Postagens com as tags: Corumbá voltar para a home

Ventos podem atingir 70 km/h na terça-feira em MS, alerta Inmet Ventos podem atingir 70 km/h na terça-feira em MS, alerta Inmet

Contraste entre pressões atmosféricas provoca fortes rajadas no estado.
Temperaturas sofrem ligeira elevação e devem ficar entre 12°C e 34°C.

A temperatura volta a subir nesta terça-feira (22) em Mato Grosso do Sul, com o sol aparecendo entre nuvens. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as condições climáticas devem provocar fortes rajadas de vento, com velocidade acima de 60 km/h em todo o estado.

Céu de Campo Grande na tarde desta segunda-feira (21) (Foto: Glaucea Vaccari/G1 MS)

Conforme o Inmet, o contraste entre uma área de baixa de pressão atmosférica no Paraguai e uma área de alta pressão no Oceano Atlântico provocam os ventos e a queda na umidade relativa do ar, que deve ficar abaixo de 30%.

Os termômetros devem oscilar entre 12°C e 34°C, com tendência de declínio durante a noite e madrugada. Há possibilidade de pancadas de chuva em áreas isoladas no sul, oeste e centro noroeste.

Em Campo Grande o céu deve permanecer parcialmente nublado e as temperaturas sofrem ligeira elevação, ficando entre 16°C e 30°C. Os ventos podem atingir os 70 km/h. Em Corumbá, na região oeste do estado, pode chover durante todo o dia. A temperatura varia entre 19°C e 34°C.

Na região Norte do estado, Coxim deve registrar a mínima prevista para o estado, de 12°C. A máxima não deve passar de 27°C, com o dia permanecendo nublado.

G1
Bandidos rendem taxista, frentistas e explodem caixa eletrônico em posto Bandidos rendem taxista, frentistas e explodem caixa eletrônico em posto

Bandidos tentaram levar dinheiro de caixas eletrônicos que funcionam num posto bancário do Banco do Brasil e do Bradesco, instalado num posto de combustíveis, na rua Cyríaco de Toledo, bairro Nova Corumbá em Corumbá, na madrugada desta sexta-feira (04).

Alvo de bandidos foi caixa eletrônico do Banco do Brasil
Foto Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense

O comandante da Polícia Militar, tenente-coronel Joilson Sant’Ana que tudo começou na cidade vizinha, Ladário.

Entre 03h e 03h30, dois homens pediram uma corrida a um taxista até uma boate, em Corumbá. No caminho, já próximo ao quartel do Corpo de Bombeiros, a dupla armada de pistola e revólver, rendeu o taxista e entrou numa estrada de terra, indo se encontrar com comparsas que estavam em outro carro e usavam armas longas. Todos seguiram para o posto de combustíveis, que fica na parte alta de Corumbá.

No local, dois frentistas que estavam de serviço, foram rendidos e deixados junto com o taxista. Os bandidos colocaram explosivos no caixa eletrônico do Banco do Brasil. Uma dinamite foi detonada e danificou parcialmente o equipamento; outro explosivo não detonou. O caixa do Bradesco ficou intacto.

Moradores ouviram o barulho da explosão e acionaram a Polícia Militar. A quadrilha fugiu sem levar dinheiro, deixando os frentistas e o taxista no posto.

O táxi foi deixado na estrada da Corcal, próximo a Agesa, na saída para a rodovia Ramão Gomez, que dá acesso à fronteira com a Bolívia.

O comandante da Polícia Militar acionou o Bope (Batalhão de Operações Especiais) de Campo Grande para tomar os procedimentos em relação ao explosivo que não foi detonado. É que em Corumbá, não há especialistas em explosivos. A área foi isolada e a chegada da equipe do Bope é aguardada. A Polícia Civil também está no local iniciando as investigações para identificar a quadrilha. Imagens do circuito de segurança serão analisadas.

Não é a primeira vez que caixas eletrônicos são alvos de bandidos na região. Em 2012 e também no ano passado, quadrilhas agiram em Ladário, distante 6 quilômetros de Corumbá. Em dois casos, a ação dos bandidos foi frustrada.

Com Informações diarionline
Mulher esfaqueia a filha e o ex-marido e incendeia casa em Corumbá Mulher esfaqueia a filha e o ex-marido e incendeia casa em Corumbá

Uma mulher de nacionalidade boliviana, de 36 anos, foi presa em flagrante na noite de sexta-feira (23), após incendiar uma casa e esfaquear a filha, de 18 anos, e um homem, de 53 anos. O caso aconteceu por volta das 21h20 na rua Dom Aquino entre a Firmo de Matos e a Luiz Feitosa Rodrigues, área central de Corumbá. O boletim de ocorrência nº 3355/2014 relata que a mulher foi até a casa, que fica nos fundos de uma tornearia, para falar com a filha.

Corpo de Bombeiros levou horas para conter o fogo e fazer o rescaldo Fotos: Johonie Midon/Diário Corumbaense

Ela acabou brigando com o homem, que também estava no imóvel e seria seu ex-marido, e de posse de uma faca, o golpeou nas costas. Depois de lesionar a filha na barriga, a mulher jogou álcool nos colchões, guarda-roupa, abriu o registro do fogão de gás e com um isqueiro ateou fogo em tudo. As vítimas conseguiram sair a tempo. O Corpo de Bombeiros foi chamado e levou mais de 3 horas para conter o fogo e fazer o rescaldo. A perda foi total, apenas uma geladeira não foi incendiada, segundo os bombeiros.

Presa em flagrante, a boliviana foi autuada por lesão corporal dolosa e incêndio qualificado. Na bolsa dela, a polícia encontrou duas facas. O registro policial não informa o motivo que levou a mulher a esfaquear a própria filha e a incendiar a casa, mas há informações que teria sido um caso passional.

diarionline
Agora como pré-candidato, Reinaldo Azambuja fará ato em Corumbá e Ladário Agora como pré-candidato, Reinaldo Azambuja fará ato em Corumbá e Ladário

Ladário, a 420 quilômetros de Campo Grande, sediará nesta quinta-feira (23), reunião estendida do programa “Pensando Mato Grosso do Sul”.

Foto Divulgação

Na ocasião, serão apresentados os dados referentes aos levantamentos quantitativos e qualitativos da região, envolvendo a própria Ladário e Corumbá.

Esse será o nono evento do Pensando MS. Posteriormente, restará o Encontro Regional de Campo Grande, que encerra o projeto após mais de um ano de caminhada. Nesse período, as equipes do Pensando, bem como os parlamentares e prefeitos tucanos, percorreram todo o Estado ouvindo a população.

Coordenado pelo deputado federal Reinaldo Azambuja, o Pensando MS segue os moldes do Pensando Campo Grande, que foi realizado entre os anos de 2011 e 2012, na Capital.

A versão estadual tem como propósito propor soluções e alternativas com foco no desenvolvimento de cada região do Estado.

Os resultados do Pensando MS fornecerão subsídios para a elaboração do projeto de governo do PSDB para as eleições deste ano. Reinaldo Azambuja é pré-candidato a governador pelo partido.

Asfalto cede e ônibus com 15 pessoas fica “preso” em Corumbá Asfalto cede e ônibus com 15 pessoas fica “preso” em Corumbá

Um ônibus da Viação Canarinho foi “engolido” pelo asfalto na esquina das ruas Firmo de Matos e Cabral na manhã desta sexta-feira, 04 de abril. O incidente aconteceu com um veículo que faz linha para a parte alta da cidade. O ônibus seguia no sentido Centro – Bairro quando o asfalto cedeu deixando as rodas do lado esquerdo do veículo – onde fica o motorista – parcialmente afundadas no asfalto. O ônibus que fazia o itinerário Centro – Nova Corumbá foi retirado e já acontecem obras de reparo na via. O trecho está interditado.

O asfalto cedeu e ônibus foi “engolido” na Firmo de Matos Foto Reprodução Facebook

Asfalto ceder em Corumbá e deixar ônibus “presos” não é tão incomum. Outros três casos entre 2010 e 2013 já foram registrados. O primeiro deles foi em 20 de junho de 2010, no bairro Popular Nova, mais precisamente na rua Edu Rocha entre Minas Gerais e São Paulo. Um ônibus, também da linha Nova Corumbá, foi “engolido” pelo asfalto.

A outra situação ocorreu no dia 09 agosto daquele ano, na rua 21 de Setembro, quase esquina com a Monte Castelo, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Novamente um veículo da linha Nova Corumbá ficou preso após o asfalto ceder.

O caso mais recente, antes do de hoje, aconteceu em 09 janeiro de 2013. Após uma forte chuva, à noite, o asfalto cedeu no momento em que um ônibus passava pela rua Firmo de Matos, entre as ruas Colombo e América. O veículo ficou com a roda dianteira esquerda presa no buraco. Para sair teve de ser guinchado por uma escavadeira. Outra vez, o incidente envolveu um veículo da linha Nova Corumbá.

No incidente desta sexta-feira, estavam no veículo cerca de 15 passageiros e ninguém ficou ferido. Uma gestante, no 8º mês de gravidez, foi levada para o Pronto-Socorro devido ao susto. Ela recebeu atendimento médico e foi liberada.

A Assessoria de Comunicação Institucional da Prefeitura de Corumbá, informou que a Sanesul realiza no local uma obra de distribuição de água do PAC 2 e a Secretaria de Infraestrutura irá notificar a empresa pelo acidente, já que a rua estava liberada para o tráfego de veículos.

O gerente regional da Sanesul, Sérgio Philbois, informou que a execução do serviço é de uma empreiteira contratada pela Secretaria de Obras do Estado, que também é responsável pela fiscalização. O gerente informou que vai repassar a notificação aos responsáveis pela obra.

Diarionline
Corumbá tem 3 mortes confirmadas por gripe H1N1 Corumbá tem 3 mortes confirmadas por gripe H1N1

Três mortes por gripe H1N1 foram confirmadas em Corumbá, a 444 km de Campo Grande, no ano de 2014, conforme a Secretaria Estadual de Saúde (SES). O órgão estadual descartando possibilidade de surto do vírus Influenza, porém, a população do município está apreensiva. Nas farmácias, o álcool gel e máscaras de proteção começam a faltar.

Mesmo sem um laudo que aponte a gripe H1N1 como a causa da morte de uma mulher de 35 anos, esse já é considerado o terceiro óbito pela doença confirmado em Corumbá, somente em 2014. Ela morreu no fim de janeiro no Hospital de Caridade.

Para a SES, o vínculo epidemiológico com a mãe, de 61 anos, confirma o diagnóstico. É que a idosa, que morreu uma semana depois da filha, foi o primeiro óbito confirmado pela gripe H1N1. O laudo foi feito pelo Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo. Mãe e filha, que conviviam diariamente, apresentavam os mesmos sintomas, o que deixa toda a família preocupada.

Inicialmente, no atestado de óbito de mãe e filha, consta uma pneumonia bacteriana como a causa das mortes. Secreções nasais da idosa foram analisadas pelo Laboratório Central de Mato Grosso do Sul (Lacen/MS), mas o exame deu negativo para H1N1. Um resultado possível, já que a coleta foi feita depois do prazo considerado aceitável.

Foto Ilustrativa

A outra confirmada pelo vírus Influenza foi de uma pessoa que morreu no dia 24 de fevereiro e que não teve a identidade revelada. A confirmação foi feita pela prefeitura de Corumbá, que também recebeu o laudo do Instituto Adolfo Lutz, no último fim de semana.

As mortes registradas na cidade mudaram a rotina da população. Nas farmácias e drogarias, o álcool gel, produto usado para higienizar as mãos, já começa a faltar. Máscaras de proteção também estão entre os produtos mais vendidos. Até mesmo o Oseltamivir, medicamento mais conhecido como Tamiflu, usado no tratamento da gripe H1N1, também tem sido procurado, mas está em falta nos estabelecimentos. Clínicas particulares de Corumbá e de Campo Grande ofereceram cerca de mil doses da vacina na cidade.

A prefeitura chegou a pedir para o Ministério da Saúde uma antecipação da campanha de vacinação. Entretanto, para o ministério, como não há risco de uma epidemia de gripe A H1N1, a campanha de vacinação está mantida e deve começar no dia 14 de abril.

Atualmente, há oito pacientes internados no Hospital de Caridade com quadro de pneumonia. Segundo a prefeitura, exames desses oito pacientes deram negativo para H1N1.

Equipes da SES e do Ministério da Saúde estão em Corumbá analisando todas as suspeitas da doença.

Com Informações TV Morena
Corumbá registra segunda morte por H1N1 em 2014 Corumbá registra segunda morte por H1N1 em 2014

Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, teve a segunda morte confirmada por gripe H1N1 em 2014. Segundo a assessoria da prefeitura corumbaense, a pessoa, que não teve a identidade divulgada, estava internada na Santa Casa e morreu no dia 24 de fevereiro.

A confirmação da morte pelo vírus Influenza, de acordo com a assessoria, veio após segundo exame feito pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, que deu positivo. O primeiro teste, feito pelo Laboratório Central (Lacen), deu negativo.

A população está com medo e busca na rede particular a vacina que previne a gripe H1N1. As 200 doses disponíveis em uma clínica de Corumbá acabaram rápido. No fim de semana, duas clínicas particulares de Campo Grande mandaram equipes para a Cidade Branca e montaram postos de venda e aplicação da vacina. As pessoas fizeram fila para se imunizar.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Corumbá, a campanha da vacinação contra a gripe H1N1 começa no dia 14 de abril. As doses vão ser destinadas aos grupos de risco: crianças menores de 2 anos, mulheres grávidas e também aquelas que tiveram bebê há pouco tempo, indígenas, idosos, obesos e doentes crônicos.

Ainda de acordo com a secretaria, Corumbá não vive uma epidemia da doença e não há motivo para que todas as pessoas tomem a vacina.

G1
Após morte por H1N1, prefeito de Corumbá nega risco de epidemia Após morte por H1N1, prefeito de Corumbá nega risco de epidemia

Entrevista coletiva no Paço Municipal, ontem (13), a Prefeitura de Corumbá confirmou a morte de uma mulher, em janeiro, em decorrência da gripe H1N1. O resultado positivo do exame, feito em São Paulo, foi confirmado às autoridades de Saúde do Município na noite de quarta-feira (12). Participaram da coletiva o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte; a secretária de Saúde, Dinaci Ranzi, o médico infectologista, Rivaldo Venâncio; o médico-chefe do CTI do Hospital, Manoel João de Oliveira; o responsável pelo Pronto-Socorro Municipal, médico Rogério Bento e o presidente da Junta Interventora da Santa Casa, Cristiano Xavier, que também é presidente da Associação Médica corumbaense.

As autoridades esclareceram que o primeiro exame feito no Laboratório Central de Mato Grosso do Sul, sediado em Campo Grande, deu “não reagente” para a doença, ou seja negativo. Mas uma biópsia, feita em São Paulo, a pedido da Prefeitura, confirmou a morte por H1N1. Das quatro mortes ocorridas em circunstâncias semelhantes, duas foram totalmente decartadas para a doença e outros dois casos, estão sendo analisados no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

As autoridades reforçaram que não se trata de um surto de H1N1 na região, mas recomendaram à população que mantenha os cuidados básicos com a higiene pessoal e dentro de casa.

O prefeito Paulo Duarte rechaçou boatos de que a Prefeitura esteja omitindo informações de um possível surto na cidade. “Lamentamos profundamente as mortes e é interesse absoluto da Prefeitura continuar investigando e tudo será devidamente divulgado para a Imprensa e a população. A Prefeitura e os médicos estão trabalhando com transparência, profissionalismo e ética, o que tem faltado a alguns”, disse ao ratificar que o Município só soube da confirmação de um caso de H1N1 na noite de quarta-feira.

Diário Online
Dupla em motocicleta mata homem com 4 tiros em Corumbá Dupla em motocicleta mata homem com 4 tiros em Corumbá

Cley Farias de Souza, de 48 anos, foi assassinado a tiros na noite de domingo (09) na rua 21 de Setembro esquina com a Joaquim Wenceslau de Barros, próximo ao Fórum, na parte alta de Corumbá.

Cley Farias de Souza foi atingido por quatro disparos, segundo os bombeiros, e morreu no local do crime Foto Reginaldo Coutinho

 

A vítima estava em um bar, quando dois homens chegaram em uma moto Biz, de cor vermelha, o passageiro desceu e fez vários disparos. Em seguida, a dupla fugiu. 

Equipes dos bombeiros e do Samu foram acionadas, mas quando chegaram, Cley já estava morto.

De acordo com a Central de Operações do 3º Grupamento, quatro tiros atingiram a vítima: dois na cabeça, um no peito e um no abdômen. O crime ocorreu por volta das 20h10.

A Polícia Militar, investigadores e peritos da Polícia Civil também estiveram no local para apurar as circunstâncias do homicídio, que foi registrado no 1º Distrito Policial (BO nº 1574/2014).

Diário Online
Vídeo: Polícia investiga duas hipóteses para morte de Folião esfaqueado ao sair de festa Vídeo: Polícia investiga duas hipóteses para morte de Folião esfaqueado ao sair de festa

A morte do funcionário da Vale Mineradora, Jonathas Campos de Oliveira, de 32 anos, é investigada pela polícia com duas hipóteses: latrocínio e homicídio, uma vez que, ao contrario do que foi divulgado em informações preliminares, nada foi roubado da vítima. O celular, que supostamente teria sido levado, foi encontrado por populares na faixa de pedestres.

O fato aconteceu por volta das 23h30 desta quarta-feira (26), na rua Frei Mariano, esquina com a Delamare, no Centro de Corumbá. A vítima estava acompanhada da namorada, de 29 anos, quando foi surpreendida pelo assaltante, que o golpeou no pescoço e no abdômen.

https://www.facebook.com/photo.php?v=37230387290981

Quem tiver informações sobre o caso deve entrar em contato com a delegacia. O número é 3234-7100.

Crime

A vítima e a namorada estavam no desfile do bloco Sandálias de Frei Mariano e, minutos antes de ser atacado, o rapaz chegou a postar várias fotos do evento em uma rede social.

Atingido por duas facadas fatais que acertaram o pescoço e a região abdominal, Jonathas chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao Pronto-Socorro Municipal. A namorada ficou em estado de choque. (Com informações Diário Corumbaense)

Informação e Contato

O Jornal MS é focado em conteúdo de notícias gerais, políticas, policiais, automotivas, tecnológicas, serviços, entretenimento, esportes, além de vídeos compartilhados.

Notícias do Mato Grosso do Sul e do mundo!

Redes Sociais

Categorias mais populares