Postagens com as tags: Amambai voltar para a home

Comitê Municipal do plebiscito popular é criado em Amambai Comitê Municipal do plebiscito popular é criado em Amambai

 

Lideranças sindicais, religiosas, indígenas e educacionais do município de Amambai estiveram reunidas na tarde desta terça-feira (12), na sede do Sindicato Municipal dos Trabalhadores na Educação Básica de Amambai (Simted), para debater a criação do Comitê Municipal do Plebiscito Popular. O comitê vai discutir e programar as ações que visam conscientizar a população sobre a realização do Plebiscito.

Presidente do Simted de Amambai, professora Olga Tobias Mariano, participando da coordenação do movimento (Foto: Moreira Produções)

O Plebiscito Popular permite que milhões de brasileiros expressem a sua vontade política e pressionem os poderes públicos a seguir a vontade da maioria do povo. O Plebiscito está sendo organizado em todo o território nacional.

Na reunião, a presidente do Simted, professora Olga Tobias Mariano, falou sobre a criação do comitê e os procedimentos para a realização da consulta popular junto a sociedade. Olga disse que serão distribuídas urnas nas escolas, nas igrejas e em locais públicos onde a população vai ter a oportunidade de fazer sugestões e votar os temas apontados pela sociedade.

Durante a semana da pátria (de 1 a 7 de setembro) várias manifestações irão acontecer em todo o território nacional pela instalação de uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político Brasileiro. O resultado da consulta será divulgado no dia 8 de setembro.

Membros do comitê

Marta Vilamaior Lima, representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Amambai;

Vânia Marcia Correa Mota, representante da secretaria municipal de Educação (Semed);

Ademir Souza Pereira (Sará), representante dos movimentos sociais;

Zonemi Moraes Flores, CEI Nosso Lar;

Sebastiana Silva e Silvia do Carmo Bernegose, escola indígena Mitã Rory;

Ezenir Oliveira Barbosa e Pastor Lucivaldo, representantes do Copea;

Viviane Ajala, representante da Uems;

Silson Cerejo, representante da Fiama;

Vilma Selhorst, representante da igreja católica.

Estiveram presentes membros da diretoria do Simted; o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos e Funcionários da Prefeitura de Amambai, Dilmar Bervian; presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Amambai, Genésio….; representantes das escolas das redes estadual e municipal; da Universidade Estadual de Mato Grosso Sul (Uems), unidade de Amambai; das igrejas católica e evangélicas e lideranças indígenas e comunitárias do município.

A próxima reunião da comissão vai acontecer na próxima sexta-feira (15), às 14h30, na sede do Simted.

Reforma Política

Identificado pelas entidades civis que organizam o Plebiscito Constituinte como um dos principais males da política nacional, o financiamento empresarial das campanhas eleitorais é um dos grandes problemas do país.

Dados divulgados pelo site Congresso em Foco revelam que a participação de grandes empresas no financiamento de campanhas só tem aumentado ao longo dos anos. Em 2008, as empresas doaram 86% dos recursos totais das campanhas eleitorais do Brasil. Em 2010, esse número chegou a 91%. E em 2012, nas últimas eleições, as empresas foram responsáveis por 95% de todo o dinheiro movimentado nas campanhas.

Ao olharmos o Congresso Nacional, observa-se que os membros fazem parte da minoria brasileira.

• Mais de 70% dos fazendeiros e empresários (da educação, da saúde, indústrias, e etc) sendo que a grande maioria da população é composta de trabalhadores e camponeses.

• 9% são mulheres, sendo que as mulheres são mais da metade da população brasileira.

• 8,5% são negros, sendo que 51% dos brasileiros se auto declaram negros.
• Menos de 3% de jovens, sendo que os jovens (de 16 a 35 anos) representam 40% do eleitorado do Brasil.

A Gazeta News
Homem é ‘fuzilado” em chácara no município de Amambai Homem é ‘fuzilado” em chácara no município de Amambai

Maicon Juliano dos Santos Escobar, de 30 anos, foi assassinado com vários tiros de pistola calibre 9 milímetros no início da noite dessa quinta-feira, 14 de agosto, em Amambai.

A vítima, Maicon Juliano Escobar e as cápsulas encontradas no local do crime. (Fotos: Vilson Nascimento)

Segundo a Polícia Civil local, que trabalha nas investigações do caso, a vítima chegava à Chácara Paraíso, propriedade pertencente a seu pai, situada aos fundos do Parque de Exposições, na Rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Caarapó, de carona em uma caminhonete Toyota Hilux, quando foi surpreendida por dois indivíduos abordo de uma motocicleta cor prata.

Segundo informações repassadas à polícia, a moto teria seguido a caminhonete por cerca de 500 metros da rodovia estadual até a sede da chácara.

A reportagem assinada pelo jornalista Vilson Nascimento revela que quando Maicon teria descido da Hilux, o garupa da motocicleta também teria descido da moto com a arma em punho, retirado o capacete e passado a disparar contra a vítima, que ainda teria tentado correr.

No local a polícia encontrou pelo menos treze capsulas deflagradas de pistola calibre 9mm, mas existe a possibilidade de ter ocorrido mais disparos, já que as informações dão conta que o autor teria chegado a apontar a arma para o condutor da caminhonete, puxado o gatilho, mas a pistola teria falhado, supostamente por falta de munição.

A Polícia Civil de Amambai vai instaurar inquérito para investigar o crime, cuja motivação ainda é desconhecida.

O corpo do rapaz foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã para a realização de exame necroscópico.

Maicon Juliano Teixeira é filho do empresário do ramo de venda de veículos, produtor rural e promotor do LCP (Laço Comprido Profissional) em Amambai, Teixeira Escobar.

Ele trabalhava na empresa do pai, uma revendedora de veículo situada no centro da cidade, em Amambai.

Com informações A Gazeta News
Polícia prende quadrilha que comandava tráfico de drogas na cidade de Amambai Polícia prende quadrilha que comandava tráfico de drogas na cidade de Amambai

A Polícia Civil de Amambai prendeu uma quadrilha composta por cinco integrantes que atuavam no tráfico de drogas naquela cidade, na última quarta-feira (18).

“Xana” fugiu. Presos: Verônica, Geovana, Rodrigo e Jeferson (Foto:Vilson Nascimento/A Gazeta News)

Conforme o boletim de ocorrência, foram presos em flagrante Jeferson Duarte Pazeto de 28 anos, Geovana Neves Ajala, 20, Rodrigo Rodrigues Peralta,19 e Veronica de Oliveira Rodrigues, 27.

Com a quadrilha foram apreendidos dois revólveres calibres 38, três munições intactas, 370 quilos de maconha que estavam no veículo Fiat/Pálio, uma Honda/Biz de cor vermelha, um Fiat/Pálio, uma VW/Saveiro, de cor verde e uma Honda/CBR 600RR, todos segundo a polícia, veículos proveniente do tráfico de drogas.

A Polícia Civil chegou até a quadrilha depois de investigações que constataram que a quadrilha aluguel quitinetes na rua Alfredo Xavier dos Santos, no conjunto Alcindo Franco Machado, para esconder a droga e tratar das negociações ilícitas.

Um menor de 17 anos, também foi apreendido. Ele era contratado pela quadrilha para ser o olheiro, se caso a polícia chegasse perto do local, ele avisava através de um aparelho celular,. Pelo serviço ele ganhava R$ 200 reais por operação.

Geovana, Veronica e Rodrigo foram presos assim que eles saíram do Banco do Brasil, onde havia sacado R$ 900 reais para fugirem, logo após saberem que a polícia tinha estourado o local onde a droga estava escondida. Horas mais tarde foi preso Jeferson, em sua residência. Com ele havia um revólver calibre 38.

O marido de Geovana, Jean Carlo Miiller Hollandini de 31 anos, o “Xana”, acusado de ser o chefe do esquema de tráfico, conseguiu escapar do cerco policial e está foragido, segundo a polícia.

A quadrilha foi presa por posse irregular de arma de fogo, tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, todos estão à disposição da Justiça.

Jornal da Nova
Professora morre atropelada por carreta no centro de Amambai Professora morre atropelada por carreta no centro de Amambai

Um acidente grave ocorrido na quarta-feira (28), entre uma carreta e uma motocicleta, matou a professora Jusselina Martins Rodrigues de 29, na região central de Amambai.

Jusselina Martins Rodrigues morreu no local
Foto Bruno Martins

Segundo informações repassadas por pessoas próximas ao local do acidente, o casal que estava a bordo da motocicleta, Wanderlei Ortiz Miranda de 46 anos e sua esposa, a vítima Jusselina Martins Rodrigues, seguiam pela Avenida Pedro Manvailler, próximo a Cimentão Materiais para Construção, quando teriam iniciado uma ultrapassagem em duas carretas que seguiam pela mesma direção.

Pessoas que presenciaram o acidente relataram que Wanderlei que conduzia a motocicleta, teria perdido o controle no momento em que teria se enroscado em um fio elétrico que estaria caído no canteiro central da avenida.

Nesse momento, o motociclista, que já havia realizado a ultrapassagem na primeira carreta e estaria passando pela segunda, teria perdido o controle, batido na lateral da carreta depois no meio fio do canteiro central e voltado a colidir com a lateral da carreta, momento esse em que sua esposa teria caído de baixo do veículo de cargas.

Moradores tapam buracos e secretário diz que são ‘vândalos’ Moradores tapam buracos e secretário diz que são ‘vândalos’

Na tarde de ontem (23), moradores de Amambai (MS) taparam vários buracos com entulhos, no prolongamento da Rua Rio Branco, único acesso asfaltado ao bairro Pôr do Sol. De acordo com o site da Rádio Nativa, as pessoas que participaram da ação disseram que os buracos causavam danos aos veículos que passavam pelo local.

Moradores taparam os buracos com entulhos Foto: Rádio Nativa Online

O secretário de Serviços Urbanos do município, Vilmar Cubas, se manifestou sobre o caso em seu perfil no Facebook. “Vândalos, retirem o lixo que colocaram, de que adianta esta atitude?”, escreveu. Cubas afirmou ainda que o recapeamento na via será realizado nesta quinta-feira (24).

Veja a publicação do secretário na íntegra:

 

Com informações da Rádio Nativa Online

 

DOF apreende 212 quilos de maconha na MS-289 em Amambai DOF apreende 212 quilos de maconha na MS-289 em Amambai

Uma equipe do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) com sede em Dourados realizou a apreensão na tarde dessa segunda-feira, 21 de abril, na Rodovia MS-289 entre Amambai e Coronel Sapucaia, a fronteira com o Paraguai, de 212 quilos de maconha.

Acusado, Rodolfo Amorim Foto Divulgação

A droga era transportada em fardos no porta-malas do veículo Classic File/Chevrolet cor preta, conduzido por Rodolfo Pagani Amorim de Oliveira, de 19 anos, morador no Bairro São Pedro em Vitória, no estado do Espírito Santo.

De acordo com o DOF, ao ser preso o rapaz teria relatado que havia pegado o veículo com a droga em um posto de combustível em Coronel Sapucaia e receberia R$ 10 mil reais para levar o carro com o entorpecente até seu estado de origem.

Encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai, o rapaz foi autuando em flagrante pelo delegado titular local, Dr. Mikaill Faria pelo crime de tráfico de drogas e conduzido ao EPAM (Estabelecimento Penal de Amambai) onde permanece preso à disposição da Justiça.

Se condenado, Rodolfo Amorim de Oliveira poderá pegar uma pena que varia de 5 a 15 anos de prisão.

A Gazeta News
Encontrada ossada de jovem desaparecido há 4 meses em Amambai Encontrada ossada de jovem desaparecido há 4 meses em Amambai

A Polícia Civil de Amambai instaurou inquérito para apurar a morte de um jovem guarani-kaiowá ocorrida na Aldeia Amambai, a segunda aldeia indígena mais populosa do sul do Estado, em Mato Grosso do Sul.

A Gazetanews

Os restos mortais, supostamente de Jaime Benites, de 21 anos, foi localizado na tarde dessa quinta-feira, 27 de março, por moradores em meio a uma vegetação, no interior da reserva indígena e o reconhecimento foi realizado pela mãe da vítima por meio de um boné encontrado junto à ossada.

Segundo a mulher indígena, seu filho teria saído de casa há cerca de quatro meses e deste então não foi mais visto.

De acordo com a Polícia Civil, durante o curso do inquérito os investigadores vão tentar levantar, inclusive por meio pericial, se o rapaz morreu de morte natural ou foi vítima de assassinato ou suicídio.

A Gazeta News
Policial cai com carro no rio Amambai durante acidente Policial cai com carro no rio Amambai durante acidente

O condutor do veículo que caiu no rio Amambai na noite desse domingo, 16 de março, é um policial militar lotado em Caarapó, mas cujos familiares residem em Amambai.

Local onde o veículo despencou dentro do rio (Foto: Vilson Nascimento)

O acidente aconteceu quando Edinaldo Arruda, que se deslocava no sentido Caarapó a Amambai acabou perdendo o controle do carro, que teria rodado na pista, batido no guard-rail de uma das cabeceiras da ponte e despencado dentro do rio.

Todo no acidente foi presenciado por um casal de Amambai ouvido pela reportagem do A Gazetanews na noite desse domingo.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE), durante o acidente o policial conseguiu sair do veículo, porém apesar das buscas nada foi encontrado no decorrer da noite.

Ele foi localizado às margens do rio no início da manhã dessa segunda-feira, por policiais rodoviários e apresentava vários ferimentos, mas não corre risco de morte, segundo a polícia.

A Gazeta News
Casa abandonada no bairro Amambai vira ponto de uso e tráfico de drogas Casa abandonada no bairro Amambai vira ponto de uso e tráfico de drogas

Uma casa na Rua Alan Kardec próxima do prédio da antiga rodoviária de Campo Grande, no bairro Amambai. se transformou em motivo de preocupação para os vizinhos. O imóvel está abandonado a quase um ano, e segundo os moradores, se transformou em esconderijo de marginais e ponto para uso e tráfico de drogas.

Casa abandonada na rua Alan Kardec vira ponto de drogados e preocupa moradores Foto Sergio Mercado

A casa não tem água e nem luz e o mato toma conta do quintal, mesmo assim o local é bastante frequentado. Segundo os moradores, usuários de drogas entram e saem da casa o tempo todo. A movimentação maior é durante a noite e, para quem passa por aqui, o risco de ser assaltado é grande.

Mato e lixo ajudam na proliferação de insetos Foto Sergio Mercado

Os vizinhos alertam que os usuários ficam de dentro da casa, no escuro e no meio do mato, observando a movimentação. Quando passa alguém na rua, a pé ou de bicicleta, eles investem sobre a pessoa para tomar dinheiro. Entregadores de pizza e sanduíches também são alvo dos frequentadores da casa.

Os moradores já reclamaram, mas o proprietário da casa não apareceu para resolver o problema.

Além de virar ponto de uso de drogas, no local é acumulado lixo que ajuda na proliferação de doenças.

Latinhas usadas no consumo de ‘crack’ estão jogadas por todo lado do terreno Foto Sergio Mercado

Uma moradora próxima ao local, que prefere não se identificar, relata que desde o ano passado, quando a casa ficou abandonada os moradores têm relatado a situação para a prefeitura e Polícia Militar, mas além de batidas policias nenhuma providência foi tomada pelo poder municipal.

“A casa e o terreno estão tomados de lixo. Os ratos tomaram conta, eles saem de fileira lá de dentro. No verão não tem como deixar as janelas abertas, se não entra barata. A gente ligou pra prefeitura, mas eles não fazem nada. Não dá mais para aguentar”, desabafa a moradora.

Casa está abandonada a mais de um ano Foto Sergio Mercado

“Os vizinhos chamam a polícia, mas a polícia fica de mãos atadas, se não há nenhuma irregularidade, não há muito que se possa fazer por que os desocupados fogem de lá. O problema é a fiscalização. A Prefeitura deve usar o Plano Diretor com todo vigor para notificar, multar o proprietário, não deixar que o local vire um antro de drogas”, afirmou a vizinha.

Incêndio consome parte de duas fazendas e lavoura de soja em Amambai Incêndio consome parte de duas fazendas e lavoura de soja em Amambai

Na tarde de ontem (3), aconteceu um incêndio em uma região de lavoura na cidade de Amambai. O fogo começou na Fazenda Cascata e atingiu parte da Fazenda Piquissiri. A provável causa seria um rolamento superaquecido, que teria saltado de uma colheitadeira. Segundo o Corpo de Bombeiros, clima seco, calor e vento fizeram com que o fogo se espalhasse rapidamente.

As chamas consumiram palhada de lavoura, vegetação e parte de uma lavoura de soja, além de formar uma cortina de fumaça na MS-386, rodovia que fica ao lado da fazenda. Para controlar o incêndio, o Corpo de Bombeiros contou com a ajuda de equipes formadas por moradores das propriedades rurais que usaram água, abafadores e extintores.

O Corpo de Bombeiros de Amambai tem passado por dificuldades para combater incêndios dessa natureza. O Auto Bomba Tanque (ABT) da corporação está passando por manutenção e o outro caminhão tem dificuldade de acesso a certas regiões.

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares