Postagens com as tags: acusado voltar para a home

Acusado de matar bebê tem pedido de liberdade negado pela Justiça Acusado de matar bebê tem pedido de liberdade negado pela Justiça

Por unanimidade, os desembargadores componentes da 2ª Câmara Criminal negaram provimento a um Recurso em Sentido Estrito interposto por Davidson Correa dos Santos. acusado por homicídio qualificado, (motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima) e determinou que fosse submetido a julgamento pelo Tribunal do Júri.

Davidson foi preso em flagrante Foto: Divulgação

Conforme a denúncia oferecida à Justiça, o réu é acusado de matar o enteado, um bebê de um ano e nove meses. O crime aconteceu enquanto Davidson cuidava da criança, enquanto a convivente e mãe da vítima saiu para trabalhar. Na ocasião, o acusado começou a ingerir bebida alcoólica e resolveu dar banho no bebê. Ao entrar no box, o homem escorregou e caiu por cima da criança, que acabou se machucando e começou a chorar.

O acusado ficou irado e passou a desferir tapas no rosto e costas da criança e, como se não bastasse, colocou-a de frente para a porta e desferiu um violento chute, de forma que a impulsionou cerca de um metro à frente, fazendo com que batesse contra uma mureta, caindo quase desacordada. O bebê sofreu politraumatismos e parada cardiorrespiratória. Foi reanimado pelos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e morreu ao dar entrada no hospital de Dourados.

Ele alegou que não teve a oportunidade de realizar o laudo de insanidade mental e pediu a exclusão da qualificadora do motivo fútil e a concessão da liberdade provisória.

O relator do processo, desembargador Luiz Gonzaga Mendes Marques, aponta que, a decretação da prisão preventiva do acusado é cabível, pois as circunstâncias do crime, aliadas a outros elementos existentes na situação, são suficientes para indicar a gravidade da conduta praticada e a periculosidade do acusado, com possibilidade de voltar a delinquir, o que demanda a necessidade de que seja mantida a custódia cautelar.

Preso homem acusado de matar a esposa grávida de 6 meses Preso homem acusado de matar a esposa grávida de 6 meses

Rodrigo de Jesus Quintas, de 25 anos, acusado de matar a esposa, Joelma Regiane Calegari, 34, que estava grávida de seis meses, na noite deste domingo (23), em Novo Horizonte do Sul (MS), foi preso na manhã desta segunda-feira (24), no Hospital Regional de Nova Andradina.

Acusado sofreu acidente e foi preso nesta manhã
Foto: Jornal da Nova

Segundo a Polícia Civil de Ivinhema, que investiga o caso, a vítima foi assassinada depois de uma discussão, pois o marido queria que ela fosse morar na fazenda onde ele trabalha. Revoltado, o homem a atingiu com um golpe de faca no rosto.

O pai de Joelma, de 61 anos, tentou intervir, mas acabou caindo no chão. Neste momento, o acusado saiu da casa, conduzindo um Gol em alta velocidade. A mulher saiu para a rua, em busca de socorro, quando o suspeito deu a volta no quarteirão e a atropelou. Joelma chegou a dar entrada no Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos. Os médicos não conseguiram salvar o feto.

Rodrigo caiu da moto Honda Twister que conduzia, por volta das 2h30min, na rodovia MS-134, e foi encaminhado para receber atendimento médico em Nova Andradina, onde acabou identificado e preso.

Com informações do Jornal da Nova
Professor é preso acusado de estupro de vulnerável em Maracaju Professor é preso acusado de estupro de vulnerável em Maracaju

Uma equipe de investigação da Polícia Civil de Maracaju prendeu pot volta das 22 horas desta quinta-feira, dia 20 de novembro, um professor de 50 anos, acusado pelo crime de estupro de vulnerável.

O conselho tutelar encaminhou a vítima, um jovem de 13 anos, que relatou que o professor de Educação Infantil, havia lhe convidado para tomar suco, momento em que começou a acaricia-lo, propondo uma relação sexual e para convencer o adolescente propôs pagar uma peça que estava estragada na bicicleta dele.

O professor levou a vítima até sua cama onde passou a masturbá-la e praticar sexo oral, momento em que foram surpreendidos pelo pai do menor.

A equipe de investigações foi até a residência do professor, onde ele foi preso. Na casa dele a Polícia encontrou diversos materiais pornográficos e vários preservativos.

Durante interrogatório, o professor confessou a prática do estupro e relatou que há cerca de 15 anos mantém relações sexuais com adolescentes, informando ainda ter praticado sexo com pelo menos 30 adolescentes, dos quais pelo menos 10 tinham até 13 anos de idade.

A Polícia Civil de Maracaju continuará as investigações para identificar as demais vítimas do estuprador.

Com informações do site Maracaju Speed
Grupo acusado de fraudar Petrobras financiou PMDB em Alagoas Grupo acusado de fraudar Petrobras financiou PMDB em Alagoas

O diretório do PMDB de Alagoas recebeu recursos financeiros de um grupo empresarial do Pará acusado pelo Ministério Público Federal de fraudar uma licitação da Transpetro, subsidiária da Petrobras, de acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Comitê do presidente do Senado, Renan Calheiros, recebeu R$ 3,4 milhões para campanha em 2010

O diretório do partido foi o principal foi o principal financiador da campanha de Renan Calheiros em 2010, atual presidente do Senado. O repasse foi de R$ 400 mil.

As doações foram feitas para o PMDB em nome de SS Administração e Serviços e Rio Maguari Serviços e Transportes Rodoviários.

Três meses após o grupo empresarial fazer as doações ao diretório alagoano, as empresas desse mesmo grupo venceram uma licitação para a construção de 20 comboios navais que serão utilizados para transportar álcool no interior de São Paulo.

Na época, a Transpetro já era chefiada por Sérgio Machado, que foi indicado por Renan Calheiros para o cargo em 2003.

O executivo deixou o posto na semana passada, após ser citado pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, delator da Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Procuradores de Araçatuba, no interior de São Paulo, apontam desvios de R$ 21,9 milhões no contrato de R$ 432 milhões entre a Transpetro e o grupo.

O processo do Ministério Público também aponta oito indícios de fraude na licitação, que teriam favorecido o consórcio que o grupo fazia parte.

De acordo com a prestação de contas do PMDB alagoano, em 2010 foram arrecadados R$ 4,1 milhões. Desse volume, R$ 3,4 milhões foram repassados ao comitê de Renan (82%).

Outro lado

A SS Administração e Serviços disse que a doação ao PMDB foi feita seguindo os parâmetros legais. “Nas eleições de 2010 fizemos doações a partidos e candidatos a diversos cargos, de regiões diversas e de partidos políticos diferentes”, disse Fábio Vasconcelos, diretor comercial do Estaleiro Rio Maguari, uma empresa que integra o grupo.

O diretor também afirmou que a empresa não mantém qualquer relação com Renan Calheiros e Sérgio Machado.

Já o PMDB de Alagoas afirmou que a maior parte do repasse foi para a campanha de Renan Calheiros em função de o político disputar, na ocasião, um cargo majoritário.

TERRA
Vereador do PT é detido acusado de boca de urna na Capital Vereador do PT é detido acusado de boca de urna na Capital

O vereador de Campo Grande Airton Araújo (PT) foi detido pela polícia, na tarde deste domingo (26), acusado de boca de urna. O caso aconteceu na Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, no Bairro Universitário, na Capital. Ele foi levado para prestar esclarecimentos na sede da Polícia Federal (PF).

O vereador foi detido e levado para a Delegacia da Polícia Federal Foto: Paulo Ribas/Correio do Estado

O vereador foi denunciado pelo representante da Coligação Novo Tempo, Inácio Cavana. Segundo ele, Airton Araújo conversava com todos os eleitores que chegavam no local. Porém, não foi flagrado com nenhum tipo de material ou registrado indícios de compra de votos.

O advogado do PT afirma que Inácio tentava tumultuar o processo e que fazia campanha para o candidato ao governo Reinaldo Azambuja (PSDB).

De acordo com a Polícia Militar, que levou o vereador até a sede da PF, não houve voz de prisão. “Esse homem, o denunciante, está mentindo, está raivoso”, se defendeu Airton Araújo. Ele afirma que só passou no local para ver se os fiscais do PT precisavam de algo.

Inácio Cavana disse à imprensa que por duas vezes foi acionado por fiscais da Escola José Barbosa Rodrigues, para verificar a denúncia contra o vereador e outras pessoas que o acompanhavam. “Na terceira vez eu resolvi chamar a polícia”, relatou.

O vereador prestou depoimento e foi liberado às 15h.

Aglomeração

Além do vereador Airton Araújo do PT, uma mulher assinou o termo circunstanciado de ocorrência por crime eleitoral, na tarde deste domingo (26), em Campo Grande (MS). Segundo informações, a mulher estaria fazendo aglomeração de pessoas.​

Ela cometeu o ato de desobediência ao negar o pedido de uma promotora de Justiça, para se afastar de um prédio de uma escola.

Correio do Estado
Jornal italiano divulga que Robinho é acusado de estuprar brasileira em Milão Jornal italiano divulga que Robinho é acusado de estuprar brasileira em Milão

De acordo com o jornal Corriere della Sera, o Ministério Público da Itália pediu a prisão preventiva de Robinho por ter supostamente forçado relações sexuais com uma brasileira, em janeiro de 2013, na cidade de Milão.

Robinho, em jogo pela Seleção (Foto: Roslan Rahman/ AFP)

O pedido de prisão foi negado pela juíza Alessandra Simon, que ressaltou que o brasileiro não tem nenhum tipo de antecedentes criminais. A magistrada ainda salientou que, por morar fora da Itália, o atacante não atrapalharia nas investigações.

Na matéria, o jornal diz que Robinho estava em um restaurante, acompanhado da esposa e de mais cinco amigos. Lá, teria conhecido a jovem de 18 anos, e, após deixar a mulher em casa, retornou ao local. A brasileira acusa o atacante do Santos de ter liderado um estupro coletivo. Somente seis meses depois, ela procurou as autoridades locais para informar sobre o possível crime.

Vale lembrar que Robinho já enfrentou uma acusação de estupro, em 2009, quando defendia o Manchester City, da Inglaterra. O jogador acabou sendo absolvido pela justiça.

LANCENET!

 

Perfil verdadeiro do acusado de pedofilia é excluído do Facebook e falso permanece Perfil verdadeiro do acusado de pedofilia é excluído do Facebook e falso permanece

Com a prisão do servidor público Jeferson Porto da Silva, de 33 anos, acusado de favorecimento à prostituição de adolescentes, a página da rede social dele passou a receber vários insultos e hoje saiu do ar. Já o perfil falso que segundo a delegada Marina Lemos ele utilizava se passando por mulher para atrair garotos permanece ativa.

Perfil falso utilizado por Jeferson na rede social
Foto: Imagem de Internet

No perfil fake “Jessica Alessandra” a maioria das amizades são homens. No topo da página “Jessica” se intitula como “Poderosa! Bandida! Safada! Gostosa! Atrevida! Essa sou eu!”, postou. Deixou também um número de contato para WhatsApp.

Segundo a delegada, depois de se apresentar como mulher, Jeferson marcava encontro em sua casa. Chegando no local muitos garotos eram surpreendidos e recebiam a proposta em dinheiro de R$ 30 a R$ 50 para o encontro. Havia também encontros com adultos, homens casados.

Ao todo 16 adolescentes – entre 14 e 16 anos – confessaram em depoimento ter mantido relação com Jeferson. Muitos dos garotos estão envergonhados de prestar esclarecimentos e pedem para falar sem a presença dos pais.

Alguns deles compareceram à delegacia sozinhos. Eles temem que os pais fiquem sabendo do envolvimento que tiveram com o acusado. O fator agravante é que Jeferson é soropositivo e muitos relacionamentos eram realizados sem preservativo.

Segundo o programa DST/Aids em Dourados, até 14 anos é necessário encaminhamento médico para realização de exames de detecção de doenças sexualmente transmissíveis. A partir dessa idade o menor pode comparecer ao local para realizar os procedimentos, sem a presença dos pais.

Dourados Agora
Servidor acusado de aliciar menores usava falso exame  para esconder HIV Servidor acusado de aliciar menores usava falso exame para esconder HIV

O servidor municipal Jeferson Porto da Silva, 33 anos, preso neste domingo (19), acusado de aliciar e incentivar menores a se prostituírem, em Dourados (MS), usava um falso exame clínico para esconder que é portador de HIV. O proprietário do Centro de Análises Clínicas de Dourados, José Prado Mansur, que prestou depoimento em apoio às investigações, disse que o documento apresentado tinha o timbre da clínica e a assinatura de um profissional, mas era totalmente inverídico.

Servidor foi preso neste domingo, em Dourados
(Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

“É um exame com a data de 2013 e a assinatura de uma profissional que deixou de prestar serviço para nós em 2010. O documento inteiro é adulterado. No ponto em que se refere ao resultado do teste de HIV, por exemplo, está lá escrito negativo, sendo que o termo utilizado é reagente ou não reagente. Ele mesmo confessou em depoimento que falsificou”, disse Mansur em entrevista ao site Dourados News.

De acordo com as investigações, o servidor teria apresentado o falso exame de HIV a alguns menores como justificativa para não usar preservativo. No entanto, ainda segundo a polícia, poucas foram as vítimas que se preocuparam com o uso da camisinha, independente da apresentação do documento.

Caso

Conforme apurado pela polícia, o homem aliciava meninos menores de idade por meio de redes sociais, utilizando perfis falsos, se passando por mulher. Depois, marcava encontros e quando as vítimas iam até ele e percebiam a situação, ele os convencia a manter relações sexuais mediante pagamento, que tinha valor médio de R$ 30.

As investigações continuam e não está descartada a participação de mais pessoas no caso, além de um número que pode ultrapassar mais de 100 vítimas. Doze já foram identificadas pela polícia, que está convocando menores que tenham se envolvido com o servidor para ajudar no esclarecimento do caso.

Com informações do Dourados News
Pedófilo soropositivo é preso acusado de molestar adolescentes em Dourados Pedófilo soropositivo é preso acusado de molestar adolescentes em Dourados

Jeferson Porto da Silva, de 33 anos, servidor público municipal, morador no Jardim Água Boa, em Dourados, foi preso na manhã deste domingo acusado de favorecimento à prostituição. Em seu computador e na casa, a polícia encontrou mais de quatro mil imagens dele com vários garotos, todos menores, que aparecem nus e se masturbando.

Nas últimas semanas Jeferson teria mantido relações com pelo menos 50 adolescentes Foto: Cido Costa

A polícia chegou até o acusado após a mãe de um rapaz de 15 anos procurar a delegacia denunciando ‘conversa comprometedora’ do filho com Jeferson em rede social. Ao analisar o diálogo, a delegada Marina Lemos representou na justiça pedido de busca e apreensão na casa do acusado.

O pedido foi protocolado dia 18 e no dia 24 de setembro os policiais recolheram o computador de Jeferson. A delegada, em investigação, encontrou imagens de nudez de Jeferson com vários garotos. Ela pediu prisão preventiva dele, sendo concedida pelo juiz César de Souza Lima, da 2º vara Criminal de Dourados.

Segundo a delegada, 12 adolescentes já foram ouvidos até o momento e três deles informaram que durante o ato sexual com o acusado não utilizaram preservativo. O fator preocupante, segundo Marina Lemos, é que Jeferson é soropositivo.

Nas últimas semanas, ainda de acordo com a delegada, Jeferson teria mantido relações com pelo menos 50 adolescentes e antes de qualquer envolvimento ele mostrava um atestado falso dizendo que não tinha nenhum tipo de doença sexualmente transmissível (DST).

Para atrair os adolescentes pela internet, Jeferson ainda dizia que convivia com garotas de programa, mas somente ele recebia as ‘vítimas’. Ele criava perfil falso na rede social, se passando por mulher e marcada encontro com os jovens em sua casa. Quando os adolescentes chegavam Jeferson oferecia dinheiro para manter relações.

Jeferson está detido na delegacia do 1º DP de Dourados. A delegada continua investigando o caso e nos próximos dias deve ouvir outros adolescentes que mantiveram relações com o acusado. Ela quer saber se havia o envolvimento de menores de 14 anos no caso.

Dourados Agora
Acusado de estuprar mulher na Avenida Coronel Antonino é preso Acusado de estuprar mulher na Avenida Coronel Antonino é preso

Equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) apresentou nesta terça-feira (14), o acusado de ter estuprado uma mulher, de 34 anos, na Avenida Coronel Antonino, em Campo Grande (MS). Jeferson Teixeira de Souza, de 23 anos, foi preso ontem (13), na residência dele, no Bairro Monte Castelo.

Jeferson Teixeira de Souza, de 23 anos, foi preso no Bairro Monte Castelo
(Foto: Gerson Oliveira/Correio do Estado)

Segundo a polícia, a vítima estava em um ponto de ônibus, próximo a um posto de combustíveis, quando foi abordada por Jeferson.

De acordo com a titular da Deam, Rosely Molina, no momento da abordagem, o rapaz estava em uma motocicleta, de capacete e fingia estar armado. A vítima foi levada para um local próximo e foi obrigada a fazer sexo oral.

De acordo com informações da polícia, a vítima teria anotado parte da placa da motocicleta do criminoso e após investigação, policiais prenderam o autor.

Segundo a delegada, havia material genético na roupa da vítima, que foi encaminhado para exames.

Durante a apresentação na Deam, Jeferson, que trabalha como porteiro, confessou o abuso sexual.

Segundo a delegada, o jovem é suspeito de outro estupro, denunciado em agosto deste ano.

Foram apreendidos a motocicleta, o capacete e as vestimentas do rapaz. A polícia aguarda os laudos.

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares