Postagens com as tags: assassinos voltar para a home

Homem é morto a tiros e assassinos são presos com armas, munições e drogas Homem é morto a tiros e assassinos são presos com armas, munições e drogas

Nelson Bento de Souza, de 32 anos, o “Nelsinho” foi morto a tiros na manhã desta quinta (30), por volta das 09h35, no Bairro Jardim Primaveril em Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande.

Ele foi alvejado com diversos tiros na região da cabeça. Foto: Rádio Caçula

O assassinato ocorreu na Rua Jary Mercante, quando Nelson Bento e Anderson Ricardo Dias Franca, de 24, o “Loirinho” chegavam a uma oficina. Eles estavam em uma caminhonete Hillux/Toyota de cor prata.

Quando os dois deixaram o interior do veículo, eles foram abordados por três homens que estavam em um veículo Gol/Volkswagen de cor vermelha, placas de Três Lagoas, o qual dois ocupantes desceram e começaram a efetuar disparos contra “Nelsinho” e “Loirinho”. Os dois tentaram fugir a pé, sendo que Nelson Bento foi perseguido e atingido por vários disparos na cabeça.

Foto Rádio Caçula

A maioria dos disparos acertaram seu rosto do lado direito, além de ser atingido também na perna e braço esquerdo.

“Nelsinho” morreu na hora devido a gravidade dos ferimentos causados pelos disparos. Já “Loirinho”, foi atingido no braço e perna esquerda. Ele conseguiu fugir e pediu socorro em uma loja, onde foi socorrido por uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) sendo atendido e encaminhado ao Hospital Auxiliadora.

No local do assassinato, foram encontradas mais de 20 cápsulas, algumas deflagradas e outras intactas de armas tipo pistola.

PRISÃO DOS AUTORES

Três pessoas foram presas acusadas de terem participado do homicídio e da tentativa de homicídio.

Etelvino Soares Azevedo, de 19 anos, Anderson Carlos Rosália Conceição de Souza, 25, e B.S.S., 17, são apontados como sendo os autores. Os atiradores seriam Etelvino Soares e o jovem, já Anderson Carlos teria participado como “piloto de fuga”.

Uma quarta pessoa foi apreendida sob suspeita de ser o “olheiro” que “cuidou” e teria repassado a localização das vítimas para os autores. Ele foi levado à sede da S.I.G. para investigação. Mas depois de prestar depoimento foi liberado pela polícia por não ter participado da ação.

MODUS OPERANDI E TENTATIVA DE FUGA

Segundo o relato de testemunhas, quando o veículo Gol abordou os ocupantes da caminhonete, os dois bandidos desceram armados. Como as vítimas tentaram fugir a pé, os dois atiradores perseguiram seus “alvos” por aproximadamente 50 metros, sendo que “Nelsinho” não conseguiu se desvencilhar de seu perseguidor e foi morto com vários tiros na região do rosto, vindo a morrer no local.

Já o outro atirador não conseguiu êxito em “eliminar” “Loirinho”, que mesmo ferido, conseguiu fugir e pedir socorro.

Depois do assassinato e da tentativa de homicídio, os atiradores voltaram para o interior do carro de fuga e fugiram. Uma trilha de cápsulas deflagradas e intactas foi deixada na ação criminosa.

Uma guarnição da Rádio Patrulha avistou um carro com as mesmas características do usado na fuga depois da execução e resolveram abordar o Gol. No interior estavam os três acusados, além de ser encontrado com eles duas pistolas, uma calibre 380 e outra 9mm, com algumas cápsulas intactas.

Mediante os fatos, os três receberam voz de prisão e foram levados a sala de elaboração de boletim de ocorrência da Polícia Militar no prédio da DEPAC (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Na tentativa de descaracterizar as descrições repassadas para polícia sobre os autores, os três trocaram de camisetas e de bonés.

DILIGÊNCIAS, DROGAS E ARMAS

Logo após a prisão dos autores os policiais militares da Rádio Patrulha e integrantes da ROTAI foram até a residência de Anderson Carlos Rosália, situada na Rua Visconde de Taunay, Bairro Jardim Novo Aeroporto.

Na casa foram encontrados mais de 1 Kg de maconha, 9 pinos de cocaína, porções de maconha prontas para venda, balança de precisão e material para embalar a droga. Além disso também havia um revólver calibre 38 no interior do imóvel.

A namorada do acusado Anderson, alegou que sabia do comercio e venda de drogas, porém informou que não imaginava a participação do amásio na execução de Nelsinho.

Os três acusados, as armas, drogas e apetrechos foram levados para a 2° Delegacia da Polícia Civil na Vila Piloto.

Agora o S.I.G. e Polícia Civil assumem o caso e dando início a investigação dos motivos e do(s) possível(veis) mandante(es) do crime.

Rádio Caçula
Assassinos de Idoso demonstram frieza durante reconstituição do crime Assassinos de Idoso demonstram frieza durante reconstituição do crime

A Polícia Civil, juntamente com uma equipe de peritos e apoio da Polícia Militar, realizou ontem (13) a reconstituição do assassinato de Sebastião de Araújo Feitosa, 73, ocorrido na noite do último domingo (12), em Coxim (MS). O autor do homicídio, Francisco Silveira Andrade, 37 anos, e o coautor, Jhonatan de Matos Sales, 21, que foram presos na manhã de segunda-feira, demonstraram frieza e deram detalhes do crime às autoridades que trabalham no caso. A reconstituição durou cerca de 1 hora e foi acompanhada por curiosos e familiares dos autores, que moram ao lado do local do crime. Segundo Francisco, ele e Jhonatan estavam em um bar ingerindo bebida alcoólica, quando o idoso, passou e os ofendeu, falando palavrões. Francisco então pegou uma faca e foi até a casa da vítima, acompanhado de Jhonatan.

O autor do homicídio Francisco Silveira Andrade demonstrando como foram dados os golpes, coautor auxilia sentado Foto PC de Souza

Quando chegaram, o homem estava sentado em uma cadeira do lado de fora da residência. Francisco surpreendeu a vítima pelas costas e a atingiu com três golpes: um próximo às costelas, um no abdômen e outro no pescoço. O outro homem assistiu todo o crime. Sales lavou e escondeu a faca. Os dois foram até um bar perto da casa de Sebastião e continuaram bebendo. Jhonatan explicou que, de onde estava sentado, viu que vítima entrou em casa, voltou até a porta, guardou a cadeira, em seguida, caiu perto da cozinha.

Dupla contou detalhes do crime durante a reconstituição Foto: PC de Souza / Edição de Notícias

Segundo a delegada responsável pelo caso, o idoso teria entrado em casa para pegar o dinheiro que vinha economizando. Durante a perícia, foi encontrado cerca de R$ 7,5 mil em uma carteira, na parte interna da bermuda da vítima. A faca utilizada no crime foi apreendida. Os autores permanecem presos e responderão por homicídio qualificado por motivo fútil e sem dar chance de defesa à vítima. Eles serão encaminhados para o Estabelecimento Penal Masculino de Coxim, onde permanecerão à disposição da justiça.

Com informações do Edição de Notícias
“Maníaco da Cruz” é destaque em sites sobre assassinos em série “Maníaco da Cruz” é destaque em sites sobre assassinos em série

Detido no Instituto Penal Jair Ferreira de Carvalho, em Campo Grande, desde o dia 29 de abril, quando foi capturado em Horqueta, no Paraguai, o jovem Dhionatam Celestrino, de 21 anos, é destaque em sites e blogs nacionais especializados em assassinos em série e crimes bárbaros, como o “O Aprendiz Verde” e “Serial Killer”.

Jovem sendo transportado para o Brasil pela polícia paraguaia. Foto: Cido Costa

Em 2008, quando tinha apenas 16 anos, Dhionatam ficou conhecido em todo país como o “Maníaco da Cruz”, após matar friamente três pessoas que ele considerava ‘falsas cristãs’, em Rio Brilhante. O apelido que recebeu está relacionado diretamente à maneira com que ele posicionava os corpos de suas vítimas depois dos crimes, em forma de cruz.

No site Serial Killer, ele é mencionado entre os 66 principais assassinos em série (indivíduos que cometem uma série de homicídios com um intervalo entre eles) que agiram até hoje no país. A página é de autoria de Ilana Casoy, pesquisadora e escritora na área de violência e criminalidade, solicitada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público de São Paulo e de outros estados para ajudar na elaboração da análise criminal de casos em andamento.

Já no blog O Aprendiz Verde, o sul-mato-grossense ganhou uma página exclusiva publicada inicialmente em 2011 e atualizada, onde é possível encontrar toda sua história desde o primeiro assassinato, até seus dias de internação, além de fotos, vídeos, entrevistas com vítimas que sobreviveram, recortes de cartas e outras peculiaridades que giram em torno das vidas que ele tirou; alguns perfis falsos também são facilmente encontrados em redes sociais como Orkut e Facebook.

O Maníaco

Em 2008, Dhionatam, adorador da Cruz de Ansata, utilizada em rituais de bruxaria e vampirismo, os quais era adepto, matou o pedreiro Catalino Gardena, que era alcoólatra. A segunda vítima foi a frentista Letícia Neves de Oliveira, encontrada morta em um túmulo do cemitério do município, no dia 24 de agosto. A terceira e última vítima foi Gleice, encontrada morta seminua em uma obra, no dia 3 de outubro.

Ele foi preso no mesmo ano, sendo conduzido a Unidade Educacional (Unei) de Ponta Porã, onde ficou detido até o dia 3 de março de 2013, quando misteriosamente estourou uma das grades da cela e fugiu. Ele foi encontrado quase dois meses depois, morando no município de Horqueta, interior do Paraguai, onde levava uma vida pacata, bem diferente da que teve quando mais jovem. Dhionatam, inclusive, tinha uma namorada que nunca desconfiou de seu passado.

douradosagora
Assassinos de universitários são condenados a 209 anos de prisão Assassinos de universitários são condenados a 209 anos de prisão

A Justiça de Mato Grosso do Sul condenou a 212 anos e 10 meses de prisão os seis acusados de matar os universitários Breno Silvestrini e Leonardo Fernandes, em agosto do ano passado, em Campo Grande. A decisão é da juíza Eucélia Moreira Cassal.

Leonardo e Breno (Foto: Divulgação/Arquivo familiar)

Na sentença divulgada nesta quarta-feira a magistrada diz que o crime foi de “total brutalidade e covardia”. As penas aos acusados variam de 29 a 43 anos de prisão e todos terão que pagar multa no valor de 1/30 do salário mínimo vigente em agosto do ano passado, quando o crime aconteceu.

Conforme a sentença condenatória, os jovens foram rendidos por dois dos condenados quando chegavam no carro de um deles, logo após terem saído de uma casa noturna. As vítimas foram levadas à saída de Aquidauana, tiradas do veículo, agredidas e mortas a tiros.

De acordo com a decisão judicial, a maior punição, de 42 anos e 4 meses de reclusão mais um ano de detenção foi para o acusado que “promoveu, organizou e dirigiu todo o evento”. Este participou da abordagem aos rapazes e da morte.

Os acusados renderam os jovens de forma aleatória e iriam levar a camionete que eles ocupavam para a Bolívia. No país vizinho, o automóvel seria trocado por cocaína. Eles foram condenados pelos crimes de latrocínio, formação de quadrilha, ocultação de cadáver, posse irregular de arma munições, tráfico de drogas e supressão de documento.

G1
Assassinos do jornalista Paulo Rocaro foram vistos em Pedro Juan Caballero Assassinos do jornalista Paulo Rocaro foram vistos em Pedro Juan Caballero

A dupla de pistoleiros acusada pela Polícia Civil de ter executado o jornalista Paulo Rocaro, em fevereiro de 2012, a mando do empresário Claudio Rodrigues de Souza, o Claudinho “Meia Água”, foi vista recentemente em Pedro Juan Caballero, segundo relatos de testemunhas.

Assassinos do jornalista Paulo Rocaro foram vistos em Pedro Juan Caballero

Um deles, o foragido da Justiça Hugo Stancatti Ferreira da Silva, já se sabia que andava livremente pelas ruas da vizinha cidade paraguaia, mesmo tendo mandado de prisão expedido pela Justiça brasileira, por outros crimes.

Durante a entrevista coletiva à imprensa concedida no último dia 7, o delegado Odorico Ribeiro de Mendonça e Mesquita, que conduziu o inquérito policial, chegou a afirmar que a Polícia Civil de Ponta Porã ficou durante muito tempo à espreita, na tentativa de prender Stancatti, já que mesmo não havendo mandado de prisão contra ele pelo assassinato do jornalista, havia outro, o que permitiria coloca-ló atrás das grades e eventualmente fazê-lo confessar sua participação na morte de Rocaro. Mas, ele nunca saiu do território paraguaio e a polícia do Paraguai também não mostrou interesse em prendê-lo.

O outro, entretanto, o desocupado Luciano Rodrigues de Souza, esteve até poucos dias na residência de Claudinho “Meia Água” em Ponta Porã, segundo conta, para tratar dos cachorros. Óbvio que ao tomar conhecimento de que a polícia revelaria a autoria do crime, evadiu-se imediatamente de Ponta Porã e, possivelmente, tenha ficado alguns dias em Pedro Juan, antes de fugir para São Paulo, destino que outras fontes informam ser seu atual paradeiro.

Mercosul News
Polícia revela nomes dos assassinos de Paulo Rocaro Polícia revela nomes dos assassinos de Paulo Rocaro

A Polícia Civil de Ponta Porã anunciará nesta terça-feira (7), às 14h30min, na sede da Delegacia Regional, o nome dos envolvidos no assassinato do jornalista Paulo Rocaro, ocorrido em fevereiro de 2012.

Jornalista Paulo Rocaro foi assassinado em fevereiro de 2012 Foto Divulgação

A informação é do delegado Odorico Mendonça, que presidiu o inquérito policial. Além de Odorico, devem participar da entrevista coletiva com a imprensa, o delegado regional da Polícia Civil, Sandro Márcio Pereira, e o titular da Delegacia Especializada em Homicídios (DEH) Edílson dos Santos Silva, que participaram das investigações.

A Polícia Civil de Ponta Porá já concluiu o inquérito e o relatório está pronto para ser encaminhado à Justiça.

O desenrolar do homicídio, ocorrido em fevereiro do ano passado, envolveu uma série de procedimentos, dentre eles a coleta de informações inclusive de outras comarcas e a utilização de sofisticado programa de informática utilizado pela central de tecnologia e inteligência da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.

MERCOSUL NEWS
Polícia prende assassinos de mulher encontrada às margens da BR-163 Polícia prende assassinos de mulher encontrada às margens da BR-163

Agentes do Serviço de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Dourados prenderam na tarde desta sexta-feira (1º), nas Sitiocas Campo Belo, dois jovens acusados de terem matado Beatriz Beraldo Martins, de 20 anos. A vítima foi morta com diversas facadas e teve o corpo encontrado amarrado, no início da madrugada de quinta-feira.

Foto Dourados News

Os autores, um de 20 e outro de 17 anos, teriam laços familiares com Beatriz. O mais velho era cunhado dela (irmão do marido da moça, que já está morto), enquanto o mais novo era primo. Os indivíduos afirmaram que no último dia 20, abordaram a mulher e a convidaram para beber vinho; durante o trajeto, eles a atacaram e a mataram.

O menor disse que desferiu as facadas enquanto o outro imobilizava a vítima. Ambos afirmaram que ela implorava pela vida, pois tinha filhos para criar, porém, isso não fez com que eles interrompessem o assassinato. Após a ação a dupla amarrou o corpo e jogou em uma mata às margens da rodovia BR-163, próximo ao Jardim Guaicurus.

O rapaz de 20 anos disse que cometeu o crime porque vinha sendo constantemente ameaçado por Beatriz, além de estar revoltado com fofocas que ela fazia pela cidade; ela afirmava que teria matado o próprio marido (óbito registrado como suicídio) que havia feito um seguro de vida com valor estimado em aproximadamente 50 mil reais.

Dourados Agora
Pai contrata assassinos virtuais para ‘matar’ filho ocioso Pai contrata assassinos virtuais para ‘matar’ filho ocioso

Um homem na China contratou ”assassinos virtuais” para caçar o seu filho em jogos on-line e matar o seu avatar.

“Homem joga game online (BBC)” BBC Brasil

O pai chinês, identificado apenas como Sr. Feng por um blog especializado em games, estava preocupado com a quantidade de tempo que seu filho desempregado de 23 anos estava passando na internet.

Xiao Feng, de 23 anos, começou a jogar games on-line quando ainda estava na escola secundária e se tornou um ás em diversos jogos.

Mas o hábito de passar horas jogando games era um tema de tensões com seu pai desde a sua época de colégio, porque suas notas eram muito baixas.

Mais tarde, a insatisfação do pai só se intensificou, uma vez que o jovem não conseguia se firmar em nenhum emprego, supostamente devido ao seu vício em games.

AÇÃO EXTREMA

O pai do jovem disse acreditar que a contratação dos ”assassinos virtuais” seria uma forma de impedir que seu filho passasse o dia jogando games on-line.

Seu filho suspeitou e perguntou a um dos ”assassinos” o motivo de eles sempre tomá-lo como alvo.

Na opinião de Mark Griffiths, um perito em dependência em jogos da Universidade Trent de Nottingham, a ação do pai chinês ”não contribui muito para relações familiares”.

”Eu nunca tinha ouvido falar desse tipo de intervenção antes, mas não creio que esse tipo de procedimento de cima para baixo funcione. Muitas vezes, a prática excessiva de jogos é sintoma de outros problemas”, afirma Griffiths.

”Há 25 anos eu estudo a prática excessiva de jogos. Já conheci jogadores compulsivos, que jogavam por dez a 14 horas por dia, mas para muitas pessoas isso não causa problemas, quando elas não estão empregadas, não estão em relacionamentos e não têm filhos. Não se trata do tempo que você passa fazendo alguma coisa, mas sim do impacto que ela tem sobre sua vida”, afirma.

A despeito da ação extrema do pai chinês, ele e seu filho teriam se reconciliado após o incidente.

BBC Brasil
Decretada prisão preventiva dos assassinos de universitários Decretada prisão preventiva dos assassinos de universitários

Os cinco acusados pela morte dos universitários Breno Luigi Silvestrini, de 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, de 19 anos, tiveram a prisão preventiva decreta pela juíza Saskia de Oliveira, no último sábado (1).

Quatro acusados de envolvimento no crime; O menor não foi apresentado, mas está apreendido

Dayane Aguirre Clarindo 24 anos, Weverson Gonçalves Feitosa, 22, e Rafael da Costa Silva, 22, Raul Andrade Pinho, 18 anos, estão presos e um adolescente de 17 anos, apreendido.

Segundo a decisão, a prisão dos envolvidos é uma forma de garantia da ordem pública. Segundo a magistrada, “considerando que se vislumbra prova da existência do crime e indício suficiente de autoria; corroborando pela gravidade do delito, insegurança que causa na sociedade; ademais, por se revelarem inadequadas e insuficientes as medidas cautelares diversas, previstas no art. 319 do CPP; ainda em especial, visando garantir a ordem pública; cumpre acolher o parecer ministerial”.

Os acusados abordaram os estudantes na saída de um bar, no Bairro Miguel Couto, na noite de quinta-feira, com objetivo de roubar a caminhonete Pajero. As vítimas foram levadas até o macroanel na rodovia BR-262, região do Indubrasil, onde foram executadas com um tiro na cabeça.

Depois, o veículo roubado foi levado para Corumbá, onde foi abandonada quando dois dos criminosos se depararam com uma barreira do DOF (Departamento de Operações de Fronteira).

Rafael é apontado pela polícia como o autor dos disparos, Dayane como participante, Weverson seria o mentor e Raul dava apoio à quadrilha. Eles foram indiciados por corrupção de menores, formação de quadrilha, roubo qualificado, latrocínio e ocultação de cadáver.

Assassinos de universitários também mataram o piloto da TAM Assassinos de universitários também mataram o piloto da TAM

Com a prisão de Weverson Gonçalves Feitosa, 22 anos o Japinha, e Rafael da Costa Silva o Pinha, na noite de ontem (31 de agosto), acusados do sequestro e morte dos universitários Breno Luigi Silvestrini de Araújo, 18 anos e Leonardo Batista, 19, a polícia também desvendou o assassinato do piloto da TAM Marco Antonio Leão Ramos, 40 anos.

Assassinos foram presos ontem á noite Reprodução, TV SBTMS

Os dois e mais a manicure Dayane Aguirre Clarindo, 24 anos – que ao ser presa indicou onde estavam os corpos dos jovens -, além de outro marginal, foram os autores da morte do piloto com um tiro no olho na cidade de Anastácio onde havia chegado, em companhia dos pais, em férias. O crime ocorreu no dia 1º de agosto deste ano.

Weverson, Rafael e Dayane sequestraram Breno e Leonardo, em Campo Grande, na noite da última quinta-feira para roubar o Pajero de um dos jovens. Os universitários foram mortos com tiros na cabeça em uma galeria sob a pista do anel rodoviário, num trecho entre as saídas para Terenos e Rochedo.

Os marginais tentavam levar o veículo, que é de propriedade da mãe de um dos jovens, para a Bolívia mas não tinham dinheiro para pagar pedágio da ponte sobre o Rio Paraguai e acabaram retornando, o que chamou a atenção dos policiais do Departamento de Operações de Fronteiras (DOF) que seguiram o veículo. Os criminosos abandonran o carro e fugiram.

Daiane pegou carona com um caminhoneiro e Rafael e Weverton fugiram pelo mato. A mulher foi presa pela PRF no Posto Guaicurus quando voltava para Campo Grande. Interrogada, confessou o crime e apontou o local onde estavam os corpos que foram foram encontrados ontem cedo.

Weverson foi preso em Aquidauana e Rafael em Corumbá. Durante a madrugada, também foi capturado um adolescente de 17 anos, irmão de Rafael, também apontado como envolvido no crime, e Raul de Andrade Pinto, 18 anos.

Todos estão na sede da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), onde a investigação está concentrada. A operação para prender os bandidos envolveu também a Polícia Militar e o Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros)

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares