Postagens com as tags: acusado voltar para a home

Vereador do PT é detido acusado de boca de urna na Capital Vereador do PT é detido acusado de boca de urna na Capital

O vereador de Campo Grande Airton Araújo (PT) foi detido pela polícia, na tarde deste domingo (26), acusado de boca de urna. O caso aconteceu na Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, no Bairro Universitário, na Capital. Ele foi levado para prestar esclarecimentos na sede da Polícia Federal (PF).

O vereador foi detido e levado para a Delegacia da Polícia Federal Foto: Paulo Ribas/Correio do Estado

O vereador foi denunciado pelo representante da Coligação Novo Tempo, Inácio Cavana. Segundo ele, Airton Araújo conversava com todos os eleitores que chegavam no local. Porém, não foi flagrado com nenhum tipo de material ou registrado indícios de compra de votos.

O advogado do PT afirma que Inácio tentava tumultuar o processo e que fazia campanha para o candidato ao governo Reinaldo Azambuja (PSDB).

De acordo com a Polícia Militar, que levou o vereador até a sede da PF, não houve voz de prisão. “Esse homem, o denunciante, está mentindo, está raivoso”, se defendeu Airton Araújo. Ele afirma que só passou no local para ver se os fiscais do PT precisavam de algo.

Inácio Cavana disse à imprensa que por duas vezes foi acionado por fiscais da Escola José Barbosa Rodrigues, para verificar a denúncia contra o vereador e outras pessoas que o acompanhavam. “Na terceira vez eu resolvi chamar a polícia”, relatou.

O vereador prestou depoimento e foi liberado às 15h.

Aglomeração

Além do vereador Airton Araújo do PT, uma mulher assinou o termo circunstanciado de ocorrência por crime eleitoral, na tarde deste domingo (26), em Campo Grande (MS). Segundo informações, a mulher estaria fazendo aglomeração de pessoas.​

Ela cometeu o ato de desobediência ao negar o pedido de uma promotora de Justiça, para se afastar de um prédio de uma escola.

Correio do Estado
Jornal italiano divulga que Robinho é acusado de estuprar brasileira em Milão Jornal italiano divulga que Robinho é acusado de estuprar brasileira em Milão

De acordo com o jornal Corriere della Sera, o Ministério Público da Itália pediu a prisão preventiva de Robinho por ter supostamente forçado relações sexuais com uma brasileira, em janeiro de 2013, na cidade de Milão.

Robinho, em jogo pela Seleção (Foto: Roslan Rahman/ AFP)

O pedido de prisão foi negado pela juíza Alessandra Simon, que ressaltou que o brasileiro não tem nenhum tipo de antecedentes criminais. A magistrada ainda salientou que, por morar fora da Itália, o atacante não atrapalharia nas investigações.

Na matéria, o jornal diz que Robinho estava em um restaurante, acompanhado da esposa e de mais cinco amigos. Lá, teria conhecido a jovem de 18 anos, e, após deixar a mulher em casa, retornou ao local. A brasileira acusa o atacante do Santos de ter liderado um estupro coletivo. Somente seis meses depois, ela procurou as autoridades locais para informar sobre o possível crime.

Vale lembrar que Robinho já enfrentou uma acusação de estupro, em 2009, quando defendia o Manchester City, da Inglaterra. O jogador acabou sendo absolvido pela justiça.

LANCENET!

 

Perfil verdadeiro do acusado de pedofilia é excluído do Facebook e falso permanece Perfil verdadeiro do acusado de pedofilia é excluído do Facebook e falso permanece

Com a prisão do servidor público Jeferson Porto da Silva, de 33 anos, acusado de favorecimento à prostituição de adolescentes, a página da rede social dele passou a receber vários insultos e hoje saiu do ar. Já o perfil falso que segundo a delegada Marina Lemos ele utilizava se passando por mulher para atrair garotos permanece ativa.

Perfil falso utilizado por Jeferson na rede social
Foto: Imagem de Internet

No perfil fake “Jessica Alessandra” a maioria das amizades são homens. No topo da página “Jessica” se intitula como “Poderosa! Bandida! Safada! Gostosa! Atrevida! Essa sou eu!”, postou. Deixou também um número de contato para WhatsApp.

Segundo a delegada, depois de se apresentar como mulher, Jeferson marcava encontro em sua casa. Chegando no local muitos garotos eram surpreendidos e recebiam a proposta em dinheiro de R$ 30 a R$ 50 para o encontro. Havia também encontros com adultos, homens casados.

Ao todo 16 adolescentes – entre 14 e 16 anos – confessaram em depoimento ter mantido relação com Jeferson. Muitos dos garotos estão envergonhados de prestar esclarecimentos e pedem para falar sem a presença dos pais.

Alguns deles compareceram à delegacia sozinhos. Eles temem que os pais fiquem sabendo do envolvimento que tiveram com o acusado. O fator agravante é que Jeferson é soropositivo e muitos relacionamentos eram realizados sem preservativo.

Segundo o programa DST/Aids em Dourados, até 14 anos é necessário encaminhamento médico para realização de exames de detecção de doenças sexualmente transmissíveis. A partir dessa idade o menor pode comparecer ao local para realizar os procedimentos, sem a presença dos pais.

Dourados Agora
Servidor acusado de aliciar menores usava falso exame  para esconder HIV Servidor acusado de aliciar menores usava falso exame para esconder HIV

O servidor municipal Jeferson Porto da Silva, 33 anos, preso neste domingo (19), acusado de aliciar e incentivar menores a se prostituírem, em Dourados (MS), usava um falso exame clínico para esconder que é portador de HIV. O proprietário do Centro de Análises Clínicas de Dourados, José Prado Mansur, que prestou depoimento em apoio às investigações, disse que o documento apresentado tinha o timbre da clínica e a assinatura de um profissional, mas era totalmente inverídico.

Servidor foi preso neste domingo, em Dourados
(Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

“É um exame com a data de 2013 e a assinatura de uma profissional que deixou de prestar serviço para nós em 2010. O documento inteiro é adulterado. No ponto em que se refere ao resultado do teste de HIV, por exemplo, está lá escrito negativo, sendo que o termo utilizado é reagente ou não reagente. Ele mesmo confessou em depoimento que falsificou”, disse Mansur em entrevista ao site Dourados News.

De acordo com as investigações, o servidor teria apresentado o falso exame de HIV a alguns menores como justificativa para não usar preservativo. No entanto, ainda segundo a polícia, poucas foram as vítimas que se preocuparam com o uso da camisinha, independente da apresentação do documento.

Caso

Conforme apurado pela polícia, o homem aliciava meninos menores de idade por meio de redes sociais, utilizando perfis falsos, se passando por mulher. Depois, marcava encontros e quando as vítimas iam até ele e percebiam a situação, ele os convencia a manter relações sexuais mediante pagamento, que tinha valor médio de R$ 30.

As investigações continuam e não está descartada a participação de mais pessoas no caso, além de um número que pode ultrapassar mais de 100 vítimas. Doze já foram identificadas pela polícia, que está convocando menores que tenham se envolvido com o servidor para ajudar no esclarecimento do caso.

Com informações do Dourados News
Pedófilo soropositivo é preso acusado de molestar adolescentes em Dourados Pedófilo soropositivo é preso acusado de molestar adolescentes em Dourados

Jeferson Porto da Silva, de 33 anos, servidor público municipal, morador no Jardim Água Boa, em Dourados, foi preso na manhã deste domingo acusado de favorecimento à prostituição. Em seu computador e na casa, a polícia encontrou mais de quatro mil imagens dele com vários garotos, todos menores, que aparecem nus e se masturbando.

Nas últimas semanas Jeferson teria mantido relações com pelo menos 50 adolescentes Foto: Cido Costa

A polícia chegou até o acusado após a mãe de um rapaz de 15 anos procurar a delegacia denunciando ‘conversa comprometedora’ do filho com Jeferson em rede social. Ao analisar o diálogo, a delegada Marina Lemos representou na justiça pedido de busca e apreensão na casa do acusado.

O pedido foi protocolado dia 18 e no dia 24 de setembro os policiais recolheram o computador de Jeferson. A delegada, em investigação, encontrou imagens de nudez de Jeferson com vários garotos. Ela pediu prisão preventiva dele, sendo concedida pelo juiz César de Souza Lima, da 2º vara Criminal de Dourados.

Segundo a delegada, 12 adolescentes já foram ouvidos até o momento e três deles informaram que durante o ato sexual com o acusado não utilizaram preservativo. O fator preocupante, segundo Marina Lemos, é que Jeferson é soropositivo.

Nas últimas semanas, ainda de acordo com a delegada, Jeferson teria mantido relações com pelo menos 50 adolescentes e antes de qualquer envolvimento ele mostrava um atestado falso dizendo que não tinha nenhum tipo de doença sexualmente transmissível (DST).

Para atrair os adolescentes pela internet, Jeferson ainda dizia que convivia com garotas de programa, mas somente ele recebia as ‘vítimas’. Ele criava perfil falso na rede social, se passando por mulher e marcada encontro com os jovens em sua casa. Quando os adolescentes chegavam Jeferson oferecia dinheiro para manter relações.

Jeferson está detido na delegacia do 1º DP de Dourados. A delegada continua investigando o caso e nos próximos dias deve ouvir outros adolescentes que mantiveram relações com o acusado. Ela quer saber se havia o envolvimento de menores de 14 anos no caso.

Dourados Agora
Acusado de estuprar mulher na Avenida Coronel Antonino é preso Acusado de estuprar mulher na Avenida Coronel Antonino é preso

Equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) apresentou nesta terça-feira (14), o acusado de ter estuprado uma mulher, de 34 anos, na Avenida Coronel Antonino, em Campo Grande (MS). Jeferson Teixeira de Souza, de 23 anos, foi preso ontem (13), na residência dele, no Bairro Monte Castelo.

Jeferson Teixeira de Souza, de 23 anos, foi preso no Bairro Monte Castelo
(Foto: Gerson Oliveira/Correio do Estado)

Segundo a polícia, a vítima estava em um ponto de ônibus, próximo a um posto de combustíveis, quando foi abordada por Jeferson.

De acordo com a titular da Deam, Rosely Molina, no momento da abordagem, o rapaz estava em uma motocicleta, de capacete e fingia estar armado. A vítima foi levada para um local próximo e foi obrigada a fazer sexo oral.

De acordo com informações da polícia, a vítima teria anotado parte da placa da motocicleta do criminoso e após investigação, policiais prenderam o autor.

Segundo a delegada, havia material genético na roupa da vítima, que foi encaminhado para exames.

Durante a apresentação na Deam, Jeferson, que trabalha como porteiro, confessou o abuso sexual.

Segundo a delegada, o jovem é suspeito de outro estupro, denunciado em agosto deste ano.

Foram apreendidos a motocicleta, o capacete e as vestimentas do rapaz. A polícia aguarda os laudos.

Acusado de matar jovem se apresenta à polícia e diz que foi roubado pela vítima Acusado de matar jovem se apresenta à polícia e diz que foi roubado pela vítima

Lucas Vinícius de Souza Teixeira, 18, morador no Jardim Piratininga, se apresentou na manhã desta sexta-feira (10) no 1º Distrito Policial de Dourados. Ele é o acusado de assassinar na noite do dia 8, Diego Caetano França de Deus, 24, com quatro tiros, num corredor público localizado no mesmo bairro onde mora.

Acusado de homicídio ao lado do advogado Nilson Alexandre
(Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Acompanhado do advogado Nilson Alexandre, o jovem afirmou que conhecia a vítima apenas de ‘vista’ e contou que dias antes do fato, o rapaz teria o assaltado, porém, o que motivou o crime foi um atentado.

Em seu depoimento ao delegado do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil, Adilson Stiguivitis, Teixeira disse que estava saindo de casa quando avistou Diego no portão.

Armado, o rapaz efetuou dois disparos contra ele, que revidou o atingindo nos dois braços, costas e queixo. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado, mas a vítima já estava morta.

Questionado sobre a arma, disse que perdeu ao pular o muro para chegar até sua residência.

Após depoimento, Teixeira foi liberado e responderá pelo homicídio em liberdade.

Com Informações Dourados News
Padrasto é acusado de agredir e matar menino de dois anos Padrasto é acusado de agredir e matar menino de dois anos

Juliano Plácido Ferreira, de 21 anos, foi preso ontem à noite (30) suspeito de ter espancado até a morte o enteado de 2 anos e 5 meses. O crime aconteceu no bairro Jardim Vaticano, na cidade de Rio Verde de Mato Grosso (MS), região norte do Estado.

Juliano Plácido Ferreira é suspeito de matar o enteado
Foto Divulgação/Edição de Notícias

Segundo informações do site Edição de Notícias, a vítima deu entrada por volta das 17 horas no hospital daquela cidade já com parada cardiorrespiratória e suspeita de que tenha sido espancado. Embora preso em flagrante, Juliano não confessou o crime.

Segundo ainda o site, o crime aconteceu quando a mãe da criança, de 20 anos, foi levar a filha do casal, de 2 meses, para vacinar.

Ao retornar, ela perguntou pelo filho e Juliano disse que o menino almoçou e dormiu. Após algum tempo, a mulher estranhou que o menino ainda continuava dormindo e por volta das 17 horas tentou acordá-lo, mas ele não reagiu.

Imediatamente, ela pediu ajuda a uma vizinha e levou o filho para o Hospital Municipal, mas ele morreu pouco tempo depois de dar entrada. O padrasto contou que a criança havia caído no banheiro.

O menino estava cheio de hematomas pelo corpo e a equipe médica acionou o Conselho Tutelar e as polícias, Militar e Civil. A mãe acabou confessando que o marido agredia as crianças e que ela sofria ameaças para não denunciá-lo.

Juliano está preso em uma das celas da Delegacia de Polícia Civil do município, onde o caso está sendo investigado.

Papa Francisco destitui bispo acusado de proteger padre suspeito de pedofilia Papa Francisco destitui bispo acusado de proteger padre suspeito de pedofilia

O papa Francisco destituiu hoje (25) um bispo paraguaio acusado de proteger um padre suspeito de pedofilia, considerando a demissão uma decisão “dolorosa” tomada por “sérias razões pastorais”.

Papa Francisco acena ao deixar a Praça de São Pedro

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira, o Vaticano afirma que a demissão do bispo de Ciudad del Este, Rogelio Livieres Plano, acontece na sequência da visita de uma delegação da Santa Igreja ao Paraguai para investigar um caso que levou à troca de acusações públicas entre líderes do clero do país vizinho.

O bispo Livieres foi publicamente atacado por colegas no Paraguai por promover e defender um padre argentino que tinha sido acusado de abuso sexual. “Esta grave decisão da Santa Igreja foi tomada por sérias razões pastorais e motivada pelo bem maior da unidade da Igreja em Ciudad del Este e na comunidade episcopal do Paraguai”, diz o comunicado.

O padre argentino Carlos Urrotigoity era o número dois de Livieres na diocese, apesar de ter sido acusado de molestar menores quando estava numa paróquia na Pensilvânia, nos Estados Unidos. A diocese norte-americana onde trabalhava considerou publicamente que ele era “uma ameaça séria para os jovens”.

Agência Brasil

 

Homem acusado de matar enteada de 2 anos diz que foi um ‘minuto de bobeira’ Homem acusado de matar enteada de 2 anos diz que foi um ‘minuto de bobeira’

O auxiliar de produção em uma fábrica de refrigerantes localizada na região sul de Campo Grande, Fernando Floriano Duarte, de 33 anos, , acusado de ter agredido e matado uma criança de 2 anos na noite de quinta-feira (18), em Campo Grande, está preso e deve prestar depoimento nesta sexta-feira (19), na Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA). Ele assumiu que cometeu a violência contra a enteada e alegou que agiu sob efeito de bebidas alcóolicas.

Acusado de matar a enteada está preso na DPCA Foto: Paulo Ribas/Correio do Estado

A suspeita é que o homem também tenha agredido o irmão da vítima, de 6 anos. Fernando, que se diz “arrependido”, relatou que tudo ocorreu em um “minuto de bobeira”.

Segunso a Polícia Civil, o homem vivia há dois anos com a mãe da criança. O crime ocorreu após a mulher sair para trabalhar e deixar as crianças com o padrasto. O Conselho Tutelar foi acionado.

Caso

Segundo informações do Conselho Tutelar, parentes da vítima disseram que o homem teria ligado mais tarde para a companheira dizendo que algo havia acontecido com a vítima.

“Depois dessa ligação a mãe foi para a casa e disse que já encontrou a criança desacordada. Ela chamou o socorro e veio para a UPA com a menina”, explicou a conselheira Ana Paula. Ainda conforme a conselheira, a criança já chegou morta à unidade de saúde.

O garoto de 6 anos, que está machucado, já está na casa de parentes. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) e será investigado pela Depca..

Com Informações G1

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares