Postagens com as tags: acusado voltar para a home

‘Estou sofrendo’, diz homem acusado de matar mãe e bebês gêmeos em SP ‘Estou sofrendo’, diz homem acusado de matar mãe e bebês gêmeos em SP

Matusalém Ferreira Júnior, suspeito de matar jovem
e bebês gêmeos (Foto: Valdinei Malaguti/EPTV)

O empresário Matusalém Ferreira Júnior, de 48 anos, principal suspeito dos homicídios de uma jovem de 22 anos e de dois bebês gêmeos, de 2 meses, afirmou na noite de terça-feira (17) que sofre com a morte das vítimas. O homem, que se entregou à Polícia Civil em Uberaba (MG) no início da tarde, negou a autoria do crime e atribuiu o triplo homicídio a um comparsa de 37 anos, que está foragido. “Não fui eu fazer (sic). O cara desequilibrou e eu estou perplexo com isso. Estou sofrendo com isso também”, disse o empresário, após sair da delegacia de Aramina (SP).

A jovem Izabella Gianvechio e os bebês desapareceram na última quinta-feira (12), em Uberaba. Segundo a Polícia Civil, a mãe e as crianças foram vistas pela última vez sendo levadas de carro por Ferreira Júnior, que até então não teria assumido a paternidade dos bebês. O corpo de Izabella foi encontrado no mesmo dia em Aramina (SP). Já os gêmeos foram localizados na tarde de terça-feira (17) em Buritizal (SP). Os corpos dos bebês foram enterrados na manhã desta quarta-feira (18) em Uberaba.

O advogado Odilon dos Santos, que acompanhou a apresentação de Ferreira Júnior à Polícia Civil, informou que vai deixar o caso. A família do suspeito já foi informada. De acordo com o defensor, a decisão foi motivada após descobrir que os bebês estavam mortos.

O empresário se apresentou na delegacia de Uberaba na tarde de terça-feira, depois que o carro que teria sido no crime foi localizado na zona rural de Pedregulho (SP). O veículo estava completamente queimado. Depois de prestar depoimento e negar o homicídio, o suspeito levou os investigadores a uma estrada de terra em Buritizal, onde os gêmeos, que até então estavam desaparecidos, foram encontrados mortos. No local, também foi apreendido um revólver com cinco projéteis usados – a arma provavelmente utilizada no crime, segundo a polícia.

Ferreira Júnior, que já estava com a prisão temporária decretada pela Justiça, foi levado à delegacia de Aramina, e posteriormente encaminhado à Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira, em Uberaba. O outro suspeito, apontado pelo empresário como autor dos homicídios, já foi identificado, mas permanece foragido.

Crianças foram encontradas mortas após
desaparecerem (Foto: Reprodução EPTV)

O caso

Izabella, mãe dos gêmeos, foi a primeira a ser encontrada morta com um ferimento na cabeça às margens da Rodovia José Schavotelo, em Aramina, na noite da última quinta-feira. Ela chegou a ser enterrada sem que fosse reconhecida, mas uma equipe de investigação em Uberaba, ao saber da localização do corpo, solicitou fotos da vítima.

Em seguida, o pai reconheceu a filha e informou tê-la visto pela última vez em um carro com um homem que não teria assumido a paternidade dos bebês.

Em uma gravação obtida pela polícia e divulgada nesta semana, Izabella afirma por telefone a uma amiga que iria encontrar o homem de 48 anos, que ainda não tinha reconhecido a paternidade dos gêmeos.

Izabella chega a contar que o homem pediu para ela levar os bebês Ana Flavia e Lucas, de 2 meses. Segundo a jovem, o suposto pai disse que ninguém poderia saber do encontro. No entanto, ela pediu para um parente, que é taxista, levá-la até o local combinado. Após deixá-la, o taxista disse que seguiu o carro do suspeito, mas perdeu o veículo de vista.

Izabella Gianvechio estava desaparecida em
Uberaba (Foto: Reprodução/Facebook)

A polícia também divulgou imagens de um vídeo feito por uma câmera de segurança. As imagens mostram o momento em que o carro do suspeito, onde já estavam Izabella e os bebês, parou próximo ao Parque Fernando Costa. O suposto comparsa de Ferreira Júnior, que agora é considerado foragido, aguardava o veículo e carregava uma bolsa quando entrou.

Segundo o delegado regional da Polícia Civil em Uberaba, Francisco Gouveia, os bebês foram mortos pouco depois de a mãe ter sido assassinada e deixada perto de Aramina. “Um [suspeito] ficou no carro e o outro desceu com os gêmeos, entrou no mato e atirou nas crianças, segundo a versão do suposto pai das crianças”, afirmou..

O inquérito está sendo feito em Uberaba e, conforme os delegados, os suspeitos serão indiciados por sequestro, triplo homicídio qualificado e ocultação de cadáveres. Já a Justiça, assim que receber o inquérito vai decidir de quem será a competência do caso, se será da Delegacia de Uberaba ou do estado de São Paulo.

G1
Trio acusado de matar homem que guardava dinheiro em casa é preso Trio acusado de matar homem que guardava dinheiro em casa é preso

Elvis Henrique Santana, de 24 anos, Renato Pereira da Silva, de 20 anos, e Lucas Mateus da Rocha Oliveira, de 20 anos, foram presos pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (11), acusados de roubar e matar Francisco Benício Tavares, 52 anos, conhecido como “Chico Leiteiro”.

Os três são acusados da morte de Francisco Benício Tavares Foto: Divulgação/SIG/PC

A vítima morava em uma propriedade rural, em Anaurilândia. Segundo amigos, Francisco guardava em casa todo o dinheiro que ganhava. Ele foi encontrado morto dentro de sua casa, na última segunda-feira (09).

Policiais receberam a informação de que no começo da madrugada de terça (10), testemunhas viram três rapazes em atitude suspeita e de bicicleta na entrada da fazenda de Francisco.

A polícia localizou dois dos suspeitos e, no momento da abordagem, cada um pilotava uma motocicleta. Em poder dos jovens, foi encontrada uma arma de fogo calibre .32, que estava desmontada em uma sacola.

Ambos foram conduzidos até a Delegacia de Anaurilândia e, minutos depois, o terceiro suspeito também foi encontrado e detido.

Os três teriam confessado o crime e, com eles, os policiais encontraram uma faca.

Elvis, Renato e Lucas foram autuados em flagrante pelos crimes de latrocínio, associação criminosa armada e porte ilegal de arma de fogo.

Com Informações Correio do Estado
Ex-ator de ‘Power Rangers’ é acusado de assassinato Ex-ator de ‘Power Rangers’ é acusado de assassinato

Ricardo Medina Jr., que interpretou o Power Ranger vermelho na série de TV “Power Rangers”, foi preso no sábado (31) nos Estados Unidos, acusado de matar com um golpe de espada um amigo com quem dividia o apartamento onde mora.

Ricardo Medina Jr. como Cole Evans em ‘Power Rangers Wild Force’ Foto: Divulgação

Segundo a polícia de Palmdale, na Califórnia, Medina estava acompanhado de sua namorada quando começou a discutir com Joshua Sutter, por motivos não divulgados. Irritado, o ator teria se fechado em seu quarto com a namorada.

Sutter, no entanto, teria entrado à força no quarto e a briga continuou. Foi então que, de acordo com o site TMZ, que cita fontes policiais, Medina atingiu o amigo com um único golpe de espada no abdome.

O próprio ator chamou a polícia logo em seguida e esperou no local até a chegada dos policiais. Sutter foi levado a um hospital, mas não resistiu ao ferimento.

Segundo o TMZ, Medina permanece detido, com fiança estipulada em US$ 1 milhão.

De origem porto-riquenha, Ricardo Medina Jr. tem 37 anos e se tornou conhecido ao interpretar Cole Evans, o Power Rangers vermelho, na série “Power Rangers Wild Force”, de 2002. Dez anos depois, ele fez o papel de Deker em “Power Rangers Samurai”.

O ator também fez pontas nas séries “Plantão Médico” e “CSI: Miami” e, em 2005, participou do reality show “Kept”, no qual a modelo Jerry Hall, ex-mulher de Mick Jagger, iria escolher um namorado.

G1
Acusado se apresenta e diz que matou tio após ameaças Acusado se apresenta e diz que matou tio após ameaças

Apresentou-se na manhã desta quarta-feira (28), no 2º Distrito Policial de Dourados, Ivan Caetano de Alencar, 29, acusado de matar o tio, Osvaldo Gois de Alencar, 39, no dia 24 de janeiro na Vila São Francisco.

Acusado de matar o tio se apresentou no 2º Distrito Policial onde prestou depoimento – Foto: Adriano Moretto

Ivan estava acompanhado de duas advogadas, e apresentou a arma utilizada no crime um revolver da marca Taurus calibre 38, que segundo ele, era da vítima.

De acordo com o depoimento do autor, o crime aconteceu após uma discussão entre os dois na casa da vítima e momentos depois Osvaldo sacou arma dizendo que iria matá-lo. Ivan contou que tomou o revolver das mãos do tio e efetuou os disparos na intenção de assustar e que não tinha intenção de matar.

Após o crime, Alencar ainda teria avisado a filha da vítima sobre o ocorrido e fugiu do local levando a arma.

Questionado sobre os motivos pelo qual havia sido ameaçado de morte anteriormente pelo tio, o autor diz desconhecer, e alegou que a vítima bebia com frequência e fazia uso de crack. Ele relatou ainda durante depoimento, que anos atrás o tio já havia esfaqueado a esposa e agredido o pai e os filhos.

A delegada responsável pelo caso Andréia Alves Pereira ouviu o acusado e como se apresentou espontaneamente, foi instaurado inquérito e o autor irá responder em liberdade pelo crime.

Com Informações Dourados News

Acusado de cometer necrofilia é executado em frente à sua residência Acusado de cometer necrofilia é executado em frente à sua residência

Odair Juvino Batista, de 40 anos, mais conhecido como “Pantera”, foi encontrado morto na madrugada deste domingo (25), em frente sua residência, localizada na rua Hortência, no bairro Vila Bela, em Coxim. A suspeita é de homicídio doloso.

Foto: Angela Bezerra

O corpo de “Pantera” foi encontrado caído de bruços, ao lado de sua bicicleta, com perfurações na cabeça, supostamente causadas por pauladas e golpes de um objeto cortante.

Segundo o perito criminal Wanderley Serrou Camy, a vítima apresentava marcas de pauladas nas costas, no pescoço e nas mãos, além de pelo menos três cortes profundos na cabeça e um na orelha.

De acordo com o perito, os exames preliminares apontam que a vítima teria sido derrubada da bicicleta e que pode ter sido golpeada e morta depois que caiu no chão. Aparentemente a causa da morte foi TCE (Traumatismo Craniano Encefálico) causado por objeto cortante.

Desesperada ao ver o filho morto caído em frente de casa, a idosa Cecília Alves Batista, de 76 anos, contou que já temia que o pior acontecesse, pois ele tinha o costume de levantar muito cedo e sair de casa ainda de madrugada. A mãe também conta que ele vivia se metendo em confusões.

Cecília disse que “Pantera” voltou para casa por volta da meia-noite e foi dormir. Segundo ela, entre 3 e 4 horas da madrugada ele se levantou e saiu de casa, momento em que a idosa ouviu alguém dizer “corre Pantera”, mas como estava sonolenta ela voltou a dormir.

O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Coxim. Além da perícia, a Polícia Militar, o Grupamento de Trânsito, investigadores da Polícia Civil e a delegada Sandra Regina Simão de Brito, estiveram no local.

Necrofilia

Em maio de 2003, “Pantera” chegou a ser preso por suspeita de praticar necrofilia, ou seja, violência sexual com cadáver. O caso ganhou repercussão nacional.

Na época, o corpo de M.J., de 45 anos, foi sepultado pela manhã no Cemitério da Vila Bela, desenterrado durante madrugada e encontrado com sinais de violência sexual.

“Pantera” foi preso e em depoimento a Polícia Civil confessou que manteve relações sexuais com o corpo. Ele disse que, como estava bêbado, não conseguiu colocar o corpo de volta no caixão.

Ele respondia pelo crime de vilipêndio a cadáver na Vara Criminal de Coxim, assim como por duas ameaças, também na mesma Vara.

Com Informações Edição de Notícias

Acusado de vários roubos, “Blindado” é morto em confronto com a PM Acusado de vários roubos, “Blindado” é morto em confronto com a PM

Por volta das 11 horas da manhã desta quinta-feira (22) a Policia Militar recebeu a informação que um indivíduo perigoso, Vanio Salles Lopes, de 41 anos, conhecido com “Blindado”, acusado de cometer vários crimes na região, incluindo assaltos a caixas eletrônicos, lotérica e concessionária de veículos, estaria com armamento pesado, nas proximidades do Sindicato Rural de Corumbá, na BR-262. A PM fez cerco, com equipes se deslocando pela BR e pela estrada conhecida como Bocaina.

“Blindado” foi morto após tentar fugir e atirar contra os policiais Foto: Ricardo Albertoni Diário Corumbaense

Enquanto uma equipe fazia buscas em casas abandonadas, encontrando inclusive um revólver calibre 32, outra equipe surpreendeu “Blindado” e um comparsa em um sítio. O comparsa, identificado como Chalega, se entregou, mas “Blindado” fugiu de posse de uma arma calibre 42.

Quando avistou a outra equipe da PM que fechava o cerco pelos fundos, abriu fogo contra os policiais, que revidaram. Baleado, “Blindado” morreu no local. Ele era evadido do Centro Penal Agoindustrial da Gameleira, em Campo Grande, desde setembro de 2013.

A Polícia Militar continua fazendo buscas naquela região na tentativa de encontrar outros integrantes da quadrilha e armamento. Já foram apreendidos a arma usada por “Blindado” uma pistola .45, uma pistola 9 milímetros, uma carabina calibre 32, uma luneta e o cano de uma carabina.

Com Informações diarionline
Acusado de tráfico tratava de ”negócios” pelo WatsApp com o irmão preso Acusado de tráfico tratava de ”negócios” pelo WatsApp com o irmão preso

A Polícia Militar por meio da Força Tática de Nova Andradina, prendeu um jovem suspeito de tráfico de drogas na noite desta quinta-feira (15), no bairro Ulisses Pinheiro em Nova Andradina. Ele estaria em um bar com um carro quando foi abordado.

Veículo utilizado pelo acusado de tráfico foi apreendido Foto: Jornal da Nova

A equipe da Força Tática tinha informações que Rafael Chagas Freitas de 23 anos, proprietário de um VW/Golf, com placas NDC-1747 estaria comercializando entorpecentes e que guardaria dentro do veículo.

Durante patrulhamento de rotina, os policiais ao passarem por um bar, na rua Luiz Antônio da Silva, viram o veículo parado e resolveram abordá-lo. Durante a vistoria no carro, os policiais perceberam o nervosismo do suspeito. Na carteira do jovem, foi encontrado uma porção de cocaína, R$ 150 e vários comprovantes de depósito de cheques em sua conta em uma agência bancária em Nova Andradina. Para os policiais o jovem disse que troca em espécie para seus amigos.

Encaminhado à Delegacia de Polícia, durante a confecção do boletim de ocorrência, em checagem ao celular de Rafael, foi encontrado várias conversas em seu WhatsApp nas quais se constata que por várias vezes, o assunto é a aquisição de entorpecente, seu acondicionamento e a cautela para não serem descobertos. Segundo a polícia, há várias conversas com seu irmão, identificado pela alcunha de “Singuelo”, traficante conhecido nos meios policiais e que se encontra atualmente preso na penitenciária de segurança máxima de Campo Grande.

O jovem foi autuado em flagrante pela autoridade policial por tráfico de drogas, veículo, droga e dinheiro também foram apreendidos. “A renda do jovem é incompatível com o que ele ostenta”, diz o delegado.

Jornal da Nova
Pai do jogador Felipe Anderson é preso acusado de duplo homicídio Pai do jogador Felipe Anderson é preso acusado de duplo homicídio

O Pai do brasileiro Felipe Anderson, destaque da Lazio nas últimas rodadas do Campeonato Italiano, foi preso nesta semana acusado de homicídio culposo e doloso após a morte de duas pessoas no Distrito Federal.

Notícia vem durante a melhor fase da carreira de meia Foto: Tiziana Fabi / AFP

Segundo o site Eurosport, Sebastião Tomé Gomes, 51 anos, teria matado Bruno Santos Silva após persegui-lo com seu carro da marca Fiat. Sebastião atingiu Bruno, que fugia de moto e teria um caso com a mesma mulher do pai do meia brasileiro.

Ambos perderam o controle dos seus veículos e bateram na parede de uma casa, onde morava Noêmia Caldeira Gomes. A proprietária da residência foi atingida no acidente e não sobreviveu a ele.

O suposto responsável pelo acidente se entregou à polícia. A notícia vem no melhor momento da carreira de Felipe Anderson, que passa por uma fase de artilheiro e garçom pela Lazio, que ocupa a terceira posição na classificação do Campeonato Italiano, com 31 pontos.

Contatada pelo Terra, a assessoria de imprensa do jogador não foi encontrada pelo telefone.

TERRA
Homem é acusado de assediar menina de 12 anos pelo WhatsApp na Capital Homem é acusado de assediar menina de 12 anos pelo WhatsApp na Capital

Natan Augusto Marques de 22 anos foi detido na manhã desta sexta-feira (9), na DEPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), acusado de aliciar no aplicativo WhatsApp uma menina de 12 anos.

Os pais dela procuraram a DEPCA, para denunciar assédio sofrido. Segundo a polícia, ele viu a garota em um grupo no aplicativo e a adicionou. De acordo com a menor, o acusado ameaçou matá-la e fazer o mesmo com sua família, caso não enviasse imagens em que estivesse nua.

Natan Marques, acusado de aliciar menor de 12 anos, já tem passagens pelo mesmo crime. Foto:Divulgação

Com medo, a adolescente mandou duas fotos íntimas, da cintura para baixo. Depois, conforme a menina, o rapaz ameaçou divulgar as fotos, se ela não se encontrasse com ele para manter relações sexuais. Em uma ocasião, Natan chegou a ir até a casa da família da menor, mas ela não abriu a porta para ele.

Ela não soube explicar como Natan conseguiu seu número de celular. De acordo com a versão da menina, o jovem dizia ter 16 anos e durante três meses pedia para ela enviar fotos nuas.

Natan também teria adicionado cinco amigas dela no Facebook. Ele tem passagem na polícia pelo mesmo tipo de crime, em 2013.

O jovem foi capturado, prestou depoimento nesta manhã e acabou sendo liberado. Ele teve o celular apreendido, mas disse que apagou as imagens. O aparelho será encaminhado para a perícia.

Acusado de matar homem em lanchonete se apresenta e diz que foi ameaçado Acusado de matar homem em lanchonete se apresenta e diz que foi ameaçado

O acusado de ser o autor do homicídio ocorrido no dia 7 deste mês em uma lanchonete localizada na avenida Marcelino Pires, no Centro de Dourados, se apresentou hoje pela manhã à Polícia Civil.

Robson Benites dos Santos, 21, confessou ter atirado e matado André dos Santos Martins, 27, que morreu atingido por três tiros. El estava sentado na lanchonete, que fica no cruzamento da Marcelino com a rua Albino Torraca, na companhia de uma mulher de 37 anos.

Homem de 27 anos morreu atingido por três tiros de revólver calibre 38 Foto:Arquivo/Osvaldo Duarte

Os dois esperavam por um lanche quando foram surpreendidos por Robson que chegou atirando e matou Martins. Ele disse em depoimento que o motivo do crime foi ameaça e não ciúmes da mulher. A relação entre ela e o acusado não ficou esclarecida.

No depoimento, o rapaz disse que menos 20 dias antes do ocorrido a vítima teria tentado matá-lo em um atentado onde ele acabou sendo ferido com um tiro. Depois do episódio, ele disse que passou a andar armado e que quando viu Martins na lanchonete se sentiu ameaçado. O jovem definiu a decisão sobre matar Martins da seguinte forma: “resolvi matar, antes que ele me matasse”.

A arma utilizada no crime foi um revólver calibre 38, que Robson disse ter se ‘livrado’ em um local que não se lembra. A polícia faz diligências para tentar localizar a arma na região onde ele disse ter jogado o objeto. Após prestar depoimento, Robson foi liberado, por não ter sido autuado em flagrante. No entanto, ele vai responder por crime de homicídio.

Com Informações Dourados News

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares