) pela TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, mostram pela primeira vez o momento exato da queda do avião que matou o candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), e mais seis pessoas no dia 13 de agosto.

A demora na descoberta do vídeo se deve ao fato de o horário do sistema de monitoramento estar errado.

Outras imagens divulgadas anteriormente mostravam apenas o clarão, a fumaça e o fogo causados pela explosão, após o impacto da aeronave no solo. Essa nova imagem é a primeira que mostra o avião caindo, e deve ajudar nas investigações para descobrir as causas do desastre aéreo.

O caso
A queda do avião ocorreu por volta das 10h do dia 13 de agosto, em um bairro residencial de Santos. O candidato tinha uma agenda de campanha na cidade.

A Aeronáutica informou em nota que o avião decolou do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá, também no litoral. “Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave”, informou.

Além de Campos, outras 6 pessoas estavam na aeronave: Alexandre Severo Silva, fotógrafo; Carlos Augusto Leal Filho (Percol), assessor; Geraldo Magela Barbosa da Cunha, piloto; Marcos Martins, piloto; Pedro Valadares Neto e Marcelo de Oliveira Lyra

A Polícia Federal (PF) enviou seis peritos para Santos a fim de trabalhar na apuração da causa do acidente. Aeronáutica e Polícia Civil também vão investigar.

Caixa preta
A Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pela investigação do acidente aéreo afirmou que já foram extraídas e analisadas por quatro técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) as duas horas de áudio da caixa-preta do jato que conduzia o ex-governador pernambucano para o litoral paulista. Entretanto, segundo a própria FAB, a gravação da caixa-preta do avião com prefixo PR-AFA não é do voo de Campos e sim de um outro voo realizado dias antes.

Em nota, a Força Aérea afirmou que, até o momento, não é possível determinar a data dos diálogos registrados na caixa-preta encontrada em Santos, em razão de o equipamento não arquivar esse tipo de informação.

Relógio
Parte do relógio de uma das vítimas da queda da aeronave foi encontrada na tarde desta segunda (18), no local do acidente. O item será encaminhado para investigação, juntamente com outros objetos do avião e pertences de passageiros e tripulação.

O relógio foi recuperado pela equipe da Defesa Civil da Prefeitura de Santos, durante os trabalhos de retirada de entulho no local do desastre aéreo. Mesmo desprotegido, sem vidro e com bastante areia, é possível notar que os ponteiros parados marcam 9h50, hora em que supostamente o avião teria caído.

Trem de pouso e flaps recolhidos
A Aeronáutica informou nesta terça ter constatado que o jato particular em que viajava o ex-governador de Pernambuco estava com o trem de pouso e os flaps recolhidos. O trem de pouso é composto por equipamentos e pneus para permitir a aterrisagem de aeronaves e os flaps são instrumentos na asa que reduzem a velocidade de aviões.

Reportagem publicada nesta terça no jornal “Folha de S.Paulo” revela que a Cessna, fabricante do jato Citation 560 XL, o mesmo modelo em que Campos viajava, alertou para o risco de a aeronave mergulhar abruptamente durante procedimento feito em subidas e arremetidas. O procedimento apontado pela fabricante é o recolhimento dos flaps.

Mapeamento 3D
Após o acidente ter ocorrido, a PF escaneou a área atingida pelo acidente aéreo. As imagens foram registradas com a utilização de um drone, veículo aéreo com câmera não tripulado.

O mapeamento 3D foi feito a partir das primeiras fotos e vídeos que foram colhidos pelos peritos, com o objetivo de realizar uma possível reconstituição do que aconteceu minutos antes da queda do jato particular. Com o material coletado, a expectativa é que a PF consiga entender e até percorrer com o equipamento o trajeto feito pela aeronave.

Marina
Marina Silva já foi escolhida para encabeçar a chapa do PSB e substituirá Campos na corrida presidencial. Seu nome será oficializado nesta quarta (20), pelo partido.

A ex-senadora, que  era vice na chapa de encabeçada por Campos, se filiou ao PSB em outubro de 2013 depois que seu partido, a Rede Sustentabilidade, não conseguiu registro no Tribunal Superior Eleitoral para disputar as eleições deste ano.

Vice
O deputado federal Beto Albuquerque (PSB-RS) confirmou na noite desta terça que será o candidato a vice-presidente da República pelo PSB, na chapa encabeçada pela ex-senadora Marina Silva. O anúncio foi feito em reunião na sede estadual do PSB no Recife.

“Não deixaremos pela metade o projeto que Eduardo começou. Nós iremos concluir esse projeto, vamos vencer a eleição para dar sequência e continuidade ao trabalho revolucionário que serve de base para Marina e para mim. A morte de Eduardo Campos não foi em vão”, afirmou Albuquerque após a reunião.

Datafolha
Pesquisa feita pelo Datafolha para o jornal “Folha de S.Paulo” divulgada na edição de segunda mostra Dilma Rousseff (PT) com 36% das intenções de voto para presidente, seguida de Marina Silva (PSB), com 21%, e Aécio Neves (PSDB), com 20%.

O levantamento foi o primeiro que incluiu um cenário com a ex-senadora Marina Silva no lugar do ex-governador Eduardo Campos como candidata à Presidência pelo PSB.

Os principais adversários de Campos na campanha eleitoral, Dilma e Aécio Neves (PSDB), cancelaram os compromissos de campanha por alguns dias após a tragédia em Santos.

Todos os comitês da presidente Dilma Rousseff suspenderam as atividades após a confirmação da morte. “Estou absolutamente perplexo”, afirmou Aécio Neves no Rio Grande do Norte.

Dilma decretou luto oficial de três dias. “Estivemos juntos, pela última vez, no enterro do nosso querido Ariano Suassuna. Conversamos como amigos. Sempre tivemos claro que nossas eventuais divergências políticas sempre seriam menores que o respeito mútuo característico de nossa convivência”, afirmou a presidente em nota oficial.

Sepultamento
O corpo de Eduardo Campos foi enterrado na noite do domingo (17), no Cemitério de Santo Amaro, no Recife.

O sepultamento foi seguido por uma multidão, que acompanhou o cortejo de cerca de dois quilômetros do Palácio do Campo das Princesas até o cemitério, na área central do Recife.

De acordo com a Polícia Militar (PM), somando velório, cortejo e sepultamento, participaram das cerimônias fúnebres cerca de 160 mil pessoas.

 

G1.com

Julgado no STJD, Petros é suspenso por 180 dias após empurrão em árbitro Julgado no STJD, Petros é suspenso por 180 dias após empurrão em árbitro

O corintiano Petros recebeu, na noite desta segunda-feira, 180 dias de suspensão. A punição, aplicada pela Primeira Comissão Disciplinar do STJD, deu-se por conta da trombada dada pelo jogador no árbitro Raphael Claus, durante o clássico contra o Santos, no dia 10. O departamento jurídico do Timão deve entrar com recurso no Pleno, e a pena ainda pode ser revertida.

Petros se defende em julgamento no STD (Foto: Fred Huber)

O meia foi julgado no artigo 254-a do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, definido como “agressão”. Ele esteve presente no STJD na tarde desta segunda-feira e se defendeu das acusações. O auditor e o presidente divergiram e o placar foi 3 a 2 favorável à punição.

- Não condiz com meu perfil, jamais faria uma agressão a um árbitro. Se isso estivesse no meu pensamento, por ser destro, jamais tentaria proteger com o braço esquerdo e ir com a mão aberta. Afirmo que não o agredi – reafirmou o jogador, durante a sua defesa.

- Era muito simples ir com um chute, com a mão direita, com a mão fechada. Se o Alison não me dá a paulistinha, eu conseguiria seguir em direção ao gol e nem passaria perto do árbitro. Se não colocasse o braço, ia bater de peito ou de rosto com ele – tentou explicar.

Advogado do Timão, João Zanforlin tentou desqualificar a “agressão” e disse que o Tribunal tentava transformar o jogador em um “fascínora”. Além disso, criticou o adendo feito pelo árbitro Raphael Claus, dizendo que a Fifa não aceitava tal situação.

Auditor do STJD, Felipe Belilacqua votou por 180 dias de suspensão. Ele foi acompanhado por Douglas Blaichman (auditor) e Valed Perry (presidente da comissão). Washington Rodrigues Oliveira (auditor) pediu gancho de quatro jogos. Já Vinicius de Sá Vieira (auditor), de um jogo. Resultado final: 3 a 2 para a punição mínima no artigo 254-a, de 180 dias.

RELEMBRE O CASO

No dia 10 de agosto, com o jogo entre Santos e Corinthians ainda em 0 a 0 – acabaria 1 a 0 para o Timão -, Petros deu uma trombada nas costas no árbitro Raphael Claus após o apitador atrapalhar um passe dele a Jadson no campo de ataque corintiano. Na ocasião, o lance prosseguiu, já que o árbitro não teve a dimensão da jogada por estar de costas.

A súmula original no dia seguinte não fazia nenhuma referência ao lance. Horas depois, porém, o árbitro fez um adendo a ela e disse que, vendo pela televisão, percebeu que havia sido atingido de forma intencional. Denunciado pelo STJD, Petros foi incluído no artigo 254-a do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em agressão a membros da arbitragem. A pena prevista era de, no mínimo, 180 dias.

GLOBOESPORTE.COM
Professora é atacada por leão em circo no Peru Professora é atacada por leão em circo no Peru

O estabelecimento descumpria a regulamentação de 2011 que proíbe o uso de animais silvestres nos espetáculos com o objetivo de evitar maus-tratos

Peru – Uma professora que assistia junto com seus alunos a um circo no Peru, na região sulina de Cuzco, foi atacada nesta sexta-feira por um leão, depois de o animal perder o controle quando a mulher entrou em sua jaula. Segundo o Canal “N”, a professora entrou na jaula do animal a pedido de seu domador e foi arrastada pelo leão para o horror do público que estava no circo Monaco, no distrito de San Sebastián.

Ela foi transferida para um hospital da região em um veículo do circo para ser socorrida. O circo descumpria a regulamentação de 2011 que proíbe o uso de animais silvestres nos espetáculos com o objetivo de evitar maus-tratos e de que permaneçam em ambientes reduzidos que não sejam adequados para eles.

Na última quarta-feira a ONG britânica Animal Defenders International (ADI) anunciou à Agência Efe que iniciou uma campanha para promover o resgate de animais de circo no Peru, que depois serão levados para santuários e reservas nacionais.

Para esta campanha, ADI trabalha junto com o Serviço Nacional Florestal e de Fauna Silvestre (Serfor), a Administração Técnica Florestal e de Fauna Silvestre (Atffs) e a polícia, além de contar com doações privadas.

EFE
Em vídeo, pai incentiva menino atacado por tigre a alimentar leão Em vídeo, pai incentiva menino atacado por tigre a alimentar leão

Um novo vídeo que mostra o menino Vrajamany Rocha, de 11 anos, em frente à jaula de um leão, no Zoológico de Cascavel, no oeste do Paraná, foi divulgado nesta sexta-feira (15), pela emissora de televisão local, Catve. No áudio das imagens é possível ouvir o pai, Marcos do Carmo Rocha, incentivar o filho a brinca e até a alimentar o animal.

Nas imagens, Vrajamany toca algumas vezes a pata do leão, em seguida ele tira do bolso ossos e tenta dar na boca do felino. O pai encoraja: “dá, dá, dá filho, dá”. O menino responde que o animal não vai pegar, mas novamente Marcos insiste: “Ele não vai pegar, mas vai se divertir”. As imagens mostram Marcos apoiado na grade de proteção do zoológico, acompanhado pelo filho menor. Também é possível ouvir a voz de uma mulher.

Ao G1, o advogado do pai do garoto, Yvan Gomes Miguel, disse que tomou conhecimento do vídeo, mas que não ficou surpreso. “Não tive surpresa nenhuma com esse vídeo, pelo contrário, bate exatamente com o que o Marcos falou em entrevista ao Fantástico, que viu o filho com o leão, considerou uma situação tranquila e não quis constranger o menino em público, mas que depois pediu para o filho não fazer de novo porque poderia ser perigoso”, comenta.

O advogado também disse que não comentou com Marcos sobre as novas imagens. “Ele ainda está muito abalado. A gente está deixando a poeira baixar para depois definir o caminho que será traçado pela defesa”, disse.

O delegado Denis Zortea Merino, responsável pelas investigações, disse na quinta-feira (14) que vai solicitar os vídeos que foram divulgados pela imprensa. Na quinta-feira Merino também informou que vai pedir a prorrogação para a conclusão do inquérito.

Na próxima semana quatro testemunhas devem prestar depoimento, segundo o Merino. “As testemunhas ainda serão ouvidas e tem a necessidade de perícia nos vídeos que foram divulgados para ver se não tem nenhuma montagem”, explicou.

G1
VÍDEO: Adolescentes torturam jovem de 13 anos e filmam espancamento VÍDEO: Adolescentes torturam jovem de 13 anos e filmam espancamento

Um adolescente de 13 anos foi espancado e torturado por três rapazes de 13, 14 e 15 anos, na cidade de Dourados. A vítima que reside no Parque das Nações I, estudante de uma escola pública, seguia pela rua Nicaragua quando parou junto a um grupo de rapazes que estava em frente a casa de um colega, para pedir um copo d´água.

O trio tomou dele o telefone celular e obrigou que entrasse no quintal, através de um corredor. Enquanto um deles filmava tudo, usando o celular da vítima, os outros começaram o espancamento.

O rapaz foi espancado com socos e pontapés, foi agredido com um pedaço de mangueira. As imagens armazenadas no celular da vítima mostram a sessão de tortura que durou cerca de cinco minutos.

O adolescente chegou a desmaiar. O trio reanimou o rapaz, obrigou ele tirar a camiseta do uniforme escolar e passou a espancar novamente. Eles chegaram a colocar a faca no pescoço do estudante, que ficou marcado.

Enquanto batiam e davam risadas, tudo era filmado. O adolescente espancado chegou em casa machucado e a família acionou a Polícia Militar.

Homens do Getam (Grupo Especializado Tático Motorizado), comandados pelo Sargento Da Silva, apreenderam os três adolescentes. O rapaz mais violento do grupo, que tem 15 anos e morava em Navirai, foi mandado para a casa de uma tia em Dourados porque tinha apresentado problemas naquele município.

Os três negaram tudo, mas diante das imagens foram apreendidos em flagrante.

Dourados Agora
Vídeo mostra momento exato da explosão do avião de Eduardo Campos Vídeo mostra momento exato da explosão do avião de Eduardo Campos

No vídeo é possível ver o momento exato da explosão. No acidente morreram o ex-candidato e sua comitiva do PSB

Santos (SP) – Câmeras de segurança registraram imagens do acidente aéreo que matou o candidato do PSB à Presidência, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Henrique Accioly Campos e mais seis pessoas. No vídeo é possível assistir ao momento exato da explosão.

Vídeo:  Câmera mostra explosão de avião de Eduardo Campos

As buscas no local do acidente onde caiu o avião da comitiva do ex-candidato estão praticamente encerradas, informou o perito criminal nesta quinta-feira. As sete pessoas a bordo morreram no choque. Treze imóveis ao redor continuam interditados e nenhuma família pode retornar para casa.

Recife amanhece falando em ‘atentado’ contra Eduardo Campos

Eduardo Campos, morto no mesmo dia que o avô, o também ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes, já virou lenda no Recife, capital de Pernambuco, cidade onde nasceu e construiu sua vida política. Nas ruas, não se fala em outro assunto. E pouco importa o que dizem os jornais. Para a maioria dos pernambucanos, simpatizantes ou não de Eduardo Campos, a morte não foi acidente, mas atentado.

Ele sabia que corria esse risco. A família sabia. Tanto que nunca viajava no mesmo avião que o primogênito, João. Assim como ele também evitava viajar no mesmo avião que o avô Arraes. Político que pensa no povo não pode durar muito porque os poderosos não deixam”, insinuou Múcio Santana, garçom num restaurante de Boa Viagem, bairro nobre do Recife.

Querido pelos amigos e respeitado pelos adversários, que retiraram a campanha das ruas após o anúncio da morte do ex-governador, Eduardo Campos, para os pernambucanos, fez como o ex-presidente Getúlio Vargas, deixou a vida para entrar para a história.

IG

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares