Postagens com as tags: Capital voltar para a home

Polícia atira contra assaltantes que tentavam fugir na Capital Polícia atira contra assaltantes que tentavam fugir na Capital

Dois jovens foram presos na madrugada desta quinta-feira (30), na Vila Nhá-Nhá, em Campo Grande, por roubo. Houve perseguição e tiros. Os suspeitos disseram à Polícia Civil que fizeram de quatro a cinco assaltos.

Revólver apreendido com os suspeitos
Foto Nadyenka Castro/G1 MS

Os rapazes, Kaio Almeida da Luz, de 21 e Wellington Barbosa dos Santos, 26 anos, não obedeceram ordem de parada dos policiais militares e aumentaram a velocidade da motocicleta que ocupavam, uma Biz C100, preta, placa HSK-4406, de Campo Grande (MS). Houve perseguição com veículo e a pé e o suspeito mais velho foi atingido por um tiro na panturrilha esquerda. Neste momento, os dois se entregaram.

Com os suspeitos foram encontrados um revólver calibre 38 com quatro munições picotadas, nove aparelhos de celular, dois fones de ouvido, peças de roupas, produtos de higiene pessoal, documentos pessoais, dois capacetes, molho de chaves, carregador de celular, relógio de pulso e R$ 20.

Segundo informações do registro policial, o mais novo era quem anunciava os roubos, com uso do revólver, e o mais velho pilotava a motocicleta, que pertence a ele. Uma das vítimas do roubo, de 19 anos, reconheceu objetos dele e também os suspeitos.

Com informações do G1.
Caminhão atropela criança de quatro anos na Capital Caminhão atropela criança de quatro anos na Capital

Um caminhão basculante atropelou um menino de quatro anos enquanto ele atravessava a rua. O acidente aconteceu na tarde de hoje (28) no cruzamento da rua Naviraí com a avenida Capital, em Campo Grande. A criança ficou gravemente ferida.

A criança foi encaminhada à Santa Casa com suspeita de traumatismo craniano Foto: Marcelo Calazans

De acordo com o motorista do caminhão, Thiago Delfino Gomes, de 27 anos, o menino estava brincando na calçada e correu em direção à via. Ele não notou, nem teve como desviar e o atropelou.

Ainda segundo o motorista, o acidente só não foi mais grave porque ele estava conduzindo o veículo em baixa velocidade.

Segundo o sargento do Corpo de Bombeiros, Eduardo Lopes, o menino teve um corte de média profundidade na cabeça e apresentava quadro de traumatismo craniano leve, mas não há risco de morte. Ele foi encaminhado à Santa Casa onde passará por exames complementares.

Foram mobilizadas duas equipes de resgate para atender a ocorrência. Uma do Corpo de Bombeiros e outra do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Morte de bebê por asfixia é investigada pela polícia da Capital Morte de bebê por asfixia é investigada pela polícia da Capital

A morte de um bebê de três meses ocorrida na madrugada de ontem (26) numa residência do bairro Taveirópolis, em Campo Grande, está sendo investigada pela polícia. De acordo com relato da mãe, de 28 anos, à polícia, ela dormia com a menina na cama e acabou sufocando a filha ao deitar sobre ela.

O delegado Camilo Cavalheiro, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, explicou que a ocorrência foi registrada no plantão anterior ao dele, mas que o procedimento policial inicial foi de ouvir a mãe da criança.

Como ele não se convenceu da real causa da morte, os detalhes devem ser apurados. O delegado registrou a ocorrência e esta será repassada à delegacia da área, para que depois disso o inquérito seja instaurado.

O delegado afirma ainda que se a responsabilidade da mãe ficar demonstrada após a investigação, ela pode ser responsabilizada.

Vereador do PT é detido acusado de boca de urna na Capital Vereador do PT é detido acusado de boca de urna na Capital

O vereador de Campo Grande Airton Araújo (PT) foi detido pela polícia, na tarde deste domingo (26), acusado de boca de urna. O caso aconteceu na Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, no Bairro Universitário, na Capital. Ele foi levado para prestar esclarecimentos na sede da Polícia Federal (PF).

O vereador foi detido e levado para a Delegacia da Polícia Federal Foto: Paulo Ribas/Correio do Estado

O vereador foi denunciado pelo representante da Coligação Novo Tempo, Inácio Cavana. Segundo ele, Airton Araújo conversava com todos os eleitores que chegavam no local. Porém, não foi flagrado com nenhum tipo de material ou registrado indícios de compra de votos.

O advogado do PT afirma que Inácio tentava tumultuar o processo e que fazia campanha para o candidato ao governo Reinaldo Azambuja (PSDB).

De acordo com a Polícia Militar, que levou o vereador até a sede da PF, não houve voz de prisão. “Esse homem, o denunciante, está mentindo, está raivoso”, se defendeu Airton Araújo. Ele afirma que só passou no local para ver se os fiscais do PT precisavam de algo.

Inácio Cavana disse à imprensa que por duas vezes foi acionado por fiscais da Escola José Barbosa Rodrigues, para verificar a denúncia contra o vereador e outras pessoas que o acompanhavam. “Na terceira vez eu resolvi chamar a polícia”, relatou.

O vereador prestou depoimento e foi liberado às 15h.

Aglomeração

Além do vereador Airton Araújo do PT, uma mulher assinou o termo circunstanciado de ocorrência por crime eleitoral, na tarde deste domingo (26), em Campo Grande (MS). Segundo informações, a mulher estaria fazendo aglomeração de pessoas.​

Ela cometeu o ato de desobediência ao negar o pedido de uma promotora de Justiça, para se afastar de um prédio de uma escola.

Correio do Estado
Juiz restabelece prisão preventiva e vereador é transferido para a Capital Juiz restabelece prisão preventiva e vereador é transferido para a Capital

O vereador e advogado Marcus Douglas Miranda, que foi preso durante a “Operação Atenas” desencadeada pela Polícia Federal e o Ministério Público, foi transferido na manhã desta terça-feira para um uma sala especial junto ao Quartel Militar em Campo Grande, após o juiz de Naviraí restabelecer sua prisão preventiva. A informação é do site Ta Na Mídia Naviraí.

Marcus Douglas Miranda (detalhe), foi preso durante a “Operação Atenas” Foto: Portal do MS

De acordo com o site, Marcus Douglas estava em prisão domiciliar deste a noite do último dia (09), quando deixou o Presidio de Naviraí, depois de ter conseguido Habeas Corpus, que foi impetrado pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil), junto ao Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul em Campo Grande, o qual foi concedido pelo desembargado relator Manoel Mendes Carli.

A prisão domiciliar havia sido concedida, pois a OAB afirma que não existe “sala de estado maior”, a qual é destinada ao advogado para que ele fique recolhido. Mesmo em prisão domiciliar, os motivos que levaram a prisão de Marcus Douglas não foram contestados e continuaram válidos.

Na segunda-feira (20), o juiz da Vara Militar de Campo Grande, encaminhou um oficio informando ao juiz da vara criminal de Naviraí, que nas dependências do Quartel Militar da capital, havia uma sala disponível para receber e custodiar Marcus Douglas.

O Tá Na Mídia Naviraí informa também que o juiz então encaminhou o oficio ao Ministério Público de Naviraí, onde após ser analisado pelos promotores de Justiça Letícia Rossana Pereira Ferreira e Paulo da Graça Riquelme de Macedo Junior, foi pedido para que fosse restabelecida a prisão e a transferência de Marcus Douglas para Campo Grande.

Nas alegações dos promotores consta que Marcus Douglas em prisão domiciliar estava com acesso a telefone, internet, podendo assim ter contatos com testemunhas e assim atrapalhar as investigações e coleta de provas.

Na manhã desta terça-feira, Marcus Douglas foi conduzido pela Polícia Federal até o Quartel Militar em Campo Grande, onde ele ficará em uma sala sem grade, com cama, ventilação e sanitário individual. O local em questão é onde ficam custodiados oficias militares de Mato Grosso do Sul, sendo apto a custodiar oficias até Coronel, que no caso é a patente mais elevada das instituições militares estaduais.

Presido de Naviraí

O vereador Carlos Alberto Sanches, o presidente da Câmara Cicero dos Santos, o “Cicinho do PT”, o vereador Adriano José Silvério e mais quatro assessores da Câmara Municipal de Naviraí, também presos na Operação Atenas, continuam presos no Presido de Naviraí. Já a vereadora Solange Olímpia Pereira de Castro Melo e a mulher do presidente da Câmara Municipal, Mainara Santos, que também foram presas na operação, estão em um Presídio feminino.

Todas as pessoas presas durante a operação, são acusadas de extorquir empresários em troca da liberação de alvará, fraudar licitações, receber diárias da Câmara por viagens que nunca aconteceram e contratar funcionários para o Legislativo e obrigá-los a fazer empréstimos consignados e ficar com parte desse dinheiro.

As prisões foram feitas após escutas da Polícia Federal durante as investigações que desencadeou a “Operação Atenas”. As escutas revelam que os vereadores presos zombaram da população usando diversos palavrões, combinaram a contratação em órgãos públicos e ainda dizem que “Quem não rouba, não é lembrado”.

Bisavó morre horas depois de criança de 2 anos ser assassinada	 na Capital Bisavó morre horas depois de criança de 2 anos ser assassinada na Capital

A idosa Irene Maria da Conceição Silva, de 72 anos, passou mal e morreu horas depois da morte da bisneta, Maria Clara Silva Santos, de dois anos. A criança foi baleada ontem à noite (19), durante uma festa na rua Israel, bairro São Jorge da Lagoa, em Campo Grande. Horas depois da confusão, que resultou na morte da menina, Irene teve um mal súbito.

Ela foi socorrida e encaminhada ao Centro Regional de Saúde do bairro Aero Rancho, onde recebeu o atendimento médico necessário, mas não resistiu.

Segundo sua filha, de 42 anos, Irene era hipertensa e fazia tratamento. Não há confirmação, no entanto, de que a bisavó sabia da morte de Maria Clara. O caso foi registrado como morte natural.

Morte de detenta é estopim para rebelião no presídio Irmã Zorzi na Capital Morte de detenta é estopim para rebelião no presídio Irmã Zorzi na Capital

Cerca de 400 internas, conforme a Polícia Militar (PM), se rebelaram por volta das 6h30min desta segunda-feira (20), no presídio Irmã Irma Zorzi, no Bairro Coronel Antonino, em Campo Grande. De acordo com a polícia, o motim teve início por conta da morta da detenta Leda barbosa Loredo, de 38 anos.

Por conta da confusão, três internas passaram mal
(Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado)

Segundo a PM, Leda passou mal neste domingo (19), foi socorrida, levada a uma unidade de saúde e retornou para o presídio horas depois.

Quando as presas acordaram nesta segunda-feira, se depararam com Leda morta e então deram início a rebelião.

As detentas invadiram salas, cozinha, pegaram facas e quebraram objetos. Duas delas tentaram fugir, mas foram recapturadas. Uma das presas foi encontrada já fora da unidade prisional.

Dentre as reivindicações das mulheres estão melhores condições de saúde.

Por conta da confusão, três internas passaram mal, foram socorridas e encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Coronel Antonino.

Três equipes do Batalhão da Polícia Militar de Choque (BPChoque) foram acionadas para controlar a situação. A polícia revistou as presas e depois as colocaram de volta nas celas.

Com Informações Correio do Estado
Morre na Capital, ex-prefeito de Anastácio, Antonio Clementino Morre na Capital, ex-prefeito de Anastácio, Antonio Clementino

Faleceu nesta quinta-feira (16), em Campo Grande, vítima de insuficiência generalizada dos órgãos, o ex-prefeito de Anastácio (distante 135 quilômetros da Capital), Antonio Clementino da Silva, de 85 anos.

Antonio Clementino, que também foi vereador na mesma cidade, deixa seis filhos, sendo três homens e três mulheres e uma filha de criação, além de
13 netos e três bis-netos.

O ex-prefeito, que sofria de mal de Alzheimer, estava internado há cerca de três anos e meio em uma clínica de repouso para idosos, na Capital, onde faleceu por volta das 11 horas desta quinta-feira, segundo informou o genro dele Érico Mendonça.

HISTÓRICO

Antônio Clementino participou ativamente da emancipação da margem esquerda do rio Aquidauana de 1964, cuja vitória se deu no dia 8 de maio de 1965, elegendo-se vereador neste mesmo ano.

Nesse mesmo período, de 65 a 69, foi vice-presidente e presidente da Câmara de Veeradores de Anastácio. Elegeu-se vereador na gestão do prefeito Alarico Medeiros.

Ele foi vice-prefeito no mandato do prefeito Walter Figueiredo e de 1977 a 1983, e elegeu-se prefeito para um mandato de 6 anos. Em seguida, entregou a prefeitura para o prefeito eleito a época, Cláudio Valério.

Para fechar sua vida pública, trabalhou durante dois anos na secretaria de Obras durante a gestão do prefeito Assunção Cabral, totalizando 21 anos de vida pública.

ASSESSORIA ASSOMASUL
Irmã identifica o corpo de homem encontrado boiando em rio da Capital Irmã identifica o corpo de homem encontrado boiando em rio da Capital

Foi identificado como João Caetano Fernandes, de 40 anos, o homem cujo corpo foi encontrado boiando no rio Anhanduí, na avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande.

O corpo foi visto por um motociclista que passava pelo local Foto Arlindo Florentino

O fato aconteceu na manhã de hoje (16). A identificação foi feita por uma irmã da vítima, de 41 anos.

Segundo informações do registro policial, a vítima era dependente de álcool e droga, e trabalhava num Lava Jato localizado na avenida Ernesto Geisel.

De acordo com testemunhas, João saiu do trabalho e foi para um bar na região, onde consumiu bebida alcoólica.

Ele foi encontrado apenas com roupas íntimas, sem os documentos pessoais e aparelho celular. Ainda segundo o perito criminal, há indícios de afogamento.

Corpo é encontrado boiando no córrego Anhanduizinho na Capital Corpo é encontrado boiando no córrego Anhanduizinho na Capital

Um motociclista que passava pelo bairro Guanandi, esta manhã (16), viu um corpo boiando no córrego Anhanduizinho, que corta a avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande, e acionou a polícia.

O corpo foi visto por um motociclista que passava pelo local Foto Arlindo Florentino

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o rapaz passava pelo local e acionou os militares.
O homem é negro, veste uma camiseta vermelha e está de bruços na água.

O local fica em frente ao Parque Anhanduí e os militares estão concentrados no sentido centro-bairro.

Os militares confirmaram o óbito da vítima e aguardam a chegada da perícia para retirar a vítima da água. Ainda não há informações sobre a identificação do cadáver.

Por enquanto, não há congestionamento no local.

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares